Iogurte natural emagrece?

Especialista da área:
atualizado em 17/06/2021

Um dos produtos laticínios mais populares, ao lado do leite e do queijo, o iogurte é um alimento versátil que pode ser utilizado de diversas maneiras nas nossas refeições. Mas será que consumir regularmente iogurte natural emagrece? É o que você verá com detalhes mais abaixo.

  Continua Depois da Publicidade  

Com relação ao seu consumo, ele pode ser feito de diversas formas, acompanhado de frutas, granola ou aveia, utilizado em receitas de molhos, sorvetes, bolos, tortas, vitaminas, pudins e mousses, entre outras, e o seu acompanhamento é igualmente importante quando analisamos as calorias ingeridas.

Mas será que o iogurte natural emagrece?

Vamos começar a analisar se o iogurte natural emagrece conhecendo a quantidade de calorias que o produto pode apresentar.

A lista a seguir, baseada em informações de portais que disponibilizam dados nutricionais a respeito de diversas comidas e bebidas, apresenta a quantia de calorias por porção que pode ser encontrada em diferentes tipos de iogurte natural:

  • Iogurte natural (genérico): 126 calorias em uma porção de 200 g;
  • Iogurte natural da marca Canto de Minas: 137 calorias em uma unidade de 180 g;
  • Iogurte natural integral da marca Nestlé: 126 calorias em um copinho de 170 g;
  • Iogurte natural desnatado da marca Nestlé: 57 calorias em uma unidade de 160 g;
  • Iogurte natural Vigor: 101 calorias em um copinho de 170 g;
  • Iogurte desnatado Vigor: 88 calorias em um copinho de 200 g.

Nós não submetemos esses iogurtes a análises nutricionais, apenas reproduzimos as informações encontradas. Além disso, como cada marca de iogurte pode apresentar o seu teor calórico, ao comprar o seu iogurte natural, confira na embalagem a quantidade de calorias que o produto apresenta.

Ou seja, os valores da lista acima funcionam apenas como uma estimativa. Com base nessa estimativa, podemos concluir que quem passa por um processo de emagrecimento ou quer manter o peso atual, sem engordar, pode incluir o iogurte natural nas suas refeições, já que o seu teor calórico não chega às 200 calorias.

Obviamente, para esses casos, o produto deve ser consumido moderadamente e incluído em refeições saudáveis, controladas, equilibradas e nutritivas. Misturar um potinho de iogurte natural em um copo de milk-shake para acompanhar um hambúrguer certamente não ajudará a manter ou adquirir uma boa forma, não é mesmo?

Da mesma maneira, se entupir de iogurte natural, consumindo uma quantidade exagerada de calorias de uma vez só não é exatamente a melhor alternativa para emagrecer ou manter o peso ideal.

Além disso, outro fator que a lista nos informa é que, a partir do ponto de vista calórico, o iogurte desnatado emagrece mais do que o iogurte integral, na sua versão natural, já que contém menos calorias por porção.

As proteínas do iogurte natural

O iogurte é uma boa fonte de proteínas e de outros nutrientes como cálcio, potássio e vitaminas do complexo B.

  Continua Depois da Publicidade  

Por outro lado, as variedades de iogurte com baixo teor ou livres de gorduras, costumam conter muito açúcar em sua composição, além de possuir menos proteínas do que os iogurtes tradicionais, por exemplo.

A lista a seguir vai mostrar a quantidade de proteínas que pode ser encontrada em diferentes tipos de iogurte natural:

  • Iogurte natural (genérico): 10,5 g de proteínas em uma porção de 100 g;
  • Iogurte natural da marca Canto de Minas: 8,1 g de proteínas em uma unidade de 180 g;
  • Iogurte natural integral da marca Nestlé: 6,8 g de proteínas em um copinho de 170 g;
  • Iogurte natural desnatado da marca Nestlé: 5,8 g de proteínas em uma unidade de 160 g;
  • Iogurte natural Vigor: 6,8 g de proteínas em um copinho de 170 g;
  • Iogurte desnatado Vigor: 8,6 g de proteínas em um copinho de 200 g.

