Como fazer Chá de Canela – Receita e dicas

Especialista:
atualizado em 22/03/2021

O uso da canela na culinária e na preparação de chás é bastante comum em diversos países, tanto pelo sabor da especiaria, quanto pelos benefícios que ela pode trazer para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Essa especiaria, feita a partir da casca interna da árvore da espécie Cinnamomum, vem sendo estudada há décadas, e tem demonstrados efeitos medicinais importantes.

Por isso, iremos agora conhecer um pouco mais sobre esta especiaria, além de aprender a preparar diferentes receitas de chá de canela.

Benefícios do chá de canela

A canela pode ser usada tanto no preparo de chás quanto no de alimentos, principalmente doces.

Além disso, ela é facilmente encontrada em mercados e lojas de produtos naturais, na forma de pó ou de pau de canela.

Então, a seguir, vamos conhecer com mais detalhes quais os benefícios que a canela pode trazer para a saúde e a boa forma.

1. Tem efeito antioxidante

A canela é conhecida por seu poderoso efeito antioxidante, e por isso ela pode contribuir para o combate aos danos causados pelo estresse oxidativo e para a prevenção de uma série de problemas de saúde, como:

  • Inflamações: Os antioxidantes presentes na canela contribuem para um maior controle do sistema imunológico, ajudando a prevenir e mesmo a tratar doenças inflamatórias e autoimunes;
  • Problemas cardíacos: O efeito antioxidante e anti-inflamatório da canela ajuda a combater o acúmulo de placas gordurosas nas artérias, além de contribuir para a diminuição da pressão arterial;
  • Envelhecimento precoce da pele: A proteção da pele é um dos efeitos mais visíveis dos antioxidantes, uma vez que ela é o maior órgão do corpo e está exposta à radiação solar e à poluição;
  • Alguns tipos de câncer: Os radicais livres podem causar mutações no DNA das células, aumentando assim o risco de desenvolvimento de câncer. Assim, o consumo de alimentos ricos em antioxidantes pode ajudar a prevenir o problema.

2. Ajuda a emagrecer

O chá de canela pode contribuir para a perda de peso, através de alguns efeitos menores, como:

  • Controle da glicemia, que ajuda a evitar os picos de insulina, responsáveis pelo aumento do acúmulo de gordura e do apetite;
  • Aceleração do metabolismo, que ajuda o corpo a queimar os estoques de gordura;
  • Aumento da sensação de saciedade, que leva à redução da ingestão de calorias.

3. Pode ajudar quem sofre de diabetes

Os efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios da canela podem ser úteis no tratamento e na prevenção da diabetes tipo 2.

Isso acontece porque há uma melhora na sensibilidade das células à insulina, o que leva a uma redução dos níveis de açúcar no sangue.

  Continua Depois da Publicidade  

4. Pode ajudar a prevenir doenças neurodegenerativas

As doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer e o Parkinson, sofrem bastante influência do acúmulo de radicais livres, que pode ser amenizado pelo consumo de antioxidantes.

Além disso, a canela pode ajudar a reduzir a neuroinflamação, que também é uma das características principais dessas doenças.

Mas os estudos nessa área ainda estão no início, embora os resultados sejam animadores.

5. Melhora os sintomas associados à menstruação

Por fim, um estudo realizado por pesquisadores iranianos demonstrou que o uso da canela pode ajudar no combate aos sintomas associados à da dismenorreia, como:

  • Cólicas;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Sangramento excessivo.

Assim, o uso do chá de canela pode ser uma forma de tratamento natural para amenizar esses sintomas.

Como preparar o chá de canela

O chá pode ser preparado a partir da canela em pau quando do pó, e as duas formas são benéficas para a saúde.

Além disso, a especiaria pode ser associada a outros ingredientes, como veremos a seguir:

1. Receita de chá de canela com maçã

chá de canela com maçã

Ingredientes:

  Continua Depois da Publicidade  

  • 500 ml de água;
  • Uma colher de chá de canela em pó;
  • Casca de quatro maçãs (preferencialmente vermelhas).

Modo de preparo:

  1. Em uma panela, aqueça a água, a canela e as cascas de maçã;
  2. Então, deixe ferver por cerca de 5 minutos;
  3. Depois, coe e sirva ainda quente.

2. Chá de canela com gengibre

Ingredientes:

  • 500 ml de água;
  • Gengibre ralado (cerca de 5 cm);
  • Uma colher de chá de canela em pó.

Modo de preparo:

  1. Aqueça a água e, quando iniciar a fervura, acrescente os demais ingredientes;
  2. Em seguida, deixe ferver por cerca de 5 minutos;
  3. Após esse tempo, coe e sirva.

3. Chá de canela emagrecedor

chá de canela com cravo

Ingredientes:

  • 1 porção de canela em pau;
  • 500 ml de água;
  • Gengibre ralado (cerca de 5 cm);
  • 10 cravos.

Modo de preparo:

  1. Aqueça a água e, quando começar a ferver, adicione a canela o gengibre e os cravos;
  2. Então, deixe ferver por cerca de 5 minutos e sirva.

4. Chá de canela emagrecedor com limão e maçã

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • Casca de limão ralada;
  • Gengibre ralado (cerca de 5 cm);
  • 3 sachês de chá vermelho ou chá branco;
  • Porção de 3 paus de canela;
  • Casca ralada de 2 maçãs.

Modo de preparo

  1. Em uma panela, aqueça a água, a casca de limão, maçã e a canela;
  2. Então, deixe ferver por cerca de 8 minutos;
  3. Em seguida, apague o fogo e adicione o chá escolhido;
  4. Por fim, deixe em infusão por mais 10 minutos e sirva.

5. Chá de canela com gengibre e limão

Chá de gengibre com canela

Ingredientes:

  • Gengibre ralado (cerca de 5 cm);
  • 1 litro de água;
  • 3 paus de canela;
  • 2 colheres de sopa de mel ou de açúcar mascavo;
  • Raspas de limão.

Modo de preparo:

  1. Em uma panela, deixe o gengibre e a canela ferverem junto com a água, por cerca de 10 minutos;
  2. Após esse tempo, desligue o fogo, adicione as raspas de limão e adoce.

Dicas e cuidados

Como não existem estudos sobre o uso de canela por crianças pequenas e mulheres grávidas ou que estejam amamentando, o uso do chá da especiaria não é recomendado para esses grupos de pessoas.

Além disso, é importante evitar usar a canela de forma exagerada, seja em como chá ou em outras receitas. Isso acontece porque o tempero, quando consumido em grandes quantidades, pode causar sintomas como:

  • Desconforto gástrico;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Aumento da frequência cardíaca.

Veja a opinião da nutricionista Patricia Leite sobre a canela no vídeo abaixo.

Fontes e referências adicionais

Qual receita destas acima você preferiu? Já experimentou fazer chá de canela caseiro? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (76 votos, média: 3,86 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

5 comentários em “Como fazer Chá de Canela – Receita e dicas”

  1. Boa noite, eu fiz tdo certinho fervi a água e coloco a canela, mas no final a água praticamente não muda de cor e nem de gosto, parece que não esta pronto! Alguma dica porfavor? Será que estou usando a canela errada? Será q coloco mais?
    (Estou usando para obter efeitos termogênicos pra dar uma secada junto a exercicios)

    • eu tive esse problema também!! não sabia se a canela que eu tava usando tava errada e etc, mas descobri que tem que deixar ferver com a água borbulhando e tal pelo menos uns 5min que dá certo! usei canela em casca da kitano

  2. Extraído do texto: “Dentre as dicas, vale destacar que o chá de canela pode oferecer efeito hemorrágico e abortivo, por isso, mulheres grávidas devem ter cuidado e evitar o consumo da bebida.”

    Pergunta: Para quem já teve mini AVC seria contraindicado, por seu possível efeito hemorrágico?