Óleo de abacate emagrece? Para que serve e como fazer

Especialista da área:
atualizado em 19/01/2021

Conhecido como o “azeite das Américas”, o óleo de abacate vem ganhando cada vez mais atenção, principalmente pelos benefícios que oferece à saúde, mas existem dúvidas se ele emagrece ou não.

  Continua Depois da Publicidade  

Extraído diretamente da polpa da fruta, uma única colher de óleo de abacate por dia é o suficiente para melhorar a saúde.

E você mesmo pode fazer o óleo de abacate em casa, ou comprá-lo na forma de cápsulas ou em embalagens de 250 ml para uso culinário. 

Então, vamos agora conhecer um pouco mais sobre o óleo de abacate, os seus benefícios para a saúde e a boa forma, e ainda aprender a prepará-lo em casa.

Como usar o óleo de abacate?

óleo de abacate

Você pode utilizar o óleo de abacate para:

  • Culinária: O óleo de abacate pode ser utilizado na cozinha no preparo dos mais diversos pratos ou nas saladas, como substituto do azeite. Além do mais, com pode ser aquecido a temperaturas acima de 200º C, sem os mesmos riscos à saúde que alguns óleos oferecem quando são aquecidos. Portanto ele é excelente para o preparo de pratos quentes;
  • Cuidados com a pele: Um dos principais usos do óleo de abacate é na manutenção da saúde da pele, uma vez que ele é rico em vitaminas e antioxidantes, que contribuem para melhorar sua textura e evitar as rugas.

E o óleo de abacate emagrece mesmo?

Sim, o óleo de abacate ajuda no processo de emagrecimento, desde que seu consumo seja acompanhado de uma dieta saudável e, quando possível, da prática de exercícios físicos.

Uma colher por dia já é suficiente para obter todos os benefícios do óleo de abacate para a saúde, além de ajudar a regular o apetite.  Não só isso, mas também o óleo de abacate ajuda a controlar os níveis de cortisol no organismo.

  Continua Depois da Publicidade  

Em excesso, o cortisol dificulta o emagrecimento e promove o acúmulo de gordura, sobretudo na região abdominal. Isso ocorre porque altas concentrações de cortisol podem diminuir o metabolismo, elevar a retenção de líquidos e aumentar o apetite.

Assim, o consumo regular desse óleo ajuda na perda de peso. Mas é sempre importante lembrar que ele não faz milagres, e que sozinho não promove o emagrecimento.

Benefícios do óleo de abacate

O óleo de abacate é rico em gorduras monoinsaturadas, que atuam para manter uma boa saúde cardiovascular. Além disso, o óleo dessa fruta de origem mexicana é rico em vitaminas e carotenoides, que são poderosos antioxidantes.

1. É rico em antioxidantes

O abacate é rico em compostos antioxidantes, como a luteína, a zeaxantina e as vitaminas C e E.

Essas substâncias ajudam o corpo a combater os danos causados pelos radicais livres, e assim contribuem para a manutenção da saúde:

  • Mantém a pele jovem: A pele é um dos órgãos mais sensíveis à ação dos radicais livres, e os sinais ficam visíveis com o passar dos anos. Assim, o consumo de alimentos ricos em antioxidantes contribui para o envelhecimento mais lento da pele;
  • Regula a imunidade: Uma das principais ações dos antioxidantes é a regulação do sistema imunológico, que ajuda a evitar reações exageradas, como no caso das inflamações;
  • Mantém a saúde dos olhos: A zeaxantina e a luteína são dois carotenoides que se concentram nos olhos, e agem prevenindo a degeneração macular.

2. Previne doenças cardiovasculares

As gorduras monoinsaturadas do abacate, sobretudo as do tipo Ômega- 3, ajudam a reduzir os níveis de colesterol ruim, o LDL, e a aumentar os níveis de colesterol bom, o HDL.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, os antioxidantes presentes no óleo de abacate ajudam a reduzir o acúmulo de gorduras na parede das artérias.

Desta forma, o consumo regular do óleo de abacate contribui para a prevenção das doenças cardiovasculares.

3. Aumenta a absorção de alguns nutrientes

Os ácidos graxos insaturados presentes no óleo de abacate aumentam a absorção de carotenoides durante a digestão.

Esse efeito foi demonstrado por pesquisadores americanos, e publicado no periódico Journal of Nutrition.

No artigo eles constataram que a absorção de alfa-caroteno, betacaroteno e luteína em uma salada com óleo de abacate foi até 15 vezes maior que em uma salada sem esse tipo de óleo.

  Continua Depois da Publicidade  

óleo de abacate na salada
O óleo de abacate melhora a absorção de carotenoides

4. Regula a pressão

De acordo com um estudo publicado em 2018 no periódico Nutrition, o óleo de abacate ajuda a baixar a pressão sanguínea, devido à presença de ácido oleico. O efeito, inclusive, seria comparável ao de alguns medicamentos anti-hipertensivos.

5. Colabora com a saúde bucal

Como tem propriedades anti-inflamatórias, o óleo de abacate ajuda a tratar inflamações n a boca e na gengiva, quando usado na forma de bochecho. Mas para conseguir esse resultado, é necessário manter uma boa higiene bucal.

Como fazer óleo de abacate

Existem diversas maneiras de fazer seu próprio óleo de abacate em casa, de forma simples e relativamente rápida.

Mas vamos descrever aqui a maneira mais prática de extrair o óleo do abacate a frio, sem utilizar solventes, para que ele possa ser o mais natural possível.

abacate e óleo de abacate no jarro
É possível fazer o seu próprio óleo de abacate em casa
Ingredientes e utensílios:
  • 2 abacates;
  • Prato e garfo;
  • Formas de alumínio;
  • Pano de algodão;
  • Recipiente para colocar o óleo.
Modo de preparo:
  1. Corte os abacates ao meio e retire os caroços, coloque a polpa em um prato e amasse bem com um garfo;
  2. Então, espalhe essa polpa sobre as formas, em camadas muito finas (quanto mais fino, mais rápido secará);
  3. Deixe as formas secando ao sol da manhã, até o fim da tarde;
  4. Após esse período, recolha as formas, retire a polpa seca (que deverá estar na cor marrom escura) e coloque em um pano fino e limpo;
  5. Por fim, torça o pano com força e recolha o óleo que irá gotejar. Esse será seu óleo de abacate pronto para uso.
Observações:
  • Se você não tiver como secar ao sol, pode também utilizar o forno, mas não deixe a temperatura passar de 50º C. Nesse caso, o tempo de permanência deverá ser de aproximadamente cinco horas, respeitando sempre o limite de temperatura acima;
  • Dois abacates médios podem render até 25 ml de óleo, então ajuste a quantidade da fruta de acordo com as suas necessidades.

Dicas e cuidados

  • Acrescente uma colher de sopa de óleo de abacate na salada de tomate e cenoura, para potencializar a absorção de carotenoides;
  • Para a pele, experimente fazer uma máscara misturando uma colher de óleo de abacate com meio abacate amassado. Deixe na pele por 20 minutos e enxague massageando a pele;
  • Como todo óleo vegetal, o óleo de abacate é bastante calórico: 100 ml possuem mais de 900 calorias. Então, o segredo para a saúde e para a boa forma é o consumo regular e com moderação;
  • Se você não conseguir descobrir onde comprar óleo de abacate na sua cidade ou se estiver difícil de fazê-lo em casa, consumir meio abacate fresco traz os mesmos benefícios à saúde do óleo de abacate;
  • Por fim, para não enjoar do sabor, alterne o óleo de abacate com o azeite de oliva extra virgem nas saladas e pratos quentes.

Onde comprar

Você pode comprar o óleo de abacate em casas de produtos naturais, em embalagens semelhantes aos de azeite. O preço do óleo de abacate é de aproximadamente R$ 45,00 para um vidro de 250 ml.

Já as cápsulas de óleo de abacate podem ser encontradas em farmácias, em quantidades que variam de 60 a 90 cápsulas de 1000 mg. O preço do óleo de abacate em cápsulas varia bastante entre as marcas, indo de R$ 22,00 a R$ 38,00 por cada 60 cápsulas.

Veja no vídeo abaixo os benefícios do abacate, e também dicas e receitas com essa fruta.

E ai, gostou das dicas?

Fontes e referências adicionais

Você conhece alguém que emagreceu consumindo o óleo de abacate? Que tipo de óleo vegetal você consome com mais frequência na sua casa? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (43 votos, média 4,37)
Loading...

Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário