14 remédios naturais para diabetes

Especialista da área:
atualizado em 22/11/2021

A diabetes já é considerada um problema global de saúde, afetando pessoas de diversas idades. Ela pode ser desenvolvida durante a infância ou até mesmo na idade adulta, e quando diagnosticada, diversas mudanças na alimentação e estilo de vida devem ser realizadas para evitar maiores danos à saúde e para promover uma melhoria na qualidade de vida.

Existem alguns remédios naturais e caseiros utilizados no tratamento da diabetes, que podem ajudar a controlar os níveis de açúcar na corrente sanguínea, porém, eles não são capazes de curar a doença, apenas ajudam a mantê-la sob controle.

  Continua Depois da Publicidade  

O que é diabetes?

kit cuidados com a diabetes

A diabetes é considerada uma doença crônica caracterizada por uma alta quantidade de glicose no sangue (hiperglicemia).

O açúcar promove a energia a partir da nossa alimentação, e além disso, um hormônio chamado insulina produzido pelo pâncreas entra nas células do corpo para ajudar a gerar a energia.

A diabetes impede que o corpo produza a insulina necessária ou dificulta que ela seja utilizada adequadamente. Se as células do corpo não estão usando bem a insulina, ou se o corpo é incapaz de produzir insulina suficiente, o açúcar se acumula no sangue.

Tipos de diabetes

A diabetes pode ter vários tipos, sendo eles:

Diabetes tipo 1

Diabetes tipo 1 é classificada como uma doença autoimune e ocorre quando há formação de anticorpos pelo próprio organismo, atacando e destruindo as células beta, produtoras de insulina no pâncreas. 

  Continua Depois da Publicidade  

A causa exata da diabetes tipo 1 não é completamente compreendida, mas existem alguns gatilhos como a predisposição genética e fatores ambientais.

Esse tipo de diabetes pode ocorrer em qualquer idade, mas a maioria dos pacientes são crianças e jovens. Por esse motivo a diabetes tipo 1 é conhecida como uma doença juvenil, mas isso não impede que adultos também sejam diagnosticados. 

Pessoas com diabetes tipo 1 devem tomar insulina diariamente para gerenciar sua condição.

Diabetes tipo 2

Este tipo de diabetes é mais comum em adultos e se desenvolve gradualmente por vários fatores. Sua principal característica é a resistência à insulina no corpo, ou seja, as células são incapazes de usar a insulina de forma eficiente.

A resistência impede a absorção e o armazenamento da glicose, que é usada como energia pelo corpo. Ao invés disso, ela permanece no sangue, gerando um acúmulo anormal de glicose chamado hiperglicemia, que prejudica as funções corporais.

As pessoas predispostas à diabetes tipo 2 são as que estão com sobrepeso e as sedentárias, mas o histórico familiar e a genética também podem colaborar.

  Continua Depois da Publicidade  

Diabetes gestacional

Diabetes gestacional

Ela acontece durante a gravidez e quando não é tratada, o bebê ao nascer pode apresentar sobrepeso e/ou problemas respiratórios. 

Todas as gestantes passam por exames para diagnosticar uma possível diabetes gestacional entre 24 e 28 semanas de gestação, pois é exatamente nesse período que a doença pode se manifestar.

A diabetes gestacional geralmente é curada após o nascimento do bebê, porém essas mães são mais predispostas a desenvolver diabetes tipo 2 dentro de cinco a dez anos.

Pré-diabetes

É considerado o primeiro passo para a diabetes tipo 2. A pré-diabetes é caracterizada por níveis elevados de açúcar no sangue, mas não altos o suficiente para estarem na faixa de um diagnóstico típico de diabetes.

A pré-diabetes aumenta não só o risco de desenvolver diabetes, mas também o risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral.

Remédios naturais para diabetes

Uma vez que a diabetes é diagnosticada, mudanças no estilo de vida e hábitos alimentares são necessárias e complementares ao tratamento feito com remédios.

  Continua Depois da Publicidade  

No entanto, a medicina alternativa está ganhando força e remédios naturais para diabetes, que são terapêuticos, podem ajudar a controlar o quadro e proporcionar uma maior qualidade de vida para os diabéticos.

