Como Fazer Óleo de Amendoim Caseiro

Especialista:
atualizado em 17/04/2020

Aprenda como fazer óleo de amendoim caseiro, quais são suas utilidades e benefícios e confira mais alguns cuidados para consumo.

Você provavelmente deve estar acostumado com a versão tradicional do amendoim, aquela que compramos dentro de pacotinhos, que funciona muito bem como um aperitivo para um encontro entre amigos, serve como um lanche da tarde para repor as energias e pode acompanhar uma partida de futebol ou uma sessão de cinema.

Inclusive, existem vários benefícios do amendoim para a saúde e boa forma. Mas você sabia que existem outras versões do legume (sim, ele é um alimento classificado dentro do grupo dos legumes)?

Uma delas é a manteiga ou pasta de amendoim, tão apreciada pelos americanos e uma boa adição a nossas dietas. Entretanto, é a respeito de outro produto derivado do legume que iremos conversar e aprender como fazer óleo de amendoim caseiro.

Utilizado especialmente na culinária chinesa e do Sul e Sudeste da Ásia, o ingrediente é fonte de vitamina C, gorduras saturadas, monoinsaturadas e poli-insaturadas e fitoesteróis. Existem também alguns benefícios do óleo de amendoim interessantes.

Como fazer óleo de amendoim caseiro

De acordo com a nutricionista e mestra em nutrição Jillian Kubala, em seu artigo publicado, existem diversos tipos de óleo de amendoim que são produzidos a partir de diferentes métodos: o óleo de amendoim refinado, o óleo de amendoim prensado a frio, o óleo de amendoim gourmet e o óleo de amendoim misturado.

Como o próprio nome já entrega, o primeiro é refinado, além de ser branqueado/descolorado e desodorizado para remover as partes alergênicas do produto, explicou Kubala.

Sobre o segundo, a nutricionista disse: “Neste método, os amendoins são esmagados para forçar o óleo para fora. Este processo de fogo brando retém muito do sabor natural do amendoim e mais nutrientes do que (o método) refinador”.

Há ainda o óleo de amendoim gourmet, que é considerado um óleo especializado, que não é refinado e geralmente é torrado, o que concede ao produto um sabor mais profundo e intenso do que o do óleo refinado.

“O óleo de amendoim é frequentemente misturado com um óleo de sabor similar, porém, menos caro, como o óleo de soja. Este tipo é acessível aos consumidores e é geralmente vendido a granel para fazer frituras”, esclareceu Kubala a respeito do óleo de amendoim misturado.

Mas que tal aprendermos como fazer óleo de amendoim caseiro? Veja essas receitas para ter a própria versão do produto em casa:

Receita 1

Ingredientes:

  • 3 xícaras de chá de amendoim sem casca;
  • 3 colheres de sopa de água morna.

Modo de preparo:

Juntar os ingredientes no liquidificador. Bater bem até adquirir uma mistura homogênea; Transferir a mistura obtida para um recipiente, cobrir, guardar dentro da geladeira e deixar por lá ao longo de 24 horas.

Depois desse período, separar o óleo das partes sólidas com o auxílio de uma peneira; Armazenar o óleo de amendoim dentro de um recipiente hermético de vidro, esterilizado e tampado dentro da geladeira.

Receita 2

Ingredientes:

  • 6 xícaras de amendoins frescos;
  • Água fervida.

Modo de preparo:

Remover as casquinhas dos amendoins. Colocar os legumes dentro de um recipiente, cobrir e levar ao freezer, onde os amendoins deverão ficar de um dia para o outro; Passado esse tempo, enrolar os amendoins congelados em uma toalha e esfregar para retirar a pele dos legumes.

Transferir os amendoins para uma tigela e encher com água morna (que deverá ter sido previamente fervida). Deixar de molho ao longo de 15 minutos.

Escorrer a água e bater os amendoins no liquidificador até obter uma substância de consistência bem macia. Adicionar entre 1 a 2 colheres de sopa de água morna (que também tenha sido previamente fervida), caso a mistura obtida tenha ficado muito firme.

Passar a mistura para um recipiente hermético de vidro esterilizado, tampar e guardar na geladeira, onde ela deverá permanecer intocada ao longo de uma a dois dias. Com isso, o óleo começará a aparecer no topo.

Coar com o auxílio de uma peneira fina – o processo deverá ser repetido algumas vezes até separar completamente o óleo dos amendoins triturados. O óleo de amendoim deve ficar completamente claro.

Então, transferir o óleo para outro recipiente hermético de vidro esterilizado, tampar e armazenar em um local frio e escuro. Por se tratar de um óleo de amendoim caseiro, o produto precisa ser utilizado rapidamente.

Cuidados com o óleo de amendoim

Embora tenha a favor de si o fato de servir como fonte de vitamina E, o fato de possuir muito ômega-6 em sua composição pode representar uma desvantagem.

Segundo a nutricionista e mestra em nutrição Jillian Kubala, o ômega-6 é um ácido graxo essencial, ou seja, que não é produzido pelo organismo e precisa ser ingerido na alimentação, que ao lado do ômega-3 exerce um papel importante no funcionamento normal do cérebro e no crescimento e desenvolvimento apropriado.

Enquanto o ômega-3 ajuda a combater a inflamação no corpo que pode gerar uma série de doenças crônicas, o ômega-6 tende a ser mais pró-inflamatório. Embora esses dois ácidos graxos essenciais sejam cruciais para a saúde, as dietas modernas tendem a ser muito ricas em ômega-6.

As evidências que dão suporte à existência de uma associação entre o consumo dessas gorduras pró-inflamatórias e determinadas doenças é forte, ainda que pesquisas estejam em andamento.

“O óleo de amendoim é muito rico em ômega-6 e carece dos benefícios do ômega-3. Para consumir uma proporção mais equilibrada desses ácidos graxos essenciais, limite a ingestão de óleos ricos em ômega-6 como o óleo de amendoim”, aconselhou Kubala.

Outro problema associado ao produto é que ele pode ser propenso à oxidação: este processo, que ocorre entre o oxigênio e uma substância, provoca a formação de radicais livres e outros compostos prejudiciais ao organismo.

Os radicais livres que são criados quando o óleo de amendoim se torna oxidado podem causar danos nos corpo. Este dando pode até resultar em envelhecimento precoce, certos cânceres e doença no coração. Veja aqui o que são radicais livres e por que fazem mal.

Para Kubala, com tantas outras opções saudáveis de óleo no mercado – como o azeite de oliva e o óleo de abacate – pode ser sábio escolher um produto com mais benefícios e menos potenciais riscos à saúde do que o óleo de amendoim.

Obviamente, quem sofre com alergia ao amendoim precisa tomar um cuidado extremo com o óleo de amendoim e utilizar as versões do produto que prometem ter passado por processos de remoção das substâncias alergênicas somente com a autorização e sob a orientação do médico.

Caso experimente qualquer reação adversa ao utilizar o óleo de amendoim, procure rapidamente o auxílio médico, mesmo que não imagine que se trata de um efeito colateral tão grave assim.

Isso é importante para verificar a real seriedade do problema, receber o tratamento apropriado e saber direitinho se pode continuar a usar o óleo de orégano ou não.

Tenha em mente que este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir as orientações qualificadas e profissionais do médico.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sabia como fazer óleo de amendoim caseiro? Pretende experimentar fazer em casa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Como Fazer Óleo de Amendoim Caseiro”

  1. Bom dia gostaria de saber se o oleo de amendoim da receita 1 é para fazer com amendoim torrado ou natural , queria saber tbm se da para usar no cabelo.