Chá de Hibisco em Pó Emagrece? Como Preparar?

Especialista:
atualizado em 20/12/2019

O hibisco – Hibiscus Sabdariffa – é uma planta medicinal também conhecida pelos nomes de ibisco, vinagreira, caruru-azedo e quiabo-roxo, que possui origem africana e asiática. O chá preparado a partir dela é considerado um auxiliar do emagrecimento.

Um dos motivos apontados para esse efeito é que a bebida inibe a ação da enzima amilase, que transforma o amido (carboidrato) dos alimentos em açúcar. Acredita-se que consumir o chá de hibisco depois das refeições pode contribuir com a diminuição da absorção de carboidratos.

Outra ação da bebida é que ela combate a retenção de líquidos no organismo, eliminando o excesso de água presente no corpo, o que ajuda a acabar com o inchaço.

Para completar, uma pesquisa publicada no Journal of Ethnopharmacology (Jornal de Etnofarmacologia, tradução livre), da Sociedade Internacional de Etnofarmacologia identificou que o chá de hibisco diminui o processo de maturação das células responsáveis pelo armazenamento de gorduras.

A crença é que os antioxidantes flavonoides antocianina e quercetina sejam os causadores desse efeito.

Quando esse processo de maturação é reduzido, as chances de que ocorra o acúmulo de gorduras em regiões como o abdômen e os quadris também é mais baixa.

O chá de hibisco em pó emagrece? 

Mas será que os efeitos do chá natural de hibisco também podem ser experimentados ao utilizarmos a versão em pó da planta, aquela que pode ser comprada em pacotes? Será que podemos afirmar que o chá de hibisco em pó emagrece?

Antes de tudo é importante saber que ainda que possa ajudar, nenhuma das versões da bebida – preparada a partir do hibisco natural ou em pó – pode ser considerada a solução para perder peso. Sim, o chá contribui, mas não é uma solução mágica.

Para emagrecer, além de utilizar a bebida é fundamental seguir toda uma alimentação controlada, saudável, equilibrada e nutritiva, além de praticar exercícios físicos com regularidade para maximizar a queima de calorias.

Então, será que existe alguma diferença entre o chá de hibisco natural e o chá de hibisco em pó?

Especialistas apontam que quando um chá é preparado de maneira mais natural, ou seja, direto dos componentes de sua planta, sua eficácia é maior porque ele é mais preservado. Isso não quer dizer que não exista uma versão em pó eficaz. Mas é possível que no processo de extrair os ingredientes para fazer o pó, parte de sua eficácia tenha sido perdida.

Além disso, é preciso analisar que outros ingredientes estão no pó. Alguns fabricantes colocam carboidratos, corantes e outros ingredientes que “fazem volume” e dão sabor mas não fazem parte da essência da planta.

Isso quer dizer que ele não funciona? Não necessariamente. Apenas significa que o chá de hibisco em pó emagrece de uma maneira diferente que a bebida feita de forma natural, trazendo um grau de eficiência mais baixo. No entanto, vale deixar claro que é possível que fabricantes específicos tenham um processo de fabricação capaz de extrair o que mais importa da planta e produzir um pó até mais concentrado do que um chá.

A chave da questão pode ser encontrar um produto diferenciado. Outro detalhe também é que, dependendo de como o produto foi feito, o consumo do pó deve ser com água quente. Isso porque alguns fabricantes apenas trituram a planta e nesse caso seria necessário a água quente para liberar os princípios ativos. Alguns produtos já são o próprio extrato com princípios ativos.

Como preparar chá de hibisco em pó 

Ingredientes: 

  • 1 a 2 colheres de sopa de hibisco em pó; (varia conforme produto);
  • 500 ml de água quente.

Modo de preparo:

  1. Colocar o hibisco em pó no fundo de uma caneca grande;
  2. Despejar a água quente por cima, misturar bem e servir-se. O pó de hibisco também pode ser adicionado em outras receitas de bebidas como sucos e vitaminas. Recomenda-se fazer uso do chá de hibisco em pó durante dois meses, fazer uma pausa de duas semanas e, só então, voltar a usar o chá, por mais dois meses.

Chá de hibisco com canela em pó

Para fazer uma chá de hibisco com canela em pó, a receita é adicionar uma colher de chá da canela em pó à mistura da água quente com hibisco. A canela é conhecida por ter um efeito termogênico, ou seja, de estímulo à aceleração do metabolismo, o que resulta em um processo mais eficiente da queima de calorias e gorduras.

Um artigo publicado na edição de maio de 2010 do Journal of Diabetes Science and Technology (Jornal de Ciência e Tecnologia do Diabetes, tradução livre) também mostrou que a canela ajuda a retardar o esvaziamento do estômago e a limitar a elevação das taxas de glicose no sangue.

O primeiro efeito prolonga a sensação de saciedade, fazendo com que a fome demore a aparecer, o que favorece o controle do apetite e a diminuição da quantidade de calorias consumidas ao longo do dia.

Já o segundo ajuda porque quando um alimento causa um aumento muito elevado nos níveis de açúcar no sangue, ele provoca a liberação de taxas altas de insulina, o que faz com que os níveis de glicose caiam. O resultado desse pico seguido de uma queda nas taxas de açúcar é o aumento do apetite, algo desfavorável ao emagrecimento.

Conforme o Journal of Diabetes Science and Technology (Jornal de Ciência e Tecnologia do Diabetes, tradução livre) afirma, consumir a canela horas antes de fazer uma refeição que tenha alimentos com potencial para elevar os níveis de glicose ajuda a limitar o crescimento dessas taxas.

Entretanto, é importante saber que os benefícios da canela em sua versão em pó vêm em menor escala que os da canela em pau.

Por outro lado, a canela não é recomendada para pessoas que sofrem com hipertensão, problemas cardíacos, mulheres grávidas ou que estejam amamentando os seus bebês e pessoas com rosácea. Por poder interagir com medicamentos, quem faz uso deles deve checar com o médico antes de começar a usar a especiaria, especialmente em casos de remédios para tratar a diabetes.

A canela ainda deve ser consumida com moderação por conta do risco de causar danos ao fígado. A recomendação é ingerir no máximo 6 g ou 1 ¼ de colher de chá da especiaria diariamente.

Chá de hibisco com gengibre em pó 

O chá de hibisco com gengibre em pó pode ser feito com a adição de ½ colher de chá de gengibre em pó à mistura de 500 ml de água com o hibisco em pó. O gengibre é considerado outro auxiliar do emagrecimento porque, assim como a canela, possui ação termogênica, estimulando a aceleração do metabolismo.

Também vale a pena saber que o gengibre não deve ser utilizado por pessoas que têm hipertireoidismo, distúrbios hemorrágicos e problemas cardíacos. Ao mesmo tempo, crianças, mulheres grávidas e indivíduos com doenças como cardiopatias, alergias, úlceras e enxaqueca não devem exagerar na ingestão de termogênicos como o gengibre.

O consumo de gengibre ainda pode trazer desconforto estomacal, azia e diarreia. Por causar a hipoglicemia, a presença do alimento na dieta de diabéticos pode exigir o reajuste nas doses de insulina que são aplicadas.

Cuidados com o hibisco

O chá de hibisco é contraindicado para mulheres que estejam grávidas ou em processo de amamentação de seus bebês, pessoas que têm pressão baixa e usam remédios para tratar o problema e indivíduos que tomam medicamentos para a hipertensão.

A bebida interage com remédios como paracetamol, antivirais, antimaláricos e anti-inflamatórios. Assim, caso use esses ou qualquer outro tipo de medicamento, pergunte ao seu médico se pode tomar o chá de hibisco durante o período do tratamento e como a bebida deve ser utilizada.

Além disso, o chá de hibisco está associado a alguns efeitos colaterais. Por exemplo, ele não deve ser consumido em excesso para que não cause desidratação, já que como vimos acima, ele promove a eliminação de líquido por parte do organismo.

A diminuição dos níveis de glicose no sangue é outra reação causada pelo chá. Com isso, ele não deve ser ingerido por diabéticos que já seguem tratamento para controlar as suas taxas de açúcar, e deve ter seu consumo interrompido duas semanas antes da realização de uma cirurgia.

Outros efeitos colaterais associados à bebida são a abertura e expansão dos vasos sanguíneos, o que favorece o desenvolvimento de doenças no coração, e o prejuízo ao foco e a concentração.

Vídeos:

Gostou das dicas?

Você conhece alguém que tome com frequência e afirme que o chá de hibisco em pó emagrece? Tem curiosidade de experimentar o consumo da bebida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (39 votos, média: 3,82 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário