6 Benefícios do Suco de Inhame – Para Que Serve, Como Fazer e Dicas

Especialista:
atualizado em 04/03/2020

Veja para que serve e quais são os benefícios do suco de inhame, que pode ser uma novidade para você, mas vale a pena saber como fazer para aproveitar suas propriedades.

Existem muitas receitas por aí em que o inhame pode ser usado. Além de substituir ingredientes pouco nutritivos, o inhame pode deixar as receitas mais saudáveis e menos calóricas. É o caso do brigadeiro de inhame fit e do pão de queijo de inhame fit, por exemplo.

Há muitas outras receitas com inhame light e deliciosas. No entanto, algumas pessoas acreditam que o suco de inhame cru faz mal, mas a verdade é que isso vai depender da variedade de inhame que você escolher para preparar a bebida.

Veja aqui como fazer e quais são os benefícios do suco de inhame para a sua dieta.

Inhame

O inhame é um tubérculo da família Dioscorea encontrado principalmente nas regiões da Ásia, África e do Caribe. Muitas vezes, ele é confundido com a batata doce, mas pode ser facilmente diferenciado pelo sabor menos doce. Outras características do inhame são:

  • Casca marrom ou levemente rosada, dependendo do tipo;
  • Polpa que pode ser branca, roxa, rosa ou amarela de acordo com a maturidade do tubérculo ou com o cozimento;
  • Sabor amargo, doce ou neutro dependendo da variedade;
  • Rico em amido;
  • Muito nutritivos e versáteis.

A versatilidade do inhame é tão grande que ele pode ser aproveitado em uma imensidão de receitas. O suco não é a única bebida que pode ser preparada com o tubérculo. Preparar um chá de inhame, por exemplo, é uma ótima maneira de aproveitar a casca do inhame, que não é usada no suco.

Para que serve

O suco de inhame é uma bebida altamente nutritiva e benéfica para a saúde. Rico em amido, ele é uma ótima fonte de carboidratos e de outros nutrientes importantes.

Além de ser saboroso e nutritivo, o inhame é usado há muito tempo na medicina alternativa para ajudar a tratar algumas condições de saúde como problemas digestivos e inflamações. Conheça a seguir quais são os principais benefícios do suco de inhame.

Benefícios do suco de inhame

1. Nutritivo

O inhame é rico em nutrientes como vitaminas, minerais e fibras dietéticas. Dados do United States Department of Agriculture (USDA) indicam que em uma porção de uma xícara de inhame cozido (cerca de 136 gramas), são encontrados:

  • 158 calorias;
  • 37 gramas de carboidratos;
  • 2 gramas de proteínas;
  • Zero gordura;
  • 5 gramas de fibras;
  • 18% do valor diário recomendado de vitamina C;
  • 9% do valor diário recomendado de vitamina B5;
  • 22% da recomendação diária de manganês;
  • 19% da recomendação diária de potássio;
  • 11% da recomendação diária de vitamina B1;
  • 6% da recomendação diária de magnésio;
  • 23% da recomendação diária de cobre;
  • 6% da recomendação diária de folato.

Micronutrientes como o potássio e o manganês são essenciais para a saúde cardiovascular, a saúde óssea e o metabolismo em geral. Já o cobre é indispensável para a produção de glóbulos vermelhos e para a absorção de ferro, enquanto que a vitamina C tem propriedades antioxidantes muito importantes para a imunidade.

2. Melhora a função cerebral

Uma pesquisa de 2017 da revista Nutrients mostrou que as pessoas que tomaram um suplemento contendo extrato de inhame durante 12 semanas obtiveram melhores resultados em um teste de função cerebral quando comparadas com o grupo de pessoas que usou um placebo.

Essa melhora na função cerebral pode estar relacionada com a presença de diosgenina no inhame, uma substância que estimula o crescimento dos neurônios e melhora a função cerebral.

Segundo outro estudo de 2011 do American Journal of Chinese Medicine, a diosgenina foi capaz de melhorar a memória e aumentar o aprendizado em ratos submetidos a testes em um labirinto.

Tais resultados sugerem que há benefícios do suco de inhame para a saúde do cérebro.

3. Alivia sintomas da menopausa

Um estudo com 24 mulheres na pós-menopausa publicado no Journal of the American College of Nutrition em 2005 mostrou que adotar uma dieta rica em inhame (390 gramas por dia) durante 30 dias resultou em um aumento nos níveis sanguíneos de estrona e estradiol – hormônios sexuais que geralmente decaem após a menopausa.

O aumento desses hormônios ajuda a aliviar a maioria dos sintomas da menopausa, apesar da necessidade de pesquisas adicionais sobre o tema para comprovar esse benefício.

Saiba como uma dieta rica em antioxidantes pode diminuir sintomas da menopausa.

4. Combate ao câncer

As propriedades antioxidantes do suco de inhame podem ser muito boas para ajudar a tratar o câncer. Estudos publicados em 2012 e em 2014 no periódico científico Preventive Nutrition and Food Science conduzidos em animais que seguiam uma dieta rica em inhame atestaram uma redução significativa em um tumor no cólon.

Os pesquisadores acreditam que esse efeito tem relação com o teor antioxidante do inhame que protege o organismo contra danos celulares que levam ao câncer.

Uma outra pesquisa de 2016 publicada no Journal of Food Science e feita em laboratório indica que extratos de inhame obtidos a partir da casca e de outras partes do tubérculo podem inibir o crescimento de tumores no fígado além de oferecer propriedades antioxidantes.

É preciso que estudos em humanos sejam realizados para confirmar os benefícios do suco de inhame para a prevenção e tratamento de alguns tipos de câncer.

5. Reduz a inflamação

A inflamação crônica está relacionada a um risco elevado de desenvolver condições de saúde como diabetes, obesidade e doenças cardíacas.

Estudos como os das revistas científicas Diabetes Metabolism Research and Review de 2016 e PLoS One de 2014 indicam que o consumo de alimentos anti-inflamatórios como o inhame ajudam a controlar a inflamação crônica graças às suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Outro estudo do mesmo ano publicado na revista Critical Reviews in Biochemistry and Molecular Biology mostra que a presença de saponina na casca do inhame pode ajudar no combate à inflamação.

Ainda faltam pesquisas mais conclusivas envolvendo seres humanos, mas são vários os estudos – como o publicado no periódico Food & Function em 2017 – feitos em ratos que mostraram que o pó de inhame foi capaz de diminuir a inflamação associadas a doenças como as úlceras estomacais, o câncer de cólon e a síndrome do intestino irritável.

6. Controla a glicose no sangue

Uma pesquisa feita em animais publicada em 2015 na revista Nutrients mostra que os ratos que ingeriram pó ou extrato de inhame apresentaram níveis mais baixos de açúcar no sangue em jejum quando comparados com outros grupos de animais que não consumiram inhame.

Foi demostrado em outra pesquisa de 2013 do British Journal of Medicine & Medical Research que os ratos que consumiram maiores quantidades de um extrato de inhame roxo apresentaram redução no apetite, maior perda de peso e melhor controle da glicose sanguínea.

Mais um estudo conduzido em ratos atestou que o consumo de farinha de inhame resultou em uma menor taxa de absorção de açúcar no sangue. Segundo o estudo do Journal of Food and Nutrition Research de 2016, o amido e as fibras encontradas no inhame passam pelo intestino e não são digeridos.

Esse tipo de nutriente é um claro exemplo de prebióticos que são usados como alimento e fonte de energia para as bactérias intestinais. Como a digestão não é feita pelo estômago, os efeitos observados são a redução do apetite, a sensação de saciedade e o controle dos níveis de açúcar.

Outros benefícios do suco de inhame

Há vários outros possíveis benefícios do suco de inhame, mas não existem muitas evidências científicas que os comprovem. Alguns deles podem ser:

– Melhora a digestão

Segundo estudo de 2019 do periódico Food & Function, o amido resistente encontrado em diversos tipos de inhame aumenta a quantidade de enzimas digestivas que ajudam a quebrar os alimentos e eleva também o número de bactérias saudáveis no intestino. Tudo isso contribui para uma boa saúde digestiva.

– Ajuda na perda de peso

Uma pesquisa já mencionada anteriormente conduzida em animais e publicada em 2013 no British Journal of Medical Research sugere que o controle da glicemia promovido pelo inhame somado ao teor de fibras do tubérculo pode ajudar na perda de peso. Uma dessas fibras é o glucomanan, que está na lista de remédios naturais mais usados para emagrecer.

– Melhora o colesterol

Em uma publicação de 2005 do Journal of American College of Nutrition, foi constatado que as mulheres que consumiram 390 gramas de inhame diariamente durante 30 dias observaram uma redução de 6% nos níveis de colesterol no sangue.

– Tem efeito antimicrobiano

Não se sabe o mecanismo de ação por trás desse benefício, mas segundo dados publicados em 2012 no BMC Complementary and Alternative Medicine, o extrato de inhame pode proteger o corpo contra determinadas bactérias resistentes a medicamentos.

Como fazer

Se você está pensando até agora como fazer um suco de inhame, veja essa receita que é bem simples e fica uma delícia.

Ingredientes:

  • 1 xícara de inhame cru sem casca;
  • Suco de ½ limão;
  • 500,0 mL de água filtrada ou de leite.

Modo de preparo:

O inhame deve ser descascado e cortado em cubos pequenos. Dependendo do tamanho do inhame que você tiver, apenas um será suficiente para o suco. Coloque os cubos de inhame cru no liquidificador e adicione água e suco de limão. Bata todos os ingredientes juntos até que a mistura fique bem homogênea. Se necessário, coe a bebida e adoce ao seu gosto.

Observações:

  • A água pode ser trocada por leite se você preferir;
  • Para deixar seu suco doce sem adição de açúcar, bata também uma maçã junto com os outros ingredientes;
  • O inhame pode ser cozido antes de preparar o suco para que ele fique mais macio, mas se seu liquidificador ou processador for potente, você pode usá-lo cru;
  • Existe um tipo de inhame (pequeno, amargo e cheio de pelinhos na casca) que nunca deve ser consumido cru por conter toxinas que o corpo não consegue eliminar. Se ficar na dúvida de qual tipo de inhame você tem em casa, é melhor cozinha-lo antes de preparar o suco.

Dicas de consumo

Devido à alta versatilidade do inhame, além do suco, é possível usá-lo de diversas outras maneiras. Algumas sugestões incluem:

  • Inhame frito: o inhame frito pode ser feito com ou sem casca, bastando cortar o tubérculo em fatias, temperar a seu gosto e fritar.
  • Inhame assado: o inhame assado também pode ser feito com ou sem casca. Após temperar como preferir, é só colocar os tubérculos no forno até que eles fiquem macios.
  • Purê de inhame: o inhame deve ser cozido em água até ficar bem macio. Em seguida, coloque o inhame cozido no liquidificador com um pouco da própria água usada no cozimento, bata bem e tempere o purê de acordo com seu paladar.

Aproveite para aprender várias formas de preparar um purê de inhame light. Veja também algumas receitas de chips de inhame assado e de bolinhos de inhame assados que são deliciosas e saudáveis.

Até quem não gosta de inhame consegue tomar o seu suco com facilidade, já que é muito fácil mascarar o sabor do tubérculo adicionando outros ingredientes como a maçã ou outra fruta.

Agora não há mais desculpas para não adicionar o inhame na sua dieta. Desde que você tenha o cuidado de não ingerir o inhame amargo cru, o tubérculo é seguro e existem muitos benefícios do suco de inhame para a saúde.

Fontes e Referências adicionais:

O que você achou dos benefícios do suco de inhame que separamos acima? Pretende incluir essa bebida no seu dia a dia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário