10 Dicas Para Obter Uma Barriga Chapada Rápido!

Especialista:
atualizado em 20/07/2020

Fugir do açúcar, não se esquecer de tomar água e fazer exercício abdominais e aeróbicos: conheça dicas para obter uma barriga chapada rápido!

Desfilar com uma barriga chapada é o sonho de muitas pessoas. Ser feliz com sua forma física pode oferecer segurança, autoestima e ainda influenciar diversos fatores pessoais, sabemos. Porém, até mesmo esportistas e pessoas fisicamente ativas podem se questionar sobre a demora pela evidência de resultados na luta para obter uma barriga chapada. Será que algo está sendo feito errado?

Ao mesmo tempo, quando admiramos um abdômen bem definido de quem efetivamente conseguiu conquistá-lo, é inevitável questionar quais métodos foram utilizados para contribuir para a conquista de tal resultado.

10 dicas para obter uma barriga chapada rápido!

1. Mais refeições, menores porções

Será preciso reduzir a ingestão de alimentos incompatíveis com os seus objetivos, logo, serão consumidos alimentos mais saudáveis a fim de reduzir o percentual de gordura. Estudos indicaram que a maior influência de consumo excessivo de calorias são os “pequenos lanchinhos” ou refeições intermediárias.

Pessoas se submeteram à análise por algumas semanas e foi apontado que aquelas que mantinham o hábito de abrir exceção para refeições fora de hora somavam a ingestão de em média 500 calorias diárias a mais. O ideal é focar em uma dieta balanceada e planejada com mais refeições com intervalos regulares, porém, porções menores. Se der vontade de fazer lanchinhos durante o dia, opte sempre pelos lanches saudáveis.

2. Gorduras certas = gorduras boas

Não é um erro comer alimentos com gordura, o erro está em comer os alimentos que possuem  gorduras ruins. Porém, não pense que isso é uma permissão para correr para o fast food mais próximo: você deve inserir pequenas e moderadas porções de gorduras boas, como as contidas em abacate, nozes e azeite de oliva, mas ficar longe de alimentos processados, que são ricos em gorduras trans.

3. Conte menos calorias, monte um prato colorido

Contabilizar as calorias diárias ajuda a controlar as porções consumidas, mas os valores calóricos não são tudo o que importa: a composição dos alimentos também é crucial. Para ajudar a ter uma barriga chapada, o ideal é que seu prato conte com alimentos variados, ou seja, carboidratos bons, proteínas magras, grãos integrais, frutas, legumes e verduras. Se você manter seu corpo bem nutrido, poderá garantir um bom desempenho nas atividades físicas, aprimorando seu condicionamento e queimando as gordurinhas indesejadas.

4. Fuja do açúcar

Elimine os doces e alimentos ricos em açúcar. Faça substituições, busque alternativas com zero açúcar ou troque por fontes de proteína magra, assim você se sentirá saciado e poderá controlar o desejo por doces. Não consuma bebidas gaseificadas e adocicadas, como refrigerantes, pois contam com alta concentração de açúcar. Conheça truques para abandonar o vício por doces e açúcar.

5. Vitamina C

Os eventuais momentos de estresse podem ser justificados por desequilíbrios referentes ao hormônio cortisol, que tem uma relação com o ganho de peso. A vitamina C pode auxiliar no equilíbrio desses possíveis picos de cortisol, ajudando a combater os efeitos colaterais negativos que oscilações do humor podem ter em relação ao tamanho da barriga – entenda como o estresse engorda.

A vitamina ainda é uma aliada para contribuir com a ação de carnitina, composto utilizado pelo corpo para transformar a gordura em combustível energético. Devemos destacar o kiwi, o pimentão e também a couve, que contam com maior concentração de vitamina C que a própria laranja.

6. Exercícios cardiorrespiratórios ou aeróbicos

Eles são fundamentais para que o metabolismo se mantenha ativo, queimando calorias, para que se consiga conseguir reduzir o percentual de gordura corporal e ter uma barriga chapada. Há diversas opções de exercícios para escolher, o ideal é que você alterne entre eles, para que seu corpo não se adapte, sempre evoluindo fisicamente. Caminhadas e corridas estão entre os principais exemplos desses exercícios.

7. Ingestão de fibras

Recomenda-se ter cuidado com o consumo de alimentos ricos em fibras, pois embora contribuam com a saciedade e funcionamento regular do intestino, eles causam inchaços devido a flatulências e gases. Evite alimentos que contribuam com a produção de gases, como brócolis, couve-flor, couve de Bruxelas, entre outros.

Mas isso não significa deixar de comer fibras, pois elas são importantes para a saúde e até o emagrecimento. Apenas não exagere no consumo do nutriente: tenha em mente que a orientação é que homens ingiram 38 gramas de fibras por dia e mulheres 25 gramas.

8. Beber água

Fundamental para todo o funcionamento equilibrado do organismo, a água pode beneficiar o funcionamento metabólico, poiando à queima calórica e facilitando a formação de uma barriga chapada. Entenda como a água emagrece.

Carregar consigo uma garrafinha de água pode ser uma iniciativa positiva para sempre se lembrar de hidratar seu corpo. Não se esqueça de se hidratar durante os exercícios físicos.

9. Alimentos termogênicos

Se os alimentos termogênicos favorecem o metabolismo, por que não adicioná-los ao seu cardápio?  Dentre eles, o chá verde é um dos mais comuns, mas quem gosta de chás também pode contar com saladas com gengibre ralado. A pimenta vermelha e a canela também podem ser reconhecidas como positivas por sua contribuição termogênica.

10. Exercícios abdominais

Há inúmeras contradições sobre a importância da prática de exercícios cardiorrespiratórios e abdominais para ter uma barriga chapada, mas sabe-se que os exercícios abdominais fortalecem os músculos da região abdominal, otimizando assim a da barriga chapada.

Vale ressaltar que não é necessário realizar abdominais todos os dias, incansavelmente, pois, assim como qualquer membro de seu corpo, o abdômen também necessita de descanso. O recomendado é fazer exercícios abdominais entre três a quatro vezes por semana, sempre respeitando seus limites condicionamento físico.

Você está em busca de uma barriga chapada atualmente? O que deve melhorar em sua alimentação e no seu plano de exercícios para conquistá-la? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (13 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário