Ácido Oleico – Benefícios, propriedades e alimentos

Especialista da área:
atualizado em 29/11/2020

O ácido oleico, também conhecido como ômega-9, é uma gordura presente em diversos alimentos, como o óleo de canola, o azeite de oliva e as nozes.

  Continua Depois da Publicidade  

Ele é um ácido graxo monoinsaturado, de cor amarela clara, com um odor semelhante à banha de porco. Ele é uma das principais gorduras presente nos alimentos.

Além dos benefícios que as gorduras monoinsaturadas em geral desempenham no nosso organismo, elas são menos suscetíveis à deterioração do que algumas outras gorduras, o que as tornam úteis também para a conservação e preparação de alimentos.

Vamos então conhecer os vários benefícios para a saúde trazidos pelo consumo do ácido oleico, e descobrir quais os alimentos ricos nesse nutriente.

Quais os usos do ácido oleico?

O ácido oleico é também conhecido como omega-9

Os usos do ácido oleico são muitos, e a maior parte de seus benefícios para a saúde já foram comprovados em vários estudos, enquanto outros ainda estão sendo pesquisados.

Mas seu uso não se resume apenas para melhorar a saúde, uma vez que ele é bastante usado na indústria alimentícia.

Entre suas principais utilizações, podemos citar:

  • Ele é uma ótima opção para quem busca substituir as gorduras saturadas da dieta por gorduras saudáveis;
  • O ácido oleico também é usado na fabricação de sabões, detergentes, cremes, loções, batons e outros produtos para a pele;
  • Ele é usado em temperos prontos, manteigas, queijos, doces, sorvetes e até refrigerantes;
  • É o alimento chave da dieta mediterrânea, uma dieta com benefícios marcantes para a saúde;
  • Além disso, traz vários outros benefícios para a saúde, como a regulação do sistema imunológico e proteção da saúde cardiovascular.

Quais os alimentos ricos em ácido oleico?

azeite de oliva e abacate
O abacate e o azeite de oliva são excelentes fontes de omega-9 (ácido oleico)

O ácido oleico é comumente encontrado em óleos vegetais e gordura animal, e ocorre naturalmente em maiores quantidades do que qualquer outro ácido graxo.

Alguns alimentos contêm grandes quantidades dele, como:

7 benefícios para a saúde do ácido oleico

Veja a seguir os benefícios para a saúde proporcionados pelo ácido oleico.

  Continua Depois da Publicidade  

1. Pode ajudar no controle do diabetes

Um importante benefício do ácido oleico, já demonstrado em estudos, é o auxílio no controle do diabetes. Entretanto, os mecanismos envolvidos nesse efeito ainda não foram completamente entendidos.

Além disso, alguns estudos mostram que ele pode ajudar a prevenir complicações cardiovasculares relacionados ao diabetes.

2. Níveis mais altos de ácido oleico são associados à melhora nas funções cerebrais

Uma revisão feita em 2013 analisou diversos estudos sobre a relação de gorduras monoinsaturadas com algumas doenças neurodegenerativas e funções cognitivas.

Nesse sentido, os pesquisadores encontraram evidências de que a suplementação nutricional com o ácido oleico poderia auxiliar no tratamento de diversas doenças neurológicas, muitas delas consideradas incuráveis atualmente.

3. Ele compõe a mielina, responsável pela comunicação entre os neurônios

Chamamos de mielina a cobertura que envolve os nervos, que são as ramificações dos neurônios. Ela é composta por 70% de gorduras e 30% de proteínas, e o ácido oleico é uma das gorduras mais comuns encontradas na mielina.

Graças a essa descoberta, pesquisadores começaram a estudar as modificações na composição da bainha de mielina em neurônios de pacientes com alguns tipos de doenças neurológicas, e descobriram que há uma redução da quantidade de ácido oleico na mielina dos pacientes afetados.