Mais uma vez, não submetemos esses iogurtes a análises nutricionais, apenas reproduzimos as informações encontradas em portais de nutrição. Além disso, como cada marca de iogurte pode apresentar a sua própria quantidade de proteínas, ao comprar o seu iogurte natural, confira na embalagem a quantidade de calorias que o produto apresenta. Ou seja, os valores da lista acima funcionam apenas com uma estimativa.

E o que as proteínas têm a ver com a questão do peso? Tem tudo, já que este nutriente pode ser útil para prevenir o aumento do peso porque auxilia em relação à sensação de saciedade.

Além disso, de acordo com a Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, o corpo utiliza uma quantidade maior de calorias para metabolizar as proteínas do que necessita para metabolizar os carboidratos e as gorduras.

Segundo a Escola Médica da Universidade de Harvard, o iogurte natural é um dos alimentos que devemos consumir diariamente ou com frequência. Um dos motivos apresentados é justamente o fato do alimento servir como fonte de proteínas.

“E se você escolhe um iogurte (natural) rico em proteínas, ele pode te manter sentindo-se saciado, o que pode ajudar a reduzir as suas medidas”, destacou a publicação de Harvard.

Claramente, consumir somente iogurte não oferece toda a quantidade de proteínas que o organismo necessita – apenas pode contribuir com o fornecimento do nutriente, que deve estar presente na dieta por meio de diversas outras fontes saudáveis.

A questão do açúcar

A partir de um ponto de vista nutricional, o melhor iogurte é o natural, que é preparado à base unicamente de leite e lactobacilos.

  Continua Depois da Publicidade  

A versão industrializada do iogurte ganha aditivos para aumentar o prazo de validade e incrementar seu o sabor. No entanto, quanto menos ingredientes um iogurte tiver, mais saudável ele será.

A professora-adjunta do departamento de nutrição da Universidade de Harvard, Teresa Fung, apontou que um dos problemas dos iogurtes saborizados de algumas marcas é que eles possuem bastante açúcar.

Para quem não gosta do sabor do iogurte natural, a professora de Harvard aconselhou adicionar frutas vermelhas para deixar o produto mais doce, ou nozes para tornar o iogurte mais crocante.

Mas qual o problema com o fato de consumir iogurte com açúcar adicionado? Quando há o consumo de muito açúcar, essa substância precisa ser armazenada em algum lugar, e no final das contas, vai parar dentro das células de gordura.

Depois que o açúcar em excesso é ingerido e metabolizado pelo organismo, ele vai parar na corrente sanguínea. Quando o pâncreas percebe que os níveis de açúcar no sangue estão muito elevados, secreta o hormônio insulina, que faz com que o açúcar abasteça algumas células, principalmente as do fígado e as musculares, para que ele seja utilizado como fonte de energia.

Se essa energia em excesso não é utilizada, ela precisa ser armazenada em algum lugar. Então ela acaba sendo transformada em depósitos de gordura no corpo.

Quando o fígado está sobrecarregado pelo excesso de açúcar, ocorre o acúmulo de gordura nas células hepáticas. Esse processo está associado não somente a problemas com o ganho de peso, mas também com o surgimento de doenças como a diabetes e a doença hepática gordurosa.

Mais importante do que saber se o iogurte natural emagrece

Deve-se entender que nenhum alimento sozinho é capaz de promover a diminuição, a manutenção ou o aumento de peso. É todo o contexto de uma dieta que tem grande poder para influenciar a forma física de uma pessoa.

Portanto, para emagrecer ou manter o peso, além de consumir o iogurte natural com moderação, é fundamental que toda a alimentação seja controlada, saudável, equilibrada e nutritiva.

Para isso, vale a pena contar com o acompanhamento de um nutricionista, que é qualificado para indicar uma dieta que ajude a pessoa a atingir os seus objetivos, ao mesmo tempo em que fornece os nutrientes e a energia que o organismo precisa para funcionar apropriadamente.

O profissional também é o mais indicado para ensinar como incluir o iogurte natural nas refeições de modo que o produto ajude a emagrecer ou a manter o peso.

Vídeos

Fontes e referências adicionais

Você já ouviu falar que o iogurte natural emagrece? Pretende incluir o alimento na sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário