Benefícios do azeite – Para que serve e como usar

Especialista:
atualizado em 14/01/2021

Auxílio na perda de peso, promoção da saúde cardiovascular e melhora da qualidade da pele: conheça todos os benefícios do azeite e como usar.

  Continua Depois da Publicidade  

Alimento muito consumido na dieta mediterrânea, o azeite de oliva é considerado um dos responsáveis pela grande longevidade e menor risco de doenças cardíacas das pessoas que o consomem.

O azeite de oliva é obtido a partir dos frutos da oliveira, mais conhecidos como azeitonas, que são colhidas, lavadas e prensadas para liberar o óleo.

Conheça a seguir cada tipo de azeite, e entenda as suas propriedades e benefícios para a saúde.

Tipos de azeite de oliva

azeite de oliva e azeitonas

1. Refinado:

A produção desse tipo de azeite envolve o uso de solventes e altas temperaturas, para eliminar sabores ruins originados por produtos de oxidação durante o processo de produção.

Isso permite o uso de azeitonas que não estejam em perfeito estado, além de poder ser misturado com outros tipos de óleos.

Este azeite é vendido como “azeite de oliva puro” e é o tipo que suporta maior temperatura de aquecimento sem perder suas propriedades. Alguns azeites podem ainda ser produzidos pela mistura do óleo refinado e do não refinado.

2. Não refinado:

Nesse caso o processo de produção consiste apenas na extração e engarrafamento. E para manter a qualidade do produto, os produtores têm que usar frutos em excelentes condições, pois não são retirados possíveis produtos de contaminação e oxidação.

Esse tipo de azeite não suporta o aquecimento, e sofre oxidação com maior facilidade que o refinado. Os azeites não refinados podem ser divididos em dois tipos:

  • Extra virgem: o azeite extra virgem conserva o sabor da oliva intacto, sendo feito com grande cuidado durante todo o processo produtivo. É o tipo que apresenta menor acidez (menos que 0,8%) e é considerado o mais saudável por ter a maior quantidade de nutrientes.
  • Virgem: também é um óleo não refinado, porém de qualidade um pouco inferior ao extra virgem e com índice de acidez um pouco maior, de até 2%.

Para que serve o azeite de oliva?

O seu consumo frequente traz muitos benefícios à saúde, pois ele contém grande quantidade de gorduras boas e antioxidantes.

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, ele pode ser usado com diversos objetivos, como em cosméticos, na culinária, e até no auxílio ao tratamento e prevenção de muitas doenças como diabetes, doenças cardíacas, osteoporose, depressão e câncer.

No decorrer do texto vamos entender mais sobre os benefícios do azeite e utilizaremos o termo “azeite de oliva” como sinônimo de “azeite extra virgem”, uma vez que essa é a forma mais saudável e recomendada.

Quais as propriedades nutricionais do azeite de oliva?

O azeite de oliva é composto por gorduras, principalmente as monoinsaturadas e poli-insaturadas. Dentre as poli-insaturadas a maior parte é composta pelo ômega 6 e uma pequena parte de ômega 3.

Ele também é rico em vitamina E e vitamina K, além de conter substâncias como o oleocantal e a oleuropeína.

Benefícios do azeite de oliva extra virgem para a saúde e a boa forma

azeite de oliva em diferentes frascos

1. Saúde do Coração

O consumo de azeite de oliva, principalmente quando usado em substituição a produtos ricos em gorduras saturadas, como manteiga e margarina, traz diversos benefícios para o coração.

Um estudo recente realizado nos Estados Unidos demonstrou que essa substituição diminui o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, além de melhorar os níveis de colesterol.

2. Construção muscular

As gorduras insaturadas são fundamentais no processo de construção muscular, e as monoinsaturadas são especialmente importantes na recuperação do musculo e na reparação após o exercício, etapas fundamentais para o ganho de massa magra.

Desta forma, praticantes de musculação ou de outros esportes de força podem se beneficiar muito do consumo regular de azeite de oliva.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Perda de peso

O consumo regular de azeite de oliva é um dos pontos fundamentais da dieta mediterrânea, e está relacionado a perda de peso, como mostram alguns estudos.

Esse efeito é ainda mais importante para pessoas com histórico de doenças cardiovasculares, uma vez que o azeite de oliva também atua positivamente nos níveis de colesterol.

4. Diabetes tipo 2

Vários estudos mostram que a dieta mediterrânea, rica em azeite, é capaz de reduzir o risco de desenvolvimento de diabetes tipo 2, além de atuar em outros problemas de saúde, como a síndrome metabólica e a obesidade.

5. Prevenção de osteoporose

Já foi comprovado que a incidência de osteoporose é menor em países onde grande parte da população consome regularmente o azeite de oliva.

Então, alguns estudos mostram que o azeite de oliva pode ajudar a prevenir a perda de massa óssea, característica da osteoporose.

6. Diminui o risco de depressão

O consumo de gorduras está associado a diversas doenças, incluindo transtornos mentais como a depressão. Entretanto um estudo avaliou a influência de diferentes tipos de gorduras no desenvolvimento do problema, e encontrou benefícios no consumo regular do azeite de oliva.

Inclusive, outros estudos estão em andamento para avaliar melhor esse efeito.

7. Ação antioxidante

A ação dos antioxidantes presentes no azeite de oliva protege as células dos danos causados pelos radicais livres, e traz diversos benefícios para a saúde:

  • Melhora a saúde da pele e ajuda a prevenir o envelhecimento precoce;
  • Regula o funcionamento do sistema imunológico, ajudando a evitar processos inflamatórios e autoimunes;
  • Ajuda na prevenção do câncer, uma vez que o estresse oxidativo, causado pelos radicais livres, está envolvido no desenvolvimento de alguns tipos de câncer.

8. Doença de Alzheimer

Outro efeito promissor do azeite de oliva é como tratamento preventivo para o mal de Alzheimer. Um estudo demonstrou que pessoas que adotavam uma dieta rica em azeite de oliva tinham menor risco de doenças vasculares.

Assim, levando em consideração que diversos fatores vasculares influenciam o desenvolvimento do Alzheimer, os autores afirmam que o uma dieta rica em azeite de oliva poderia ajudar na prevenção da doença, ou amenizar sua evolução.

Uso na culinária

usando azeite de oliva na frigideira para cozinhar

Pelo fato de os azeite extra virgens sofrerem oxidação quando aquecidos e com isso perder nutrientes, uma alternativa para cozinhar com azeite de oliva é utilizar formas mais refinadas, que suportam temperaturas mais altas.

Pois, mesmo sendo refinado, o azeite de oliva ainda é uma opção mais saudável para frituras e outros pratos quentes que outros óleos convencionais, como por exemplo o óleo de soja, comumente utilizado no Brasil.

Mas, para usar no tempero de saladas ou quando adicionar o azeite frio aos pratos, sem dúvida o extra virgem é a melhor opção.

Incluí-lo na sua alimentação em quantidades moderadas e em conjunto com uma dieta equilibrada e adequada às suas necessidades e objetivos pode melhorar sua saúde como um todo. As quantidades geralmente recomendadas são em torno de 2 a 3 colheres de sopa ao dia.

Vale a pena conhecer essas receitas de azeite aromatizado para fazer parte dos seus pratos favoritos. Há, ainda, uma outra possibilidade de uso que ainda não é muito popular no Brasil, mas que você pode fazer na sua casa: saiba aqui como fazer manteiga de azeite de oliva.

Outra receita diferente com a qual você pode aproveitar os benefícios do azeite é o biscoito de azeite.

Uso na beleza da pele e cabelos

Devido à ação antioxidante do azeite de oliva, ele evita os danos do estresse oxidativo também sobre as células da pele, ajudando no combate aos sinais da idade e proporcionando uma pele mais jovem e saudável, também por conta de sua vitamina E.

Além disso, devido à alta concentração de ácido oleico, a aplicação de azeite na pele é capaz de melhorar sua textura e ajudando a reparar danos. Além da aplicação do azeite na pele, você pode aproveitar os benefícios do azeite no cabelo – veja como.

Aproveite e confira um vídeo da nossa nutricionista tirando todas as suas dúvidas sobre o azeite, benefícios e cuidados ao consumir:

Gostou das dicas?

Outras referências:

  1. Beauchamp, Gary K., et al. “Phytochemistry: ibuprofen-like activity in extra-virgin olive oil.” Nature 437.7055 (2005): 45-46.
  2. Waterman, Emily, and Brian Lockwood. “Active components and clinical applications of olive oil.” Alternative medicine review: a journal of clinical therapeutic 12.4 (2007): 331-342.
  3. Covas, María-Isabel, et al. “The Effect of Polyphenols in Olive Oil on Heart Disease Risk FactorsA Randomized Trial.” Annals of Internal Medicine 145.5 (2006): 333-341.
  4. Tripoli, Elisa, et al. “The phenolic compounds of olive oil: structure, biological activity and beneficial effects on human health.” Nutrition Research Reviews 18.01 (2005): 98-112.
  5. Covas, María-Isabel. “Olive oil and the cardiovascular system.” Pharmacological Research 55.3 (2007): 175-186.
  6. Sánchez-Villegas, Almudena, et al. “Dietary fat intake and the risk of depression: the SUN Project.” PLoS One 6.1 (2011): e16268.
  7. Terés, S., et al. “Oleic acid content is responsible for the reduction in blood pressure induced by olive oil.” Proceedings of the National Academy of Sciences 105.37 (2008): 13811-13816.

Você tem o costume de consumir boas quantidades de azeite diariamente em sua dieta? Quais benefícios do azeite mais impressionaram? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (38 votos, média: 4,55 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

8 comentários em “Benefícios do azeite – Para que serve e como usar”

  1. Gratificada por compartilhar com vosso trabalho ____sou idosa (86) Saudável , no geral

    Sensibilizada ao ver anto sofrimento à vola .

    No momento , a surpresa : Pernas e lombar não Bem ___Minha busca de melhora só com

    o Natural ___nesta hora os encontrei ____sou Agradecida ___as bençãos de Deus , nos alcance Luiza

  2. Amei as dicas principalmente quando contém a vitamina E que é ótima para o cabelo e o azeite contém uma série de benefício

  3. quero experimen tar preciso perder peso mas a vontade de comer é grande preciso de um remédio que tire a vontade de comer muito óbrigada