Como Fazer Chá de Cavalinha – Receita, Benefícios e Dicas

Especialista:
atualizado em 20/12/2019

Veremos mais abaixo como fazer chá de cavalinha, mostrando como preparar para melhores resultados e sabor. Você verá as receitas mais consumidas, os principais benefícios do chá de cavalinha e algumas dicas especiais.

A cavalinha é uma planta com mais de 16 tipos de espécies e seu uso vem sendo associado com a medicina alternativa por suas propriedades terapêuticas. É proveniente de regiões como a Austrália e Antártida e se adapta bem em climas tropicais como o Brasil. Tem um aspecto semelhante aos aspargos e cana de açúcar.

Essa planta não tem folhas, mas apresenta na época de floração um fruto da cor amarela ou branca. Os seus benefícios estão associados à cura de dores de cabeça, cistite, pressão alta, retenção de líquido, reumatismo, osteoporoide, anemia, menstruação desregulada ou sangramento excessivo, estresse, ansiedade, úlcera e pedra nos rins e vesícula.

Benefícios do Chá de Cavalinha – Para que Serve

Antes de conhecer como fazer chá de cavalinha, fique de olho nesses benefícios da bebida para a sua saúde. Ele serve para ajudar no relaxamento, combatendo estresse, e por ter efeito diurético também ajuda na eliminação de toxinas, gordura, retenção de liquido, etc. Sabe-se também que tem propriedades anti-inflamatórias importantes e funções adstringentes. É, portanto, ideal para tratamento de problemas nos ossos, tratamento de disfunções do rim, problemas urinários e na próstata. Também ajuda a conter hemorragias nasais ou menstruais.

O chá de cavalinha estimula a cicatrização e atua como profundo hidratante da pele. Seu potencial anti-inflamatório aumenta a recuperação e cicatrização de feridas e trata problemas de frieira, aftas e úlceras. Ajuda a melhorar a saúde e estética da pele e unhas.

A cavalinha é uma planta rica em silício e em flavonoides, assim como em vitamina C. Além disto, ela possui pequenas quantidades de óleos e de compostos inorgânicos, tais como o cálcio, o magnésio, o fósforo, o potássio, o ferro e o sódio.

Como fazer chá de cavalinha – receita e como preparar

Veja a seguir as receitas mais consumidas de chá de cavalinha. Aprenda como preparar seu chá de cavalinha para o máximo em benefícios e sabor: 

1. Receita de chá de cavalinha com folha seca

Ingredientes:

  • 10 gramas da planta seca (2 colheres de sopa);
  • 1 litro de água filtrada.

Modo de preparo:

Leve a água para ferver, então acrescente as folhas na água e deixe por alguns segundos, desligue e tampe. Deixe descansar por aproximadamente 10 minutos em infusão para se beneficiar de todas as propriedades medicinais da planta.

2. Receita de chá de cavalinha com abacaxi

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 10 gramas da planta seca (2 colheres de sopa);
  • casca de 1 abacaxi.

Modo de preparo:

Leve a água para ferver com o abacaxi. Então adicione a planta, desligue e deixe descansar por 10 minutos. Se preferir, utilize casca de outra fruta da preferência. A cavalinha pode ser encontrada em feiras, lojas de produtos naturais e até mesmo em alguns supermercados.

3. Receita de chá de cavalinha com gengibre

Ingredientes:

  • 500 ml de água;
  • 1 colher de sopa de cavalinha;
  • 1 colher de sopa de gengibre em lascas.

Modo de preparo:

Leve a água com os ingredientes ao fogo baixo até começar a ferver. Então, desligue e deixe tampado por 5 minutos. Consuma ainda quente antes das refeições, pois ajuda a acelerar o metabolismo.

4. Receita de chá de cavalinha com hibisco

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 5 colheres de sopa de hibisco;
  • 3 colheres de sopa de cavalinha.

Modo de preparo:

Ferva a água com o hibisco e cavalinha. Desligue, abafe por 10 minutos. Coe e sirva em seguida. O ideal consumir meia hora antes das refeições.

Como tomar o chá de cavalinha

O preparo do chá na versão crua com a planta fresca tem um sabor mais suave. Porém, uma baba pode ocorrer durante infusão, pois a planta solta algumas substâncias. Já a planta seca tem um gosto mais forte e sem baba. Pode ser adoçado com mel ou consumido puro, coado. Indica-se consumir de 2 a 3 xícaras diariamente para tratamento de doenças crônicas e uma a duas vezes para tratamentos paliativos em crises de reumatismo ou com o objetivo de emagrecer.

Cuidados

O chá de cavalinha não é indicado em casos de disfunção renal ou de disfunção cardíaca. A cavalinha deve ter um consumo controlado, já que pode ser tóxica se usada in natura e em excesso. Suas propriedades diuréticas também podem atingir um nível máximo causando desidratação se usada em grande quantidade durante muito tempo e sem reposição de líquidos e nutrientes.

O uso da cavalinha é apropriado para crianças acima de 6 anos e com a metade da dosagem para adultos, ou seja 1 xícara e meia por dia por 15 dias.

De uma forma geral, a planta atua nos rins e na bexiga. O chá de cavalinha também atua no tratamento de problemas ósseos, de hérnia de disco, de problemas na próstata, de unhas fracas, de pele ressecada, de queda de cabelo, de inchaço, de inflamações, de articulações e de retenção de líquidos.

Vídeo:

E ai, gostou das dicas?

O que você achou dessas formas de como fazer chá de cavalinha que separamos acima? Já conhecia os benefícios da bebida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (138 votos, média: 4,12 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

14 comentários em “Como Fazer Chá de Cavalinha – Receita, Benefícios e Dicas”

  1. Adorei as informações, sofri de dores nas articulações – bursite e retenção de líquidos que pode ter desencadeado um possível gota nos tornozelos e pesquisando sobre tratamentos com ervas naturais encontrei os benefícios da cavalinha e carqueja. Vou experimentar a cavalunha. Muito bom. Obrigada!
    nós quadris e pesqui

  2. Eu creio plenamente na farmácia de Deus, parabéns pelas informações, eu também vou passar a usar.

  3. Gostaria de saber, por que uma receita indica pra colocar a erva após a água fervida e outra indica colocar a erva junto com a água e levar pra ferver. ..
    muito bom essas informações. .. Vou fazer

  4. Muito bom mesmo o chá de cavalinha, comecei a tomar a noite e nem sabia pra q Sérvia, só sabia q era bom, depois de uns dias tomando percebi q minhas unhas estavam mais fortes, meus cabelos mais volumosos, minha pele sem muita mancha, eu tinha uma coceira forte no pé e não havia remédio q resolvia, sumiu a coceira, eu tinha os pés ressecados na região do calcanhar e está lisinho, maravilhas q o chá fez pra mim, não sabia o q tinha feito essas melhorias até q li sobre o chá, realmente milagroso, agora sei q posso aumentar a dose e vou aumentar