Como calcular a idade biológica

Especialista da área:
atualizado em 22/06/2022

A idade biológica de uma pessoa não é, necessariamente, igual à sua idade cronológica. A idade biológica reflete aspectos mais complexos do que apenas a quantidade de aniversários comemorados. Ela está relacionada com a condição de funcionamento dos sistemas do nosso organismo e em como nos sentimos, em termos de disposição e vitalidade. 

Isso quer dizer que você pode olhar para duas pessoas com a mesma idade cronológica e pensar que uma é mais velha do que a outra, porque não são apenas os anos de vida que influenciam nessa percepção, mas uma combinação de fatores físicos, psicológicos, comportamentais e de segurança, que não são tão simples de se calcular.

  Continua Depois da Publicidade  

Isso chama atenção para um ponto muito importante sobre o envelhecimento, que é a maneira como estamos envelhecendo. 

Ficar mais velho ou mais velha cronologicamente pode ser assustador para algumas pessoas, mas é importante que isso seja visto como algo natural. O que precisa nos preocupar, de certa forma, é a idade biológica e não a cronológica, pois a primeira tem maior influência em nossa qualidade de vida, no presente e no futuro. 

Veja como calcular a sua idade biológica e o que fazer para melhorá-la. 

Idade biológica: como calcular

DNA
Teoricamente, a forma mais precisa de calcular a idade biológico é a partir de uma análise do DNA

Não há apenas uma forma para se calcular a idade biológica, sendo que a mais precisa é com o exame de sangue telomerase, que consiste numa análise laboratorial de uma porção do DNA, chamada telômero.

Uma forma mais comum de se obter essa informação é com uma avaliação física realizada com uma balança de bioimpedância, que estima a idade biológica ou metabólica, com base no percentual de gordura corporal. 

  Continua Depois da Publicidade  

Apesar de serem mais precisos, o método mais acessível de se estimar a idade biológica, visando obter um panorama geral da saúde, é com testes de idade biológica. 

Para este teste, você precisará de papel e caneta para anotar as suas pontuações e uma calculadora, para fazer o cálculo ao final do teste: 

  1. Calcule o seu IMC, dividindo o seu peso pela sua altura ao quadrado. Para facilitar, você pode dividir o seu peso pela sua altura duas vezes, por exemplo: 60 kg/1,60 = 37,5; 37,5/1,60 = 23,4. 
    • Se o seu resultado deu entre 18 e 20: marque -7
    • Se deu entre 22 e 24: marque +4
    • Se deu entre 25 e 30: marque +7
    • Se deu maior do que 30: marque +20
  2. Você consome álcool? Marque de acordo com o seu consumo semanal e considere uma dose o equivalente a uma cerveja:
    • Se você não bebe: marque 0
    • Se você bebe 2 a 3 doses por semana: marque 0
    • Se você bebe 2 a 3 doses por mês: marque 0
    • Se você bebe 1 dose todo dia: marque +3
    • Se você bebe mais do que 1 dose por dia ou mais do que 5 doses por semana: marque +10
  3. Feche os olhos, apoie-se em uma perna só e dobre a outra perna, fazendo um “4”: 
    • Conseguiu ficar, no mínimo, 2 minutos nessa posição?: marque -2
    • Conseguiu ficar entre 40 segundos e 1 minuto: marque -2
    • Ficou menos do que 40 segundos: marque +5
  4. Com qual frequência na semana você consome carne vermelha? 
    • Todos os dias: marque +12
    • 3 vezes na semana: marque +5
    • 1 a 2 vezes na semana: marque 0
    • Se você nunca come carne vermelha: marque -5
  5. Qual é o seu nível de escolaridade? Marque de acordo com a sua formação. 
    • Ensino básico: marque +3
    • Ensino fundamental: marque 0
    • Ensino médio: marque -4
    • Ensino superior: marque -5
  6. Com quantas pessoas você realmente pode contar para qualquer situação?
    • Em torno de 10 pessoas: marque -2
    • Muito mais do que 10 pessoas: marque -3
    • Poucos amigos e/ou familiares: 0
    • Provavelmente ninguém: marque +2
  7. Quão envolvido(a) você está nos projetos sociais da sua comunidade?
    • Se participa de várias atividades sociais voluntárias: marque -5
    • Se faz um serviço voluntário com frequência: marque -3
    • Se ajuda alguém ou alguma instituição 2 vezes ao ano: marque -1
    • Se ajuda alguém financeiramente, de vez em quando: marque 0
  8. Quantas vezes por semana você pratica, no mínimo, 30 minutos de exercícios físicos? 
    • Todos os dias: marque -12
    • 4 ou 5 vezes na semana: marque -9
    • 1 a 3 vezes na semana: marque -4
    • Não pratica nada: marque +5
  9. Qual a sua relação com o cigarro? Marque de acordo com o seu hábito de fumar.
    • Nunca fumou na vida: marque 0
    • Fuma só aos finais de semana: marque +8
    • Fumava, mas parou e se sente melhor: marque +4
    • Parou de fumar, mas ainda sente dificuldades na função respiratória: marque +10
    • É um ou uma fumante regular: marque +10
  10. Quais alimentos você consome regularmente?
    • Carne vermelha, batata frita e sobremesa: marque +2
    • Salada, grão de bico, sem carne: marque -4
    • Peixe, salada e arroz integral: marque -5
    • Macarrão, frango e salada: marque 0
  11. Com qual frequência você toma café? 
    • Todos os dias: marque -3
    • Não toma: marque 0
  12.  Como está a frequência do seu sono? Marque de acordo com as horas dormidas. 
    • Entre 6 e 7 horas por noite: marque -4
    • Entre 8 e 10 horas por noite: marque -4
    • Entre 4 e 6 horas por noite: marque +5
    • Menos do que 4 horas por noite: +7
  13. Qual é a frequência com que você tem relações sexuais? 
    • Não faz sexo: marque 0
    • 3 vezes por semana: marque -3
    • Entre 1 e 2 vezes por semana: -3
    • Uma vez ao mês: marque 0
  14. Quantas pessoas na sua família já passaram dos  95 anos? 
    • Pelo menos 1 pessoa: marque -10
    • Não sabe ou não tem: marque 0

Agora, some todos os números marcados e divida o resultado por 10. Depois, diminua (se for negativo) ou acrescente (se for positivo) esse valor à sua idade cronológica, para obter a sua idade biológica. 

O que fazer para melhorar a idade biológica

Estilo de vida saudável
Levar um estilo de vida saudável é o principal para melhorar sua idade biológica

Se a sua idade biológica resultou em um valor muito acima da sua idade cronológica, saiba que tem como melhorar esta situação. Diferentemente da nossa idade cronológica, que é imutável, é possível fazermos algumas alterações comportamentais que vão diminuir a idade biológica. 

Há quem pense que a genética exerça a maior influência sobre a idade biológica mas, na verdade, ela determina apenas 30% deste parâmetro. Os outros 70% são determinados por fatores externos, que nós podemos controlar: 

  • Tipo de alimentação: procure manter uma rotina alimentar saudável, consumindo boas fontes de carboidratos, proteínas e gorduras, além de vegetais, frutas e legumes. Deixe os alimentos industrializados para ocasiões especiais ou para os finais de semana. Veja alguns passos para cultivar uma alimentação equilibrada.
  • Se for consumir bebidas alcoólicas, faça-o moderadamente: da mesma forma que na alimentação, o consumo de bebidas alcoólicas deve ser moderado, reservado para momentos pontuais, ou seja, não deve ser uma rotina. O álcool é tóxico para o organismo e pode prejudicar órgãos, como o fígado e o pâncreas. Confira alguns benefícios de se fazer um consumo moderado de álcool
  • Não fume: o tabagismo é um dos fatores que mais contribui para o aumento da idade biológica, deixando a pessoa mais suscetível a doenças respiratórias e cardiovasculares graves, além de câncer e problemas de fertilidade. Veja a relação do cigarro com o seu DNA
  • Pratique exercícios físicos regularmente: ter a prática de exercícios físicos como parte de sua rotina é uma das medidas mais importantes na redução da sua idade biológica e dos riscos de doenças cardiovasculares, contribuindo tanto para a sua saúde física, quanto mental. Confira algumas dicas para iniciar e manter um plano de exercícios regulares
  • Tenha boas noites de sono: é durante o sono que o nosso organismo realiza o reparo de tecidos, libera hormônios de crescimento, para regeneração das fibras musculares e repõe a energia que precisamos para iniciar um novo dia. Dormir pelo menos 6 horas por noite contribui significativamente para a longevidade. Veja como fazer uma higiene do sono, para dormir melhor
  • Cuide da sua saúde mental: atente-se para as suas emoções, percebendo se seus níveis de estresse, tristeza, ansiedade, ou irritação estão exagerados. Se você sentir que eles passaram dos limites, procure inserir mais momentos de prazer e descanso em sua rotina e considere buscar ajuda profissional, caso esteja com muita dificuldade em gerir essas emoções.
Fontes e referências adicionais

Você sabia que existia uma idade biológica, além da cronológica? O resultado do seu teste te surpreendeu ou está dentro do que você esperava? Se for o caso, o que pretende fazer para melhorar a sua idade biológica? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário