Os 9 maiores mitos das dietas

Especialista da área:
atualizado em 15/06/2021

Listamos aqui alguns dos maiores mitos das dietas que podem estar te atrapalhando a perder peso, se é que você ainda realmente acredita neles. Confira abaixo e tire-os da cabeça já!

  Continua Depois da Publicidade  

1. Jejum faz você perder peso

O jejum na verdade pode desacelerar o seu metabolismo, dificultando a perda de peso e sabotando a sua dieta.

Ao invés disso, você deve comer pequenas porções entre as refeições. Isso mantém o seu metabolismo ativo e sempre funcionando. Após um longo período de jejum, seu corpo pede mais comida do que realmente necessita e você acaba comendo em excesso.

2. Há menos cálcio nos leites desnatados do que nos leites integrais

Você acreditaria que os leites desnatados possuem mais cálcio que os leites integrais? Para muitas pessoas em dieta, o leite desnatado deve ser o preferido delas. O leite integral é melhor para crianças e para as pessoas que estão abaixo do peso.

3. Não é possível criar massa muscular em uma dieta vegetariana

Para criar massa muscular, você precisa de proteínas. Mas a carne animal não é a única fonte desse nutriente. Vegetarianos apenas precisam comer os alimentos certos. Se você é um seguidor da dieta vegetariana e quer aumentar o consumo de proteínas, opte pelos grãos e queijos.

comida vegana

4. Parar de fumar significa ganhar peso

A nicotina pode realmente ter um efeito no seu metabolismo, deixando-o um pouco mais acelerado, mas não o suficiente para causar um aumento considerável de peso após parar de fumar.

O que se sabe é que quando as pessoas param de fumar, elas sofrem de abstinência da nicotina. Dessa forma, elas tendem a usar os alimentos como um substituto para ela.

5. Colesterol é ruim

Esse é um dos maiores mitos que existem. O colesterol é uma substância importante para o organismo, tanto é que ele é excretado pelo fígado.

Em primeiro lugar, é importante entender que existem dois tipos de colesterol: o primeiro é o LDL (Lipoproteína de baixa densidade), que é prejudicial para a saúde, e o que o torna ruim é que ele se concentra na parede das artérias até causar o seu entupimento. Artérias entupidas podem levar a doenças cardiovasculares e até à morte.

O segundo tipo de colesterol é o HDL (Lipoproteína de alta densidade), que é o colesterol bom. O HDL ajuda a mover o colesterol ruim para fora das artérias e de volta para o fígado. É sabido que o HDL ajuda a prevenir infartos, e sua baixa concentração pode levar a doenças do coração.

  Continua Depois da Publicidade  

6. Barras de cereal entre as refeições

A verdade é que a maioria das famosas barras de cereais à venda no mercado hoje em dia são alimentos industrializados, ou processados. Esses alimentos são mais fáceis de digerir – em outras palavras, nossos organismos absorvem mais rapidamente a comida industrializada, que normalmente é rica em carboidratos simples, açúcares e tem alto índice glicêmico (IG).

Por outro lado, os alimentos naturais exigem que nosso trato intestinal trabalhe mais para processá-los. Nosso organismo retém menos calorias dos alimentos naturais e mais os seus nutrientes. Alimentos integrais, ricos em carboidratos complexos são ideais nesse sentido.

Barra de Cereal

7. Carboidratos engordam

Uma dieta balanceada envolve carboidratos. Você não pode cortá-los totalmente da sua dieta. Há um engano que os carboidratos engordam. Na verdade, são as calorias que te engordam. Porém dentre os carboidratos, prefira os complexos, que são mais saudáveis, não causam picos de insulina tão frequentemente como os simples, e são ricos em fibras e outros nutrientes.

8. Beber água faz perder peso

Enquanto substituir refrigerantes por água pode ajudar a perder alguns quilos, não há nenhuma comprovação que a água, por si só, possa fazer você perder peso. Ela ajuda a acelerar o seu metabolismo, ou seja, não faz milagres sozinha, mas você precisa adotar uma dieta balanceada e praticar exercícios regularmente.

9. Comidas pobres em gordura fazem um corpo magro

Por quase 30 anos, é dito que os alimentos com pouca gordura são bons para nós. Atualmente estudos sugerem o oposto, e que de fato isso pode ter contribuído para o aumento da obesidade.

O fato é que nem toda a gordura é ruim. Nós precisamos de alguma gordura para manter nossa pele, e o funcionamento normal do cérebro e do coração.

O consumo de gorduras ajuda a naturalmente suprimir a grelina, a qual causa a sensação de fome. Ao mesmo tempo que está suprimindo a nossa fome, ela também causa a liberação de peptídeos responsáveis pela sensação de saciedade.

Qual desses mitos da dieta mais te surpreendeu? Você ainda acreditava em algum deles, que podem estar atrapalhando sua dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário