Como Emagrecer o Braço Rapidamente? 5 Dicas Comprovadas

Especialista:
atualizado em 13/04/2020

Se uma das principais preocupações em termos de gordura consiste em como perder gordura abdominal, certamente outra das que vem logo atrás no ranking é a preocupação com a gordura do braço, que gera aquele movimento estranho quando uma pessoa faz movimento de tchau.

Esse maior acúmulo de gorduras no braço pode acontecer devido a questões genéticas. Em alguns casos, a pessoa nem está acima do peso, no entanto, tem um braço mais gordinho.

Mas será que é realmente possível perder a gordura localizada na região do braço? As 5 dicas que você vai conhecer na lista a seguir podem ajudar a diminuir o acúmulo de gorduras no local:

1. Cuidado com os exercícios de pouca carga e muita repetição

A estratégia de fazer exercícios de pouca carga e muita repetição para queimar a gordura dos braços, ou seja, ficar um bom tempo levantando um peso mais leve com os braços, é furada. Isso não adianta porque não é possível estimular um único ponto do corpo de onde se deseja que a gordura seja queimada com a atividade física.

Por outro lado, quando um exercício de fortalecimento muscular é realizado de maneira eficiente, é possível melhorar a aparência do braço. Isso porque, em muitos casos, além de ter maior acúmulo de gorduras, o braço também apresenta mais flacidez, com aquele aspecto de “caído”, ao passo que o treino de força pode ajudar a tonificar o braço, embora não queime aquela gordura especificamente.

Entretanto, para que os seus treinos de braço atinjam os seus objetivos que você deseja e sejam feitos com segurança, é fundamental que eles sejam orientados por um educador físico.

2. Diminuir o consumo de alimentos ricos em carboidratos de alto índice glicêmico

Segundo a Escola de Saúde Pública de Harvard, a escala é dividida da seguinte maneira: os alimentos de baixo índice glicêmico pontuam 55 ou menos no ranking, os de médio índice glicêmico ficam entre 56 a 69 e os alimentos de alto índice glicêmico apresentam uma pontuação entre 70 a 100.

O grupo de alimentos com carboidratos de alto índice glicêmico inclui: pão branco, arroz branco, macarrão branco, açúcar, tortas, pudins, bolos, as guloseimas em geral e os produtos industrializados, por exemplo.

A Escola de Saúde Pública de Harvard explicou que consumir muitos carboidratos de índice glicêmico elevado provoca poderosos picos nas taxas de glicose no sangue. Esses picos são seguidos por quedas nos níveis de açúcar no sangue, que podem resultar na fome e no desejo por alimentos ricos em calorias e açúcares, ou seja: mais carboidratos de alto índice glicêmico.

O fato dos carboidratos de alto índice glicêmico apresentarem uma velocidade de absorção muito alta e se transformarem em açúcar muito rapidamente resulta em uma grande secreção de insulina. Quanto mais insulina o pâncreas secretar para que o organismo dê conta de guardar todo esse açúcar, maior será a probabilidade de que o corpo acumule gordura.

Para quem já tem uma tendência de acumular gordura no braço, o fato de secretar muita insulina vai fazer com que cada vez mais gordura seja acumulada na região. Para combater o braço gordo, não é necessariamente preciso adotar a dieta low carb: pode simplesmente trocar os carboidratos de alto índice glicêmico pelos carboidratos de baixo índice glicêmico, que têm uma absorção mais lenta e evitam o pico de insulina.

Grão-de-bico, lentilha, feijão e leguminosas em geral são exemplos de carboidratos de baixo índice glicêmico. Conheça outros exemplos por meio da lista de índice glicêmico dos alimentos.

3. Consumir alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo

Acelerar o metabolismo vai favorecer um ambiente mais queimador de gordura no corpo. Para isso, é possível recorrer a produtos naturais que auxiliam naturalmente a acelerar o metabolismo: os alimentos termogênicos.

Esse grupo é composto por itens como: gengibre, pimenta, café, chá oolong, chá verde, cacau, óleo de coco, algas, alimentos ricos em selênio, alimentos ricos em ferro, alimentos ricos em zinco, alimentos ricos em proteínas e água, por exemplo.

Mas atenção: esses produtos naturais não vão operar milagres, eles apenas podem dar uma forcinha em relação à aceleração do metabolismo. Não vai adiantar nada acrescentá-los na dieta se continuar a consumir alimentos que favorecem o acúmulo de gorduras, como os carboidratos de alto índice glicêmico, mencionados no tópico anterior.

4. Diminuir a ingestão de sódio

O acúmulo de gorduras não é a única causa do aparecimento de um aspecto volumoso no braço. Isso também pode ocorrer por conta do inchaço provocado pela retenção de líquidos no organismo. E sabe o que pode ser responsável por essa retenção de líquidos?

O consumo excessivo de sódio, por meio de sal, molho shoyu, glutamato monossódico e produtos industrializados, por exemplo.

Além de evitar os alimentos ricos em sódio e sal, é importante cuidar para ter um consumo adequado de água todos os dias – isso vai assegurar que você urine bastante e, consequentemente, evite a retenção de líquidos.

Vale ressaltar também que a retenção de líquidos não é o único problema que pode ser provocado pelo excesso de sódio na dieta – a Associação Americana do Coração alertou que apresentar níveis excessivos do mineral também traz o risco de desenvolvimento de problemas como pressão alta, acidente vascular cerebral (AVC), insuficiência cardíaca, osteoporose, câncer no estômago, doença nos rins e cálculos renais.

5. Tratar o emagrecimento do braço como um emagrecimento geral do corpo

Como não dá para perder gordura de uma região específica do corpo, seja do braço, seja de qualquer outro local do corpo, a receita é gerar um ambiente que torne o organismo como um todo propício à queima de gorduras. As dicas de alimentação e exercícios apresentadas aqui ajudam bastante neste sentido.

Mas e se a pessoa está magra, com um corpo em forma e realmente deseja emagrecer somente o braço? Neste caso, o que pode ter ocorrido é o acúmulo de gorduras no braço devido a uma predisposição genética para ter mais gorduras nessa região – e o último lugar onde se perde gorduras é o primeiro lugar onde se está mais geneticamente predisposto a armazenar gorduras.

Portanto, a fórmula continua a ser seguir uma dieta balanceada, consumir bastante água e fazer atividades físicas com frequência (se não houver alguma contraindicação médica, logicamente).

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e referências adicionais:

Você já sabia como emagrecer o braço rapidamente? Pretende experimentar essas dicas na sua rotina? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário