Pimenta faz mal para os rins?

Especialista da área:
atualizado em 27/03/2022

Pimenta faz mal para os rins? Essa é uma dúvida que passa pela mente de muita gente, principalmente quando se conhece alguém com algum problema nos rins.

Esse medo se deve aos seus componentes, como o oxalato, que é uma conhecida substância da pimenta que pode aumentar o risco de desenvolver pedras nos rins. Mas será que esse risco existe mesmo?

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, a seguir vamos descobrir se a pimenta pode ou não fazer mal para os rins, além de conhecer os benefícios que este alimento pode trazer para a saúde e o bem estar.

Veja também: 9 alimentos ruins para os rins

Qual a função dos rins?

Rins
Os rins são órgãos essenciais com funções importantíssimas para nosso corpo

A principal função dos rins é filtrar o sangue para eliminar substâncias nocivas ao organismo como amônia, ureia e ácido úrico. 

Além disso, também é responsabilidade dos rins o controle da quantidade de líquidos no organismo, uma vez que eles fazem a excreção de água, juntamente com outras substâncias, através da urina.

Por isso, a ingestão excessiva de alimentos ricos em algumas substâncias podem sobrecarregar o órgão, fazendo-o trabalhar mais do que seria necessário para manter o organismo funcionando corretamente.

  Continua Depois da Publicidade  

Veja também: O que faz mal para os rins?

Os diferentes tipos de pimenta

As pimentas são ingredientes usados na culinária do mundo todo, seja pelo seu sabor característico ou pelo seu aroma.

Mas elas também são compostas por nutrientes como a vitamina C, minerais e antioxidantes, e estão associadas a uma série de benefícios para a saúde.

As mais comumente usadas no brasil são:

Pimenta faz mal para os rins? 

Como mostrado anteriormente, as pimentas são alimentos ricos em uma série de substâncias, o que pode, em alguns casos, causar certa apreensão.

Isso se deve principalmente à presença de dois componentes:

  Continua Depois da Publicidade  

  • O oxalato é o principal componente dos cálculos renais, e pessoas com predisposição a desenvolver o problema.
  • Já a capsaicina, o componente mais encontrado em pimentas, pode causar irritação em vários órgãos, quando consumida em excesso.

Mas, quando a pimenta é utilizada sem exageros, ela não costuma causar problemas.

Além disso, existe um tipo de pimenta ideal para pessoas com problemas renais: a pimenta vermelha.

Isso se deve ao seu baixo teor de potássio, o que a torna uma ótima opção de tempero para estes pacientes.

Benefícios da pimenta

Pimentas
Existem benefícios incríveis que o consumo de pimentas pode proporcionar

Além de dar um sabor picante aos alimentos, as pimentas também podem trazer diversos benefícios para a saúde. Os principais são:

1. Alívio da dor

Vários estudos vêm sendo realizados no mundo todo para avaliar o efeito analgésico de substâncias presentes na pimenta, como a capsaicina.

Entretanto, não se deve ingerir grandes quantidades de pimenta, uma vez que o excesso pode causar problemas gástricos.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Ação anti-inflamatória

Além de diminuir a sensação de dor, a pimenta também tem um efeito anti-inflamatório, uma vez que seus antioxidantes participam da regulação do sistema imunológico.

Além disso, esses compostos ajudam a combater a ação dos radicais livres no corpo, contribuindo para a prevenção do estresse oxidativo e do envelhecimento precoce da pele.

3. Ação antibacteriana

Outro benefício da pimenta é a sua ação antibacteriana, fazendo com que o alimento ajude a combater algumas infecções.

Mas, apesar de seu efeito contra bactérias, não é recomendado que a pimenta, de qualquer tipo, seja usada sozinha para tratar problemas de saúde, uma vez que este efeito ainda precisa ser melhor estudado.

4. Ajuda a melhorar a absorção de nutrientes

Algumas pimentas, como pimenta preta, podem potencializar a absorção de nutrientes presentes em outros alimentos.

Isso acontece porque os componentes da pimenta estimulam a produção de ácido no estômago, o que leva a uma melhor digestão dos alimentos.

5. Ajuda a proteger o coração

O consumo de pimentas está associado a um menor risco de desenvolver doenças cardiovasculares, devido à alguns fatores, como:

  • Presença de antioxidantes, que contribuem para a proteção das veias e das artérias
  • Teor de capsaicina e de piperina, que, de acordo com alguns estudos, ajuda a reduzir a pressão arterial.

Entretanto, é importante lembrar que o tratamento de problemas cardiovasculares deve sempre ser feito com a orientação de um médico, e normalmente inclui a redução do consumo de sal e de alimentos ricos em gorduras saturadas.

Dicas e cuidados

Pessoas com problemas renais, ou que tenham uma tendência a desenvolvê-los, devem tomar alguns cuidados, principalmente com a alimentação. Alguns deles são:

Beber bastante água, uma vez que ela ajuda a diluir a urina, e assim a evitar a formação de cálculos

  • Evitar o consumo de alimentos ricos em oxalatos
  • Diminuir o consumo de sal, pois a hipertensão é uma das causas de problemas renais
  • Evite o uso excessivo de anti-inflamatórios, pois eles podem causar danos aos rins
  • Pratique atividades físicas regularmente e tenha uma alimentação saudável e balanceada, para manter os níveis de colesterol e triglicérides baixos.

Além disso, procure um médico sempre que começar a sentir sintomas que possam indicar um problema renal ou urinário, como:

  • Redução da quantidade de urina, sem motivo aparente
  • Dor ou ardência ao urinar
  • Cheiro forte na urina
  • Inchaço nas pernas
  • Dor na região baixa das costas.

Receitas com pimenta

Agora que vimos que a pimenta pode trazer benefícios para a saúde, vamos agora conhecer algumas formas de incluir a pimenta no seu dia a dia:

1. Geleia de pimenta

Ingredientes:

  • 4 pimentas dedo de moça
  • 1 tangerina
  • 1 limão
  • 1 pera
  • 120 ml de água
  • 130 g de adoçante em pó

Modo de preparo:

  • Esprema o limão e a tangerina
  • Depois pique a pera e as pimentas, lembrando de descartar as sementes
  • Então, misture tudo e acrescente a água e o adoçante
  • Por fim, cozinhe em fogo baixo até chegar ao ponto desejado.

2. Molho de pimenta fit

Molho de pimenta
Experimente fazer esse delicioso molho de pimenta caseiro e fit

Ingredientes:

  • 18 pimentas malaguetas
  • 6 pimentas jalapeño
  • 250 ml de vinagre
  • 250 ml e água
  • 240 ml de azeite
  • 1 cebola
  • 6 dentes de alho.

Modo de preparo:

  • Em uma panela, refogue o alho e a cebola no azeite
  • Depois, acrescente as pimentas, e deixe refogar por mais alguns minutos
  • Então, adicione a água e cozinhe até as pimentas ficarem macias
  • Após esfriar, transfira a mistura para o liquidificador, junto com o vinagre e o açúcar, e bata até virar um molho homogêneo.
Fontes e referências adicionais

Você já tinha ouvido falar que pimenta faz mal para os rins? Tem o costume de consumir pimenta em suas refeições diariamente? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (19 votos, média 4,21)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

Deixe um comentário

12 comentários em “Pimenta faz mal para os rins?”

  1. Quero saber se a pimenta comari é bom para os rins? Ou faz mau?

    Tenho o hábito de consumir a pimenta comari uma vez por dia.

    Um pouco do molho dela é pelos menos 3 Ou 4 pimentas.

    Responder
  2. Minha mãe tem cálculo rena,l e tem um Rin paralisado e o outro funciona 40% e fala que não pode colocar pimenta do reino nos alimentos.Mas eu acho que se for bem moderado pode usar,estamos na dúvida.

    Responder
  3. Meus rins está um pedregulho ?gosto muito de pimenta! Tenho um litro de pimenta em conserva no azeite, sera que faz mal? Pimenta de cheiro muito picante como duas vezes ao dia?

    Responder
  4. Eu como pimenta de cheiro e pimentão!! Amo consumir cru… faco suco detox misturado com uma fruta ou legume, coloco na comida como salada…Não sinto NADA de mal, pelo contrário me sinto mais FELIZ!!!

    Responder
  5. Faço uso diário de pimenta malagueta. Como 3 unidades frescas amassadas no prato junto com a comida.
    Pergunto: há algum mal em comer a pimenta com a semente e tudo?

    Responder
  6. Nao tenho problema de rins,mad estou perdendo proteina na uriina entao estou fazendo uma dieta pobre em vitaminas e proteina mas nao deixo decomer minha pimenta, porque e o que dar gosto na salada que como ja que feijao, arroz e macarrao e proibido. E como um pouco de farinha mesmo sabendo que nao posso.

    Responder
  7. Fiz nefrectomia radical do rim esquerdo, e após 6 meses o rim direito ainda está aquém de sua capacidade. Posso tomar suco de salsa, ou isso pode fazer mal?

    Responder
    • Por favor o meu rim esquerdo está atrofiado e com um cisto ..
      E o meu rim direito está crônico, o chá de salsinha é bom ?? E o chá de quebra pedras ?? Que beneficio vai trazer p / o meus rins ??? Há ? Faço usos de medicamentos . Controle de pressão , colesterol , coração, tirióides , diuréticos e vitamina D 3 .

      Responder