16 Benefícios do Gergelim – Para Que Serve e Propriedades

Especialista:
atualizado em 21/08/2020

Gergelim é um alimento extremamente saboroso e benéfico para o corpo humano, mas ainda é pouco consumido no Brasil.

O seu uso mais popular são nos pães com gergelim, porém, ainda é pouco para a quantidade de propriedades que a semente tem. Além dos pães, as sementinhas são usadas em bolachas salgadas, bolos, sushis, para temperar saladas, entre outros.

Mas para que serve o gergelim? Quais são os maiores benefícios do gergelim para nosso corpo?

As sementes de gergelim vem sendo cultivadas intencionalmente a mais de 3500 anos e utilizadas para remédio e alimento por várias civilizações.

Elas podem ser consumidas cruas, como óleo ou manteiga. A manteiga de gergelim é conhecida como Tahine, muito popular na culinária árabe.

O gergelim tem propriedades tão benéficas porque está cheio de nutrientes como cálcio, ferro, magnésio, fósforo, manganês, cobre, zinco, fibra, tiamina, vitamina B6, folato, proteína, e triptofano – muitos nutrientes para uma semente tão pequena.

16 Benefícios do Gergelim – Para que serve e Propriedades

Entre os benefícios do gergelim está a prevenção da diabetes e do câncer, a melhora da saúde do coração e dos ossos, além de desacelerar o processo de envelhecimento do corpo como um todo e auxiliar no emagrecimento. Entenda para que serve o gergelim.

1- Pode ajudar no controle da pressão

Estudos mostram que o consumo de gergelim reduz a hipertensão e ajuda a prevenir doenças cardíacas em geral. O magnésio presente nas sementes é um famoso aliado dos hipertensos e apenas uma mão cheia de sementes oferece 25% do magnésio necessário em um dia.

Um estudo publicado no Jornal de Medicina Biológica de Yale em 2006 mostrou que trocar outros óleos por óleo de gergelim diminui e pressão arterial diastólica e sistólica, além de diminuir a peroxidação lipídica (ranço corporal).

2- Pode ajudar na prevenção do câncer

Um dos minerais que mais ajuda a prevenir o câncer é o magnésio, que, como falamos antes, o gergelim está cheio.

Um estudo publicado no Jornal Americano de Nutrição Clínica mostra que o risco de tumores colorretais diminui 13% e o risco de câncer colorretais diminui 12% a cada 100 mg de magnésio consumido.

Para completar, gergelim tem uma lenhina solúvel conhecida como sesamina, que tem sido objeto de muitos estudos e se mostrado eficiente na inibição de células cancerígenas como a da leucemia, câncer de cólon, próstata, mama, pulmão e pâncreas.

Além disso, as sementes contém fitato que possui funções antioxidantes que tiram os efeitos dos radicais livres e evitam que células cancerígenas se desenvolvam.

3- Pode proteger contra o envelhecimento da pele

Estes mesmo antioxidantes que ajudam a prevenir o câncer também desaceleram o envelhecimento da pele. Evitam os efeitos nocivos dos raios ultravioletas, que inclui rugas e pigmentação da pele.

Além disso, o zinco ajuda a produzir colágeno, dando mais elasticidade para a pele e ajudando a reparar os tecidos do corpo em geral. As sementes ainda são ricas em vitamina B, que mantém cabelo, pele e olhos saudáveis e bonitos.

4- Ajuda a digestão e emagrece

As sementes possuem muitas fibras, que são fundamentais para uma digestão saudável, evitando constipação, diarreia e mantendo o cólon saudável. Além disso, as fibras auxiliam na perda de peso, pois elas aumentam a sensação de saciedade.

Isso acontece porque elas demoram para ser digeridas, então você fica satisfeito mais rapidamente e demora mais para sentir fome mesmo consumindo menos calorias.

5- Bom para quem faz exercícios e quer desenvolver a musculatura

Gergelim é extremamente rico em proteína (são 4,7 gramas de proteína a cada 28 gramas de sementes), além de ser uma boa alternativa para os vegetarianos, ela é ideal para quem faz atividade física e quer desenvolver a musculatura.

As proteínas ajudam a aumentar força, a acelerar o crescimento celular, aumentam a energia e aceleram o metabolismo como um todo (o que também ajuda a emagrecer).

6- Bom para diabéticos

O magnésio presente nas sementes também tem propriedades que reduzem a chance de desenvolver diabetes e ajudar a administrar os sintomas da doença. Uma pesquisa publicada em 2011 no Jornal de Nutrição Clinica mostrou que o óleo de gergelim aumenta o efeito do remédio glibenclamida em pacientes que sofrem com a diabetes tipo 2.

7- Pode ajudar na saúde dos ossos

As sementes de gergelim são um pequeno coquetel para os ossos: elas são ricas em zinco, cálcio e fósforo. Uma porção de semente de gergelim tem mais cálcio que um copo inteiro de leite!

Esses minerais são fundamentais para o corpo regenerar o tecido dos ossos e evitar osteoporose. Um estudo no Jornal Americano de Nutrição Clínica provou que consumir menos zinco que o necessário pode causar osteoporose no quadril e na espinha.

Apesar de osteoporose ser mais comum em mulheres pós menopausa, esta também é uma doença comum nos homens. Estudos mostram que um em cada oito homens acima de 50 anos terão uma fraturas por osteoporose.

8- Pode ajudar a baixar o colesterol

Os fitoesteróis presentes no gergelim tem uma estrutura química muito similar a do colesterol e conseguem diminuir o nível de LDL (colesterol ruim) no sangue ao bloquear a sua produção.

Sementes de gergelim tem o maior nível fitoesteróis da natureza (400-413 mg a cada 100g). A substância ainda potencializa o poder do sistema imunológico e diminui a chance de desenvolver câncer.

Além disso, o gergelim é rico em ácidos (como o oléico) que também diminui o LDL e aumentam o HDL (colesterol bom) no sangue. Portanto, baixar o colesterol é um dos benefícios do gergelim.

9- Pode contribuir para aliviar a artrite

Gergelim é rico em cobre, que tem propriedades anti-inflamatórias, aliviando a dor nas juntas, ossos, músculos e diminuindo a dor causada pela artrite. O cobre ainda é conhecido por fortalecer os vasos sanguíneos e melhorar a circulação

10- Pode proteger da radiação

As sementes de gergelim protegem o DNA dos efeitos nocivos da radiação – seja radiação de fontes acidentais ou de tratamentos como quimioterapia. Protegendo o corpo dos efeitos da radiação, o gergelim diminui a probabilidade de câncer por mutação celular.

Um estudo feito com ratos estendeu o tempo de vida dos animais que estavam sendo tratados com radiação ao incluir gergelim na dieta diária, prevenindo os danos causados pelo tratamento.

11- Saúde bucal

Os benefícios do gergelim são tão abrangentes que chegam até a saúde bucal. O óleo das sementes na boca tem um poderoso efeito antibacteriano, previne placa bacteriana e clareia os dentes. Mas para ter esses efeitos, é preciso deixar o óleo na boca até ele ficar grosso e esbranquiçado.

12- Pode aliviar dores de cabeça e enxaqueca

Quem sofre com enxaquecas frequentemente pode usar gergelim para diminuir as dores. O magnésio presente no gergelim evita espasmos dos vasos sanguíneos que desencadeia crises de enxaqueca. Já o cálcio, previne enxaquecas e dores de cabeça em geral.

13- Pode melhorar a respiração e ajudar a evitar a asma

Além de todos os benefícios do gergelim, o magnésio presente no gergelim também previne asma e outros problemas da respiração – tornando todo sistema respiratório mais saudável.

14- Pode diminuir a ansiedade

Sim, a semente de gergelim ainda possui minerais que ajudam a aliviar a ansiedade e o estresse como o magnésio e o cálcio. As vitaminas tiamina e triptofano, também presentes no gergelim, ajudam a produzir serotonina – o famoso hormônio da felicidade.

15- Pode ajudar na prevenção da esclerose múltipla

O óleo de gergelim evita o desenvolvimento da esclerose multipla ao diminuir a secreção de IFN-GAMA, um fator chave para iniciar inflamações e lesões no sistema nervoso. Estudos mostram também que gergelim é benéfico contra a doença de Huntington

16- Pode aliviar a anemia

As sementes, principalmente as pretas, são ricas em ferro, o que é fundamental para quem sofre com anemia.

Atenção

Porém, como tudo, o consumo em excesso pode ser um problema. As sementes podem irritar o estomago e o cólon, além de aparecer em teste de drogas devido a uma pequena quantidade de THC.

Veja mais informações sobre o gergelim no vídeo abaixo.

Gostou das dicas?

Referências:

  1. Kamal-Eldin, Afaf, Ali Moazzami, and Sidiga Washi. “Sesame seed lignans: potent physiological modulators and possible ingredients in functional foods & nutraceuticals.” Recent patents on food, nutrition & agriculture 3.1 (2011): 17-29.
  2. Paddon-Jones, Douglas, et al. “Protein, weight management, and satiety.” The American journal of clinical nutrition 87.5 (2008): 1558S-1561S.
  3. Hirata, Fumihiko, et al. “Hypocholesterolemic effect of sesame lignan in humans.” Atherosclerosis 122.1 (1996): 135-136.
  4. Hyun, Taisun H., Elizabeth Barrett-Connor, and David B. Milne. “Zinc intakes and plasma concentrations in men with osteoporosis: the Rancho Bernardo Study.” The American journal of clinical nutrition 80.3 (2004): 715-721.
  5. Nakai, Masaaki, et al. “Novel antioxidative metabolites in rat liver with ingested sesamin.” Journal of Agricultural and food Chemistry 51.6 (2003): 1666-1670.
  6. Phillips, Katherine M., David M. Ruggio, and Mehdi Ashraf-Khorassani. “Phytosterol composition of nuts and seeds commonly consumed in the United States.” Journal of Agricultural and Food Chemistry 53.24 (2005): 9436-9445.

Você já conhecia esses benefícios do gergelim para a saúde? Utiliza estas sementes em que tipo de receitas? Agora que sabe para que serve o gergelim pretende usá-lo mais? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (114 votos, média: 4,18 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

60 comentários em “16 Benefícios do Gergelim – Para Que Serve e Propriedades”

  1. Vou fazer leite com estas sementes ,sofro de intestino irritável e tenho uma diverticulose. O médico desaconselhou-me o leite de vaca por isso tenho andado á procura de substiutos para ele. Tenho 88 anos veremos se resulta. Obrigada pela informação. Fiquei entusiasmada.

  2. adora a semente de gergelim passei a consumir todos os dias indicado pela nutricionista os beneficios e visível com a rotina de intruzir na alimentação fiz uma reducacao alimentar emagreci 30 ki los e nunca mais engordei 4 anos meu cabelo minhas unhas minha pele minha saúde ficou melhor mais não foi milagre foi disciplina e muita perseveranca e comer saudável não dietas malucas que não dá resultados e nos dá fome …

  3. Estou descobrindo as motivações para o consumo. Quero usar para o meu dia de rotinas como um coadjuvante da minha saúde.

    Gosto do sabor e me parece ser semelhante ao do amendoim.