Benefícios da Castanha do Pará – Para Que Serve e Como Usar!

Especialista:
atualizado em 11/07/2020

Boa para a saúde do coração, para a saúde dos ossos e do cérebro: conheça os benefícios da castanha-do-pará e saiba como usar!

Conhecidas em outros países como castanhas do Brasil, castanhas-do-pará são as sementes da castanheira do Pará (Bertholettia excelsa, família Lecythidaceae), uma árvore típica da floresta Amazônica. Em 100 gramas de castanhas-do-pará, há 656 calorias.

As sementes têm um elevado teor de gorduras (66 gramas), mas boa parte são gorduras boas (38% de gordura monoinsaturada e 32% de poli-insaturada). Com relação aos teores de carboidratos e proteínas, em 100 gramas encontramos 12 e 14 gramas, respectivamente.

A castanha-do-pará é a principal fonte alimentar de selênio: em 100 gramas há 1917 microgramas (mcg) do mineral, o que representa 3485% das nossas necessidades diárias e contêm quantidades significativas de magnésio, fósforo, manganês, vitaminas do complexo B (especialmente a tiamina ou vitamina B1), zinco, vitamina E e fibras. Elas apresentam ainda, cálcio, potássio e ferro em sua composição.

Para que serve a castanha-do-pará?

Estudos, análises e especialistas têm apontado quais são os benefícios da castanha-do-pará. Descubra para que serve a oleaginosa:

  • Saúde do coração;
  • Auxílio à prevenção do câncer;
  • Auxílio ao controle do peso;
  • Auxílio à construção muscular;
  • Saúde dos ossos;
  • Saúde cerebral;
  • Saúde digestiva.

Benefícios da castanha-do-pará: saiba como usar!

As sementes podem ser consumidas in natura, torradas ou usadas como ingrediente de pratos doces e salgados. A partir delas ainda pode ser extraído um óleo, utilizado na produção de tintas e cosméticos.

Você sabia que também dá para fazer leite vegetal de castanha-do-pará? Existem ainda receitas como o strogonoff light de nozes e receitas de brigadeiro funcional que podem levar as castanhas-do-pará. Não deixe de experimentar!

Cuidados

Embora saudável, a oleaginosa exige os seguintes cuidados:

  • Contraindicações: Alérgicos a nozes não podem consumir a castanha-do-pará;
  • Rádio: As castanhas-do-pará podem apresentar pequenas quantidades de rádio, um elemento radioativo, que é captado pelas extensas raízes da castanheira. Embora o teor de rádio das castanhas possa ser superior do que as concentrações do mesmo em outros alimentos, acredita-se que boa parte dele não seja absorvido pelo organismo;
  • Aflatoxinas: Devido às condições de umidade, secagem e armazenamento, as castanhas-do-pará produzidas no Brasil estão sujeitas a uma contaminação por aflatoxinas, substâncias cancerígenas produzidas por fungos do gênero Aspergillus. No Brasil a quantidade máxima de aflatoxina permitida é de 10 partes por bilhão, na Europa tolera-se até quatro partes por bilhão (e dependendo do país e do tipo de aflatoxina o limite é ainda menor) e a União Europeia restringiu a importação das sementes brasileiras. Estudos indicam que a aplicação de práticas que otimizem o processo produtivo, desde a redução do tempo armazenagem até o beneficiamento, diminuem a quantidade de aflatoxinas nas castanhas;
  • Evite o consumo exagerado: Para adultos, recomenda-se uma ingestão diária de 55 mcg de selênio, sendo 400 microgramas o limite máxima. Isto significa que a ingestão de apenas uma castanha por dia é o suficiente para suprir as necessidades. O excesso de selênio é tóxico e pode causar fadiga, queda capilar, unhas quebradiças, erupções na pele, náuseas e vômitos. Outro motivo para ingerir a oleaginosa com moderação é que ela é calórica, ou seja, o exagero nas porções atrapalha o controle do peso;
  • Nada de sal: Os benefícios da castanha-do-pará são mais evidentes se você as consumir sem sal.

Quer saber mais sobre os benefícios da castanha-do-pará? Assista ao vídeo da nossa nutricionista e descubra como a oleaginosa pode ter efeitos positivos para sua saúde e seu bem-estar:

Gostou das dicas?

O que achou dos benefícios da castanha do pará? Agora que sabe para que serve e conhece suas propriedades, irá incluí-la mais no seu cardápio? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (290 votos, média: 4,19 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

68 comentários em “Benefícios da Castanha do Pará – Para Que Serve e Como Usar!”

  1. Maravilhosa informação já faço uso a pouco tempo se eu soubesse que era tão boa estaria usando a mais tempo nunca é tarde obrigada pelas informações.

    • Eu já estou fazendo o uso da castanha…estou me sentindo muito bem! Com esse vídeo fiquei melhor informada.,?

  2. Olá! Eu