8 tipos de chá para diabetes e como fazer

Especialista da área:
atualizado em 23/02/2021

Na busca por tratamentos naturais para a diabetes, muitas pessoas utilizam os mais diversos chás existentes, sem saber, no entanto, quais são os que realmente funcionam.

  Continua Depois da Publicidade  

E o número de pessoas que utilizam esses chás cresce a cada ano, uma vez que a diabetes é uma doença que atinge mais de 400 milhões de adultos em todo o mundo.

Além disso, seu tratamento, feito por uma série de medicamentos e, em alguns casos, injeções de insulina, nem sempre funciona adequadamente, seja por descuido na hora de usar os medicamentos, ou por outros problemas de saúde associados.

Por isso, a adoção de tratamentos naturais, associados aos medicamentos prescritos por um médico, pode ajudar a manter o controle da glicemia e a evitar complicações da doença.

Então, vamos agora conhecer quais são esses chás e descobrir se eles realmente funcionam.

Chás para diabetes

chá de sálvia
Chá de sálvia

Um chá pode ser considerado benéfico para quem tem diabetes quando ele possui alguns efeitos que ajudam tanto a melhorar o quadro de diabetes, quanto a prevenir as suas complicações.

Esses efeitos são:

  • Melhora da sensibilidade à insulina;
  • Aumento da produção e secreção de insulina pelo pâncreas;
  • Redução da inflamação;
  • Ação antioxidante.

Veja então sete dicas de chá para diabetes para você consumir ao longo do dia e que irão ajudar a controlar a glicemia:

1. Chá Verde

O chá verde pode ajudar a controlar a diabetes tanto por seu efeito nos níveis de açúcar, quanto por sua ação anti-inflamatória.

Isso se deve, em grande parte, à presença das catequinas EGCG, que estimulam as células a absorverem a glicose presente no sangue, levando à redução da glicemia.

  Continua Depois da Publicidade  

Como preparar o chá verde: 

  • Leve uma xícara de água ao fogo, e retire assim que iniciar a fervura;
  • Então, crescente à água 1 colher de sobremesa de folhas de chá verde e deixe em infusão por cerca de 5 minutos.

2. Chá de canela

A canela é conhecida por suas propriedades antidiabéticas e anti-inflamatórias, e ajuda a melhorar a sensibilidade à insulina, o que leva a uma redução da glicemia.

Além disso, ela pode ser usada em conjunto com outras ervas medicinais, de forma a aumentar o efeito sobre a glicemia.

3. Chá de camomila

Além de ajudar a relaxar, o chá de camomila também é um ótimo aliado na luta contra a diabetes.

Esse efeito se deve à sua capacidade de melhorar a sensibilidade à insulina e de prevenir o estresse oxidativo.

Como preparar o chá de camomila:

  • Aqueça uma xícara de água, e desligue o fogo assim que a água começar a ferver;
  • Depois, acrescente uma colher de camomila, e deixe em infusão por 5 minutos.

3. Chá de pata-de-vaca

As folhas da Bauhinia forficata são utilizadas há décadas na medicina popular brasileira para o tratamento da hiperglicemia, embora o mecanismo de ação ainda não tenha sido totalmente entendido.

Como preparar chá de pata de vaca:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Adicione duas folhas da planta em uma xícara de água fervente;
  • Então, deixe abafar por 10 minutos e tome sem adoçar.

4. Chá de carqueja

O chá de carqueja contém um alto teor de polifenois, compostos fitoquímicos que inibem a oxidação celular e tem uma potente ação anti-inflamatória.

Por isso, a carqueja pode contribuir para a melhora da glicemia, principalmente se a pessoa segue uma dieta balanceada.

Como preparar chá de carqueja:

  • Coloque duas colheres de sopa de carqueja picada em 500 ml de água e deixe ferver por cinco minutos;
  • Então, desligue o fogo, tampe o recipiente e sirva quando o chá estiver morno.

5. Chá de sálvia

A sálvia é um tempero que contém um composto conhecido como ácido rosmarínico, que pode atuar no controle da concentração de glicose no sangue.

Isso acontece porque a sálvia estimula a secreção da insulina em diabéticos, além de melhorar a sensibilidade das células do corpo ao hormônio.

Como preparar o chá de sálvia:

  • Leve ao fogo uma chaleira com um litro de água e 2 colheres de sopa de folhas de sálvia;
  • Então, desligue assim que iniciar a fervura
  • Mantenha a chaleira tampada por 10 minutos;
  • Depois, coe e tome ao longo do dia.

6. Chá preto

Produzido a partir da mesma planta que o chá verde (camellia sinensis), o chá preto também pode contribuir para um melhor controle da glicemia.

Seu principal efeito é o aumento da liberação de insulina pelo pâncreas, além de ter uma ação anti-inflamatória semelhante à do chá verde.

Como preparar o chá preto:

  • O modo de preparo é o mesmo do chá verde.

7. Chá de hibisco

Além de ajudar a reduzir as taxas de colesterol e os depósitos de gordura abdominal, o chá de hibisco ajuda a melhorar a sensibilidade à insulina.

Como preparar o chá de hibisco:

  • Primeiro, aqueça cerca de 250 ml de água;
  • Assim que levantar fervura, desligue o fogo e acrescente uma colher de sopa do hibisco;
  • Então, deixe em infusão por cerca de 5 minutos.

O que é diabetes?

sintomas da diabetes

Antes de conhecermos os diferentes tipos de chá para diabetes, é preciso primeiramente compreender o que é esta doença.

O que ocorre na diabetes é a incapacidade do corpo de lidar com a glicose que ingerimos na alimentação.

Vamos exemplificar, para melhorar o entendimento:

Uma pessoa sem diabetes, após uma refeição, absorve os carboidratos e os digere. Isso leva a um aumento da quantidade de açúcar no sangue, ou glicemia.

O corpo então produz insulina, um hormônio que faz com que a glicose entre nas células, onde ela serve como combustível.

Mas em diabéticos, porém, esse mecanismo não funciona como deveria, por dois fatores principais:

  • Produção insuficiente de insulina;
  • Incapacidade das células de responderem ao hormônio, um problema que chamamos de “resistência à insulina“.

Assim, o corpo pode começar a ter dificuldade de usar a glicose como fonte de energia para suas células, e ela começa a se acumular na corrente sanguínea.

Mas nem toda diabetes é igual, e podemos dividir em três tipos, de acordo com a causa e o desenvolvimento da doença:

Diabetes do tipo 1

Nesse caso específico, o sistema imunológico passa a atacar o pâncreas, destruindo as células que produzem insulina. Por esse motivo, se diz que a diabetes do tipo 1 é uma doença autoimune.

O tratamento deste tipo de diabetes envolve o uso de injeções de insulina, necessárias para retirar a glicose do sangue e enviá-la até as células de todos nossos órgãos e tecidos.

Diabetes do tipo 2

Este é o tipo mais comum da doença, que acomete principalmente adultos e engloba cerca de 90% de todos os casos de diabetes.

As pessoas que têm este tipo de diabetes geralmente não precisam de injeções de insulina, pois na maioria dos casos seus organismos ainda são capazes de produzi-la.

O que ocorre, porém, é que suas células se tornam resistentes ao hormônio, o que acaba levando ao acúmulo de glicose na circulação.

Além disso, diferentemente da diabetes do tipo 1, a do tipo 2 pode ser controlada e até mesmo revertida com mudanças nos hábitos, como:

  • Prática regular de exercícios físicos;
  • Perda de peso;
  • Alimentação balanceada.

Diabetes gestacional

Como o próprio nome já diz, este tipo de diabetes ocorre em gestantes, e normalmente se limita ao período da gravidez.

Mas, apesar esse tipo de diabetes se resolver após o parto, pessoas que desenvolvem diabetes gestacional correm um risco maior de desenvolver diabetes tipo 2 posteriormente.

Dicas e cuidados com os chás para diabetes

Embora esses chás ajudem a reduzir a glicemia e a melhorar a sensibilidade à insulina, eles não substituem os medicamentos prescritos para tratar o problema.

Por isso, nunca modifique as doses ou a frequência com que utiliza um medicamento sem antes conversar com seu médico.

Além disso, evite o uso de açúcar ou mel para adoçar o chá.

Veja nos vídeos abaixo mais informações sobre os chás para diabetes.

Gostou das dicas?

Fontes e referências adicionais

Você já foi diagnosticado com diabetes do tipo 1 ou 2? Foi recomendado por um médico ou especialista o consumo de algum chá para diabetes como esses listados acima? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (59 votos, média: 3,98 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

23 comentários em “8 tipos de chá para diabetes e como fazer”

  1. Tenho Diabetes Mellitus tipo 2,minha glicose está altíssima, chegou a 330,com os chás (pedra Ume Káa,Carqueja,Pata de Vaca) ,o Glifage 500ml ou Metfornina),tomo de 3 a 6 cápsulas por dia, o Picolinato de Cromo (muito bom), muita água e uma dieta com alimentos de pouca glicose, estou conseguindo baixar um pouco. Na última vez deu 229 de glicemia. Meu médico (dr. Ney Dílson) quer que eu tome uma injeção de medicamento novo, que reduz drasticamente a glicose, mas é caríssimo. Uma seringa para 1mês Custa R$ 500 reais, podendo usar uma dose mínima por semana. Não vicia nem causa dependência. Alguém sabe mais a respeito dessa injeção e desse remédio novo?

    • Insulina é ótimo e gratuita, e distribuída em postos de saúde e em farmácias gratuitamente, e bastando apresentar a receita médica, válida por 6 meses

  2. Muito bom este site .
    Minha mãe tem 72 anos é diabética e hipertensa e toma insulina .
    Qual chá é aconselhável ?
    Bjss

  3. Achei de muita valia suas dicas. Porém tenho medo de tomar os chás e eles forcarem o pâncreas trabalhar mais e chegar um momento de não funcionar mais. Dai……

  4. Bom dia, obrigada pela dicas de chá, estou com a diabetes alta, 358, parei no hospital ontem tomei insulina e soro e a baixou muito pouco 279, e hoje ela continua alta 340 , fui ao hospital novamente , mas já tenho médico marcado para amanhã e nutricionista TB , mas vou tomar os chás para ver se ela baixa mais um pouco , são chás que tenho casa que vão me ajudar muito , obrigada !

  5. ola boa noite gostei muito da dica por isso to me escrevendo no site para que possa receber mais dicas muito obrigado

  6. Bom Dia!Muito Obrigada pelas 11 dicas … Meu índice glicemíco está altíssimo, por motivo da ingestão de doces e meus pais são diabéticos.
    Sei que devo mudar minha alimentação … muito macarrão, pão, biscoitos, chocolates e tudo mais …
    Estou sempre ligada em suas dicas e tomo bastante chá pois fico das 07.30 ás 17 horas no meu trabalho.
    Parabéns pelos vídeos e a linguagem sempre de fácil entendimento e específica nas explicações.
    Beijos.

  7. Sou diabete do tipo 1 – essas informações me foram muito útil para minha readequação alimentar, trazendo informações valiosas. Obrigado!!!

  8. Estou adorando seu site, tem um visual bonito, moderno e os artigos tem um conteúdo bacana,
    é muito completo e de fácil entendimento, muito úteis todas essas dicas! Voltarei mais vezes!!!

  9. isaqueblek2008@hotmail.com. Tenho diabetes tipo 2 sou operado do coração 2 pontes safena 1 mamaria tive uma esquemia cerebral porem nao afetou minha voz nem os menbros do meu corpo sou ipertenso gostaria de saber como controlar essa situação atraves de chas,e como encontra-los.inclusive os chas que seja energetico sem afetar o coração.