Algumas ervas e especiarias encontradas na natureza fazem um trabalho relevante e naturalmente diminuem os níveis de açúcar no sangue, tornando-os um benefício para diabéticos e pré-diabéticos.

1. Gymnema sylvestre

A Gymnema Sylvestre é conhecida pela sua capacidade de utilizar a glicose nas células, reduzindo assim o açúcar no sangue. Muitos pacientes diabéticos usam essa erva indiana para combater os altos níveis de glicose no sangue, provenientes de diabetes do tipo 1 e 2.

A Gymnema também impede que o fígado libere mais glicose na corrente sanguínea, reduzindo os níveis de colesterol e os triglicerídeos.

Um ensaio clínico realizado no Departamento de Bioquímica do Instituto de Pós-Graduação de Ciências Médicas Básicas Madras, na Índia, estudou 22 pacientes com diabetes tipo 2. 

Os resultados mostraram que os pacientes que receberam um suplemento contendo 400 mg de extrato de gymnema silvestre diariamente tiveram reduções significativas ​​nos níveis de glicose no sangue, hemoglobina A1c e níveis de proteína plasmática glicosilada.

Ao término do estudo, que durou 18 meses, os participantes conseguiram reduzir a dose dos seus medicamentos prescritos para a diabetes. Cinco deles estavam completamente sem medicação e atingindo níveis estáveis ​​de açúcar no sangue apenas com a suplementação de gymnema silvestre.

gymnema inodorum folhas e flores

2. Canela

A canela é um dos melhores remédios naturais para diabetes tipo 2. Ela estimula o processo de produção de insulina no pâncreas e reduz o nível de açúcar no sangue, porque contém 18% de polifenóis em peso seco. 

Um estudo publicado no Journal Of The American Board of Family Medicine mostrou que a canela reduziu a HbA1C (hemoglobina A1c) em 0,83% em comparação com a medicação padrão que obteve o resultado de 0,37%.

Esse resultado evidencia que consumir canela pode ajudar a reduzir o nível sérico da hemoglobina A1c em diabéticos tipo 2, além dos cuidados habituais.

3. Cravo-da-Índia

O cravo-da-índia é uma especiaria muito popular que contém 30% do fenol antioxidante em peso seco, juntamente com os antioxidantes antocianinas e quercetina. Ele oferece propriedades antisséptica, germicida, anti-inflamatória, analgésica e digestiva para os diabéticos.

Um estudo realizado dividiu 36 participantes com diabetes tipo 2 em quatro grupos, nos quais receberam 0, 1, 2 ou 3 g de cravos por dia no período de 30 dias. Os resultados mostraram que a glicose sérica, os triglicérides, o colesterol total sérico e o LDL destes participantes diminuíram.

Outro estudo feito com animais indica que o cravo protege o coração, o fígado e o cristalino dos olhos.

4. Alecrim

O alecrim também pode ser um dos remédios naturais para diabetes, por normalizar naturalmente os níveis de açúcar no sangue. Além disso, ele promove a perda de peso, o que é um benefício duplo para muitos diabéticos.

Uma pesquisa realizada na Jordânia em ratos diabéticos a fim de estudar os efeitos do alecrim no perfil lipídico desses animais, comprovou que após 4 semanas, os níveis de açúcar no sangue desses animais reduziram em 20%, enquanto os níveis de colesterol e triglicérides diminuíram em 22 e 24%, respectivamente. O LDL (colesterol ruim) reduziu em 27%, enquanto o HDL (colesterol bom) aumentou em 18%.

alecrim
Ramo de alecrim

5. Abacate

Cada vez mais o abacate conquista seu espaço de fruta saudável, e entre os seus benefícios está a redução de açúcar no sangue.

Estudos mostraram que o extrato rico em nutrientes do abacate pode reduzir o açúcar de forma relevante, porque ele promove um rejuvenescimento do conjunto de células que formam a ilhota pancreática, que são responsáveis pela produção de insulina.

Apesar de ainda estarem em fase de testes, os resultados apresentados até o momento são promissores para uma remissão ou significativa moderação dos sintomas da diabetes tipo 1

6. Trevo vermelho

O trevo vermelho é uma erva relativamente desconhecida que contém genisteína, uma substância capaz de estimular o crescimento e a proteção das células beta do pâncreas.

Um dos maiores problemas da diabetes tipo 1 é destruição das células beta do pâncreas, tornando-as ineficientes para produzir insulina.

O trevo vermelho pode ser um dos importantes remédios naturais para diabetes por poder estimular o organismo a produzir parte da insulina necessária.

7. Feno-grego

As sementes de feno-grego podem ajudar a reduzir o açúcar no sangue ao retardar o processo de digestão e absorção de carboidratos no intestino delgado. 

Esta ação é semelhante ao medicamento de prescrição Acarbose e foi objeto de vários estudos.

Para consumir, você pode colocar as sementes em água e deixar durante a noite para usar em uma receita ou mastigar diretamente as sementes embebidas. O uso do pó de semente de feno-grego também pode atingir os resultados desejados.

Feno grego
Sementes de feno-grego

8. Manjerona

Um estudo realizado em 2012 pelo Jornal de Medicina Alternativa e Complementar, baseado em evidências, descobriu que a manjerona reduz a formação de produtos finais de glicação avançada, que pode ser responsável por complicações como danos nas artérias e olhos.

Embora a manjerona seja pouco conhecida, ela mostrou-se eficiente para reduzir o açúcar no sangue, isso porque ela é rica em polifenóis, o que ajuda a estabilizar os níveis de glicose no sangue.

O uso dessa erva é muito simples, bastando polvilhar a erva fresca no seu jantar todas as noites para ajudar a adicionar variedade no sabor. Muitas vezes pode ser usada como um substituto para o orégano na culinária e traz um sabor distinto aos pratos.

9. Açafrão-da-terra

O açafrão-da-terra ou cúrcuma contém um composto chamado curcumina, que tem propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes.

Essas propriedades podem transformá-lo num dos melhores remédios naturais para diabetes por deixar os níveis de açúcar no sangue mais estáveis. Além disso, ele é conhecido por aumentar a imunidade e prevenir infecções, uma condição frequente em pessoas com diabetes.

Estudos em animais provam que a curcumina, que é o ingrediente ativo da cúrcuma, reduz os níveis de glicose no plasma e melhora o perfil lipídico. 

A artrite também costuma estar presente em pacientes com diabetes. Isso acontece porque o sangue fica carregado de açúcar e os processos inflamatórios típicos do diabetes muitas vezes danificam as articulações.

A cúrcuma também pode ajudar as dores nas articulações, devido à sua atuação anti-inflamatória.

10. Cromo

As pessoas que sofrem com diabetes costumam perder mais cromo na urina do que os que não sofrem com a doença. A questão é que o cromo está diretamente ligado à diabetes e pode afetar a resistência à insulina.

Um estudo realizado evidenciou que as pessoas que tomavam um tipo de medicação oral para diabetes experimentaram melhor controle dos níveis de açúcar no sangue quando também tomavam suplementos de cromo.

Sendo assim, suplementos de cromo podem ser remédios naturais para diabetes por deixar o seu organismo menos resistente à insulina.

Picolinato de cromo
Suplemento de cromo

11. Melão Amargo

O melão amargo tem a capacidade de reduzir o açúcar no sangue, e por esse motivo tem sido utilizado na medicina tradicional para o tratamento da diabetes. 

Ele possui dois compostos importantes: o primeiro, conhecido como charantin, demonstrou ser um potente agente hipoglicêmico, com efeitos semelhantes a medicamentos hipoglicemiantes usados no tratamento da diabetes.

Já o segundo, a momordica, é semelhante à insulina, pois diminui os níveis de glicose no sangue. Ele também é consumido como suplemento e seu uso deve ser feito com cuidado, principalmente se for combinado com medicamentos para controlar o diabetes.

12. Pterocarpus marsupium 

Esta é uma erva muito usada na medicina ayurvédica para tratamento de diabetes. Estudos clínicos evidenciaram que ela tem a propriedade de equilibrar os níveis de açúcar no sangue.

Isso é possível por causa da epicatequina, é um flavonoide extraído da casca da planta, bastante eficiente para proteger as células beta do pâncreas contra possíveis danos que podem causar uma redução na produção de insulina.

Em ratos, esse tratamento fitoterápico para diabetes mostrou-se promissor no rejuvenescimento das células beta danificadas no pâncreas. Esta parece ser a única erva, ou droga, com esse potencial.

13. Goldenseal

O goldenseal é um suplemento que tem como um dos principais compostos a berberina, que apresenta fortes propriedades hipoglicemiantes e melhora a ação do hormônio insulina.

A berberina pode reduzir a absorção do açúcar no intestino, diminuir a resistência à insulina, e promover a secreção de insulina, fatores que podem ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue, e são especialmente benéficos para portadores de diabetes tipo 2.

Ainda que não seja tão rápido quanto o melão amargo, os seus efeitos na redução do açúcar no sangue são relevantes, devendo ser ingerido antes das refeições, aumentando assim, a tolerância do corpo à glicose.

Vale ressaltar que o seu suporte à insulina também aumenta o efeito de redução da glicose.

14. Aloe vera

Aloe vera é uma planta versátil e seus benefícios são variados, podendo servir também como um dos remédios naturais para diabetes tipo 2.

Uma revisão de estudos analisando o uso de Aloe vera para tratar sintomas de diabetes evidenciou um forte potencial antidiabético, pois os participantes que receberam essa substância apresentaram níveis mais baixos de açúcar no sangue e níveis mais altos de insulina.

Outros testes mostraram que Aloe vera pode ajudar a aumentar a quantidade de insulina produzida pelo pâncreas, porém mais estudos precisam ser feitos para garantir os seus efeitos.

Existem muitas maneiras de tomar Aloe vera. A polpa de suco é vendida e pode ser adicionada a bebidas, e os extratos são vendidos em cápsulas para serem tomados como suplementos.

Aloe Vera
Folha de babosa ou aloe vera

Considerações

A prática de atividades físicas passa a ser uma obrigação quando a pessoa recebe um diagnóstico de diabetes. O ideal é separar pelo menos meia hora por dia para a prática de exercícios, pois além de ajudar a emagrecer, ainda reduz significativamente os níveis de açúcar no sangue, controlando a doença.

A energia necessária para a atividade física precisa ter uma fonte, e isso estimulará a absorção de açúcares simples, como a glicose, da corrente sanguínea para os tecidos musculares e células, fazendo o mesmo trabalho que a insulina, ao mesmo tempo em que você perde peso e melhora sua saúde.

Outro ponto importante é que, se você estiver interessado em tentar um tratamento natural, além do tratamento padrão, certifique-se de fazê-lo somente sob supervisão médica. Se a diabetes não for controlada adequadamente, as consequências podem ser fatais.

Além disso, informe o seu médico sobre quaisquer ervas, suplementos ou remédios naturais para diabetes que você esteja usando, pois alguns podem interagir com os medicamentos que você está tomando e resultar em hipoglicemia, se não forem devidamente administrados.

Por fim, é fundamental comprar as ervas e suplementos de uma fonte confiável e de qualidade para garantir a conformidade do produto ou até mesmo evitar a contaminação com pesticidas.

Trabalhando em parceria com um profissional de saúde experiente, as ervas podem ser ótimos remédios naturais para diabetes.

Fontes e referência adicionais

Você já foi diagnosticado com a condição e experimentou algum desses remédios naturais para diabetes? Qual deles trouxe bons resultados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média 4,67)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário

11 comentários em “14 remédios naturais para diabetes”

  1. voces indicam gymnema silvestre para diabetes, mas em outros posts dizem que é contra-indicada para diabéticos. qual a verdade?

    Responder
  2. Sou Diabético e procuro remédio natural, gosto muito de planta medicinal para os diversos problemas de saúde

    Responder
  3. Nao existe nada igual ao QUIABO. Podem crer minha glicose hoje é 76, 80 86 70. Como de tudo,tomo suco, como raspadura, arroz branco, bebo suco de uva, como embutidos, doces re frigerantes alguma vez pois nao gosto. Quem quiser saber como é so entrar em contato pelo email

    Responder