Isso pode levar ao desenvolvimento de tratamentos mais eficazes para doenças que afetam a mielina, entretanto mais estudos ainda são necessários.

4. Ácido oleico pode reduzir o risco de algumas doenças cardíacas

O seu consumo regular pode ajudar a manter a saúde do coração. De acordo com o Food and Drug Administration (FDA) o consumo diário de 20 g de óleos contendo ácido oleico, como o azeite de oliva, pode reduzir os riscos de doenças coronarianas.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas, ainda de acordo com o FDA, este benefício só é visto quando o consumo do ácido oleico é usado como substituto das gorduras saturadas na dieta.

5. Ele pode ajudar na queima de gordura

O uso de uma quantidade controlada de ácido oleico, presente no azeite de oliva, está associado a redução do percentual de gordura corporal.

Isso foi demonstrado em um estudo realizado em 2017 por pesquisadores de Minas Gerais. Além disso, outro resultado visto nesse estudo foi a redução da pressão arterial, o que pode trazer um benefício extra para pessoas com problemas relacionados a obesidade.

6. Dietas ricas em ácido oleico ajudam a evitar a colite ulcerativa

A colite ulcerativa é uma doença inflamatória crônica do intestino grosso.

Pesquisas mostram que pessoas que consomem maiores quantidades de ácido oleico tem um risco menor de desenvolver colite ulcerativa do que aqueles que consomem uma quantidade menor.

7. Ele protege as células do ataque de radicais livres

Estudos preliminares mostram que o ácido oleico pode proteger as células dos danos causados pelo estresse oxidativo, tornando-as mais resistentes aos radicais livres.

Entretanto, como se tratam de estudos laboratoriais, mais pesquisas são necessárias para avaliar se este efeito pode trazer benefícios para a saúde.

Dicas e precauções ao consumi-lo

  • É fundamental escolher fontes saudáveis de ácido oleico, uma vez que ele pode ser encontrado em uma grande variedade de alimentos, alguns não tão benéficos para a saúde; 
  • Vale lembrar que sobremesas, salsichas, pizza, hambúrgueres, batatas fritas, molho de salada, sobremesas lácteas e pães também podem conter ácido oleico, porém não são alimentos que possam ser consumidos em excesso;
  • Evite aquecer o azeite a temperaturas muito elevadas (não deixe sair fumaça), porque irá degradar suas gorduras, principalmente o ácido oleico;
  • Use óleo extra virgem, azeite de abacate ou apenas a fruta abacate nas saladas, para obter o maior benefício do ácido oleico.
  • Se você tem pressão arterial elevada, evite o consumo excessivo de azeitonas, uma vez que elas têm um alto teor de sódio.

Concentração de ácido oleico em alguns alimentos

AlimentoÁcido Oleico
Azeite71%
Óleo de canola62%
Óleo de amendoim48%
Banha de porco44%
Gordura da carne43%
Óleo de gergelim41%
Nata de leite29%
Óleo de noz28%
Óleo de milho28%
Óleo de soja24%
Óleo de linhaça21%
Óleo de girassol19%
Óleo de semente de uva15%
Óleo de cártamo13%

Conclusão

O consumo do ácido oleico está associado a vários benefícios para a saúde, embora seu uso como tratamento para algumas doenças ainda esteja sendo pesquisado.

Mas, apesar de todos os benefícios citados, o seu consumo deve ser feito de forma moderada, preferencialmente como substituto de gorduras menos saudáveis, como as saturadas.

O que você achou dos benefícios do ácido oleico para a saúde e boa forma? Pretende incluir os alimentos ricos neste óleo em sua dieta? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média 4,80)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “Ácido Oleico – Benefícios, propriedades e alimentos”

  1. Que estranho, vcs dizem que o ácido oleico compõe 80% do óleo de girassol, logo depois vcs fazem uma lista e dizem que é 19%. Muito confuso, não tem fonte de todas as informações.

    Responder