Benefícios da farinha da casca de maracujá – Como fazer e usar

Especialista da área:
atualizado em 14/01/2021

Ainda pouco conhecida, a farinha da casca de maracujá tem atraído cada vez mais a atenção das pessoas, já que além de ser uma excelente fonte de fibras, ela traz diversos benefícios para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, sua preparação é simples, e ela pode inclusive ser feita em casa.

Então, vamos conhecer um pouco mais sobre a farinha da casca de maracujá, suas propriedades e quais os benefícios que ela pode trazer para a saúde e a boa forma.

Benefícios da farinha da casca do maracujá

maracujás sobre a mesa
A farinha é feita a partir da casca do maracujá

Um artigo brasileiro, publicado no periódico Ciência Rural em 2014, estudou as propriedades nutricionais da casca do maracujá, e encontrou dois tipos principais de substâncias:

O consumo de somente duas colheres de farinha de maracujá já é suficiente para obter os principais benefícios do alimento. Portanto saiba quais são eles a seguir

1. É rica em antioxidantes

Os principais antioxidantes presentes na farinha da casca de maracujá são os polifenóis e os carotenoides.

Esses compostos são responsáveis por combater os danos causados pelos radicais livres, e assim ajudam a tratar e prevenir alguns problemas de saúde, como:

  • Inflamações: Por terem um efeito direto na regulação do sistema imunológico, os antioxidantes auxiliam na prevenção de doenças inflamatórias, autoimunes e de alguns tipos de câncer;
  • Degeneração macular: Os antioxidantes presentes na casca do maracujá, entre eles os carotenoides, auxiliam na prevenção da degeneração da mácula, um problema muito comum na terceira idade;
  • Envelhecimento precoce da pele: Esse talvez seja o efeito mais visível do consumo de antioxidantes. Isso ocorre porque eles contribuem para a proteção da pele contra a ação dos radicais livres, da radiação solar e de outras agressões, como a poluição por exemplo.

2. Farinha de maracujá ajuda a emagrecer

Inicialmente o uso da farinha de casca de maracujá era voltado para pessoas que precisavam controlar a glicemia. Mas com o tempo ela começou a ganhar mais visibilidade, graças a sua atuação no emagrecimento.

Isso é decorrente da sua alta concentração de fibras, como a pectina, um tipo de fibra solúvel que ao entrar em contato com líquidos no estômago forma uma espécie de gel e retarda o esvaziamento gástrico e promove a sensação de saciedade.

Além disso, quando chega no intestino, a farinha de maracujá dificulta a absorção de carboidratos e gorduras, evitando o aumento da glicose, colesterol e triglicerídeos na corrente sanguínea.

  Continua Depois da Publicidade  

E ao controlar a glicose sanguínea, a farinha da casca do maracujá impede a liberação de uma quantidade excessiva de insulina, hormônio que, entre outras ações, acaba levando a um maior acúmulo de gorduras.

3. Controla a glicemia

A fibra da casca do maracujá, especialmente a pectina, diminui a velocidade de absorção de carboidratos, e assim impede a ocorrência de picos de glicemia.

Desta forma, o consumo da farinha de maracujá é uma ótima estratégia para prevenir e mesmo ajudar no tratamento da diabetes tipo 2 e quadros de resistência à insulina.

4. Diminui as taxas de colesterol

As fibras alimentares também regulam a absorção de gorduras e colesterol, da mesma forma como fazem com os açúcares.

Por isso, o consumo regular de fibras, principalmente das solúveis, auxilia no controle dos níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue.

5. Melhora o funcionamento do intestino

Esse é o benefício mais conhecido das fibras alimentares: a melhora do funcionamento intestinal.

Isso acontece porque as fibras, principalmente as insolúveis, ajudam a aumentar a hidratação e o volume das fezes, evitando assim quadros como a constipação.

Entretanto, é importante lembrar que o consumo de fibras deve sempre ser acompanhado de uma boa hidratação, caso contrário, elas podem causar a constipação.

  Continua Depois da Publicidade  

Como preparar a farinha de casca de maracujá?

Farinha da casca do maracujá
Farinha da casca do maracujá

Você pode encontrar a farinha de maracujá na seção de produtos diet dos supermercados, ou então em casas de produtos naturais. Mas, se preferir, você pode fazer a farinha em casa.

Ingredientes:

  • Cascas de 5 maracujás.

Modo de Preparo:

  • Higienize a casca dos maracujás;
  • Em seguida, leve as cascas para assar no forno em baixa temperatura (180º-200º). Deixe até que que estejam secas e quebradiças. Desligue o forno e deixe esfriar;
  • Então bata as cascas secas no liquidificador ou processador, até que se transformem numa farinha homogênea;
  • Por fim, guarde a farinha em um recipiente seco e bem vedado.

Como usar

Para usufruir dos benefícios da farinha de casca de maracujá, basta incluir duas colheres de sopa em sua dieta, seja em sucos, vitaminas, tapioca ou mesmo diluída em água.

Receitas com farinha da casca do maracujá

Confira abaixo algumas receitas leves e saudáveis, e dessa forma aproveitar os benefícios da farinha da casca do maracujá:

1. Tapioca leve

Tapioca com farinha da casca de maracujá
Tapioca feita com farinha da casca de maracujá

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de farinha de tapioca;
  • 1 colher de sopa de farinha da casca do maracujá;
  • 2 claras;
  • 1 tomate picado sem sementes;
  • 1 colher de cebolinha picada;
  • Sal e orégano a gosto;
  • 1 colher de café de azeite.

Modo de preparo:

  1. Em uma tigela misture a farinha de tapioca, um pouco de sal e a farinha de maracujá;
  2. Em seguida leve despeje a mistura em uma frigideira bem quente. Não se esqueça de virar assim que começar a levantar as bordas;
  3. Então, em outra panela, refogue o tomate, a cebolinha e as claras. Tempere com orégano e sal;
  4. Por fim, recheie a tapioca com as claras mexidas e feche.

2. Suco verde com farinha da casca de maracujá

Suco verde detox com farinha de maracujá
Suco verde detox com farinha de maracujá

Ingredientes:

  • 1 maçã verde com casca;
  • 1 colher de sopa de farinha da casca do maracujá;
  • 300 ml de água mineral;
  • 1 folha de couve;
  • Suco de meio limão;
  • Folhas de hortelã a gosto.

Preparo:

  • Bata tudo no liquidificador e sirva em seguida.

3. Pão integral com farinha da casca de maracujá

Pão integral com farinha de casca de maracujá
Pão integral feito com farinha de casca de maracujá

Ingredientes:

  • 2 xícaras de farinha de trigo integral;
  • Meia xícara de farinha de centeio;
  • Meia xícara de farinha de aveia;
  • 4 colheres de sopa de farinha de maracujá;
  • 250 ml de água (o suficiente para dar ponto na massa);
  • 2 colheres de sopa de azeite extra virgem;
  • 2 colheres de sopa de sementes de linhaça;
  • 1 ovo;
  • 2 colheres e meia (de chá) de fermento biológico seco instantâneo;
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavo;
  • 1 colher de café de sal.

Modo de Preparo:

  1. Em um recipiente grande, misture bem todos os ingredientes secos;
  2. Em seguida, acrescente os demais ingredientes e incorpore até formar uma massa homogênea;
  3. Então deixe a massa crescer por 30 minutos;
  4. Depois, modele o pão e deixe crescer novamente por mais 20 minutos;
  5. Por fim, leve para assar em forno à temperatura média (200º-220º) por aproximadamente 45 minutos, ou até que o interior esteja seco (espete um palito, e se ele sair seco é porque o interior da massa já cozinhou)

Veja a seguir os vídeos sobre a farinha da casca de maracujá.

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais

Você já conhecia todos os benefícios da farinha da casca do maracujá para a saúde e para o emagrecimento? Conhece alguém que já a tenha utilizado? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (103 votos, média 4,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

20 comentários em “Benefícios da farinha da casca de maracujá – Como fazer e usar”

  1. Para não perder os beneficios da casca de maracuja Ela deve ser seca no Sol;porque no forno perde os beneficios.

    Responder
  2. Queria saber se quem tem pressão alta ou doença nos rins mas não em estado avançado pode consumir a farinha de maracujá ?tenho nefrite crônica a 11 anos

    Responder
  3. gte uma sugestao um kilo da farinha do maracja está em torna de 22 reais, vale muito a pena o investimento e vai poupar muito trabalho, pq é dificil pra fazer corretamente, d pra usar o mes todo e é otimo eu digo pq uso.

    Responder
    • Comprei farinha de casca de maracujá no supermercado e achei o gosto amargo, não combina com nada e gruda muito no céu da boca! Não sei como usar. Alguém tem uma dica prática?

      Responder
  4. Toda vez que consumo a farinha na vitamina , me da uma diarréia muito forte, porque isso acontece? Estou precisando abaixar a minha glicose urgente. A farinha também me da muitos gases, barriga inchada e não consigo fazer nada, só fico deitada de tanta dor. O que eu faço?

    Responder
  5. Ouvi dizer que tem de tirar apele amarela da casca antes de torrar. Porque tem de tirar a casca amarela? Não pode tirar a poupa e depois torrar a casca junto com a pele amarela e depois bater no liquidificador e depois peneirar?
    Atenciosamente,
    José Roberto Barbosa.

    Responder
  6. Comecei a tomar uma colher de sopa da farinha de maracujá com um pouco de leite.Gostaria de saber se isso está certo? Obrigada

    Responder
  7. Estou consumindo a farinha de maracujá diluída na água, penso que levar a grandes temperaturas perderá valor nutricional!

    Responder
  8. Tomei uma vitamina com leite, pó de maracujá e um pouco de canela. E aí me deu uma diarreia. Gostaria de saber se isso é normal.

    Responder
  9. Bom dia.
    Como a casca do maracujá pq minha glicose fica em torno de 120.
    Tiro a parte amarela pq é dura e coloco a parte branca no suco ou vitamina. As vezes como os pedaços. Sabor mto leve.
    No outro dia minha glicose estará abaixo de 100.
    Acho difícil fazer a farinha.
    Como já testei desse outro jeito e funcionou, estou passando essa informação.
    O que eu não entendi sobre poder incluir a casca nem bolos e tortas pq segundo o que pesquisei, ela só pode ser aquecida até 40°. Mais que isso perde as propriedades assim como a linhaça que tb tem essa característica.
    A casca a 40° no forno e, ainda, com a porta semi aberta. O que seriam necessário mtas horas.

    Por isso uso ela crua. Pela praticidade .
    E acho tb o gosto bem mais leve.
    Quase nada.
    Minha intenção foi contribuir.
    Obrigada

    Responder
  10. Uma cliente tinha q ser submetida a uma intervenção cirurgica odontológica e ao fazer o exame estava c a glicemia 420 porém avisei q ñ tinha a menor possibilidade, recomendei a ir ao seu médico e verificar a medicação. Passado um mês retornou continuava c a mesma taxa. Dei mais um tempo, ao voltar a taxa havia caido p 96 fiquei admirada e perguntei o q tinhqa acontecido ela me respondeu q tinha associado a medicação “farinha de maracujá”.
    Sou dentista e testemunhei este benefício da farinhaa de maracujá

    Responder