Ervilhas

12 Benefícios da Ervilha – Para Que Serve e Propriedades

Saladas e pratos frios sempre se tornam mais atrativos com uma coloração de destaque e ingredientes de poucas calorias. A ervilha pode ser incorporada em saladas, mas também em receitas quentes, e não prejudicam os resultados esperados de sua dieta, muito pelo contrário, ela ainda pode, com suas propriedades, contribuir para que você fique de olho na sua saúde. Pode ser difícil de acreditar que um alimento tão pequeno contém tantos nutrientes e pode ser tão conveniente com uma alimentação saudável, por isso, conhecer os benefícios da ervilha pode ser o pontapé inicial para impulsionar sua saúde e boa forma. Vamos entender para que serve a ervilha e como pode aproveita-la na sua alimentação.

Propriedades da ervilha

O cultivo da ervilha é simples, o que leva muitas pessoas a cultivarem em sua própria casa. O custo é um dos contribuintes da escolha pela ervilha, mas aqueles que se dedicam a uma colheita, devem saber que elas se adaptam facilmente ao clima frio, mas não resistindo a temperaturas muito elevadas. Essa hortaliça é uma das principais e mais antigas, o que pode justificar sua presença em inúmeras receitas. Elas podem auxiliar no equilíbrio do colesterol, gordura e sódio. Ao consumir cerca de 1 xícara de ervilhas, você estará ingerindo até 8,5 gramas de proteínas.

É importante saber para que serve a ervilha, pois os seus benefícios podem garantir ação antioxidante, envolvendo ações positivas não só para a estética, mas principalmente para a saúde geral do organismo.

Informações nutricionais da Ervilha

Porção de 100g

Energia81 calorias
Carboidratos14,5 g
Proteínas5,4 g
Gorduras0,4 g
Fibras5,1 g

Ervilha natural x ervilha em lata

Há diversos fabricantes que oferecem opções simples de preparo para as refeições. A ervilha pode ser encontrada em versões enlatadas, mas estas possuem mais conservantes, os quais comprometem os valores nutricionais, a fim de possibilitar aparência mais atrativa para o alimento. É importante destacar que deve-se priorizar o consumo da ervilha natural, pois esta oferece menos influencias negativas sobre a saúde. As versões naturais também possuem maior teor proteico, vitaminas e minerais.

Benefícios da ervilha – Para que serve e propriedades

Veremos a seguir para que serve a ervilha, entendendo suas principais propriedades para boa forma e saúde.

1- Controle de peso

A ervilha contribui com efeito antioxidante, mas ela também não oferece grandes riscos para a sua dieta, já que a porção de 1 xícara possui em média 100 calorias, e baixo índice glicêmico. A hortaliça também não oferece riscos às suas medidas, pois ela contém baixo teor de gorduras, e nutrientes como ômega-03, betacaroteno, minerais, e até mesmo vitaminas de complexo B, C e E.

2- Prevenção de doenças cardíacas

O desequilíbrio de pressão arterial e funcionamento geral do coração pode ser prevenido com o auxilio e ingestão regular de ervilhas. Elas podem agir com efeito anti-inflamatório e antioxidante, os quais auxiliam na eliminação de células mortas e favorecem o fluxo sanguíneo. Alguns elementos como o Zinco e vitaminas de complexo B, homocisteína e ácido fólico podem prevenir estresse oxidativo e inflamações, preservando a saúde das paredes dos vasos sanguíneos, e reduzindo a possibilidade de ocorrência de doenças cardíacas. A luteína pode exercer função significativa, já que a porção de 3,6, encontrada nas ervilhas, pode favorecer com a saúde do seu coração. O controle sobre os níveis de colesterol é importantíssimo para a prevenção de doenças cardíacas, e a niacina contida nas ervilhas ainda pode auxiliar nesse controle, reduzindo o teor de triglicerídeos, induzindo à redução do LDL, e aumento de HDL.

3- Visão saudável

A Luteína também é um dos principais ingredientes que favorecem a saúde dos olhos, demonstrando mais um dos benefícios da ervilha. A luz que incide sobre o olho pode ser filtrada, evitando consequências à região macular da retina. Indica-se o consumo médio diário de 10 mg de Luteína, já que o corpo não possui a habilidade de produzi-la naturalmente. A contribuição da ervilha pode evitar até a perda da visão, se seu consumo for conciliado com diversos hábitos saudáveis e convenientes para a saúde dos olhos.

4- Sistema imunológico forte

Manter o corpo fortalecido é importante não só para a saúde, mas para a continuidade do bom rendimento nas atividades físicas, já que seu nível energético será utilizado de forma funcional durante todo o treino. Tanto Cozidas quanto cruas, as ervilhas podem fornecer porções interessantes de vitamina C, uma das grandes responsáveis pela saúde do sistema imunológico, além de apoiar a absorção de Ferro. A vitamina K também pode agir de forma positiva para o fortalecimento do corpo.

5- Sistema nervoso favorecido

Os minerais podem justificar diversos dos benefícios da ervilha, e o sistema nervoso também pode ser favorecido. Dentre os principais contribuintes, podemos destacar 62 mg de Magnésio que pode ser encontrado em uma xícara de ervilhas, Fósforo, Ferro, Zinco, e muito mais.

6- Mais músculos

As ervilhas podem ser reconhecidas como fornecedoras de proteínas, nutriente muito conveniente para aqueles que buscam construção muscular. As proteínas contidas nas ervilhas se mostram superiores às proteínas encontradas em suplementos industrializados.

7- Ossos fortes

Dentre as diversas contribuições, as ervilhas ainda podem fornecer Cálcio, mineral importante para a saúde e fortalecimento de ossos, dentes e unhas. A hortaliça ainda é rica em vitamina K, a qual auxilia na indução do Cálcio aos ossos. A estrutura ainda pode ser fortalecida com efeito preventivo contra osteoporose, que é justificado pela presença das vitaminas de complexo B.

8- Proteção contra o câncer

Os fitonutrientes contidos na ervilha são os principais responsáveis por esse benefício. Elas contêm quantidades significativas de polifenois, os quais auxiliam na proteção do corpo. Recomenda-se a porção diária de 2 mg, enquanto uma porção de ervilhas pode oferecer 10 mg, valor muito superior ao recomendado para a obtenção de resultados positivos.

9- Anti-envelhecimento

Com o avanço da idade, o uso de cremes rejuvenescedores e que retardam os efeitos temporais é cada vez mais comum. A adoção de cuidados estéticos pode ser substituída pelos benefícios da ervilha, já que eles são convenientes para agir contra inflamações e melhorar a coagulação do sangue. Outros contribuintes contidos na ervilha, que agem contra o envelhecimento são as vitaminas C e E, ômega-3, Zinco, ácidos fenólicos, alfa e betacaroteno, flavonoides, polifenois e muito mais.

10- Prevenção contra Alzheimer

É importante ressaltarmos que os benefícios da ervilha não são os principais agentes para prevenção de doenças, mas se ela for incorporada a uma alimentação e estilo de vida saudável, pode impulsionar a um melhor estado de saúde. As ervilhas contêm vitamina K, as quais são indicadas para evitar diversas doenças, como artrite, e principalmente, o Alzheimer, que tem se tornado mais comum, se comparado há anos atrás. A inserção das ervilha nas refeições pode contribuir contra o agravamento de lesões neuronais, agindo a favor de maiores consequências sobre a perda de memória.

11- Prevenção e auxilio do tratamento da diabetes tipo 2

Sabendo que a alimentação de quem tem diabetes é um tanto quanto restrita, descobrir um alimento conveniente para o seu cardápio é até motivador. Os benefícios da ervilha podem ser argumentos favoráveis, já que possui índice glicêmico baixo, além de ser um excelente fornecedor de proteínas e fibras. Os efeitos sobre a resistência de insulina são resultantes da ação dos componentes anti-inflamatórios e antioxidantes.

12- Ajuda o funcionamento do intestino

Muitas pessoas que estão em dieta lidam com desconfortos estomacais, os quais são consequência do funcionamento intestinal irregular. Esse problema retarda o processo digestório e eliminação de toxinas, por isso, é válido ter conhecimento de que os benefícios da ervilha podem agir preventivamente contra essas consequências, graças à porção de fibras oferecidas.

Referências adicionais:

  1. Edelenbos, Merete, Lars P. Christensen, and Kai Grevsen. “HPLC determination of chlorophyll and carotenoid pigments in processed green pea cultivars (Pisum sativum L.).” Journal of agricultural and food chemistry 49.10 (2001): 4768-4774.
  2. Moriyama, Michie, and Kazuko Oba. “Comparative study on the vitamin C contents of the food legume seeds.” Journal of nutritional science and vitaminology 54.1 (2008): 1-6.
  3. Murakami, Toshiyuki, et al. “Medicinal foodstuffs. XXII. Structures of oleanane-type triterpene oligoglycosides, pisumsaponins I and II, and kaurane-type diterpene oligoglycosides, pisumosides A and B, from green peas, the immature seeds of Pisum sativum L.” Chemical and pharmaceutical bulletin 49.1 (2001): 73-77.
  4. Trinidad, Trinidad P., et al. “The potential health benefits of legumes as a good source of dietary fibre.” British journal of nutrition 103.04 (2010): 569-574.
  5. Xu, B. J., S. H. Yuan, and S. K. C. Chang. “Comparative analyses of phenolic composition, antioxidant capacity, and color of cool season legumes and other selected food legumes.” Journal of Food Science 72.2 (2007): S167-S177.
  6. Yoshida, Hiromi, et al. “Tocopherol content and fatty acid distribution of peas (Pisum sativum L.).” Journal of the American Oil Chemists’ Society 84.11 (2007): 1031-1038.
  7. The World’s Healthiest Foods.
  8. Babault, Nicolas, et al. “Pea proteins oral supplementation promotes muscle thickness gains during resistance training: a double-blind, randomized, Placebo-controlled clinical trial vs. Whey protein.” Journal of the International Society of Sports Nutrition 12.1 (2015): 3.
  9. The World’s Healthiest Foods.

Você já conhecia todos esses benefícios da ervilha para a saúde e boa forma? Tem o costume de consumi-la com frequência? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 4,60 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. Adorei saber dos benefícios da ervilha. Já consumimos e a partir de agora vamos consumir mais ainda.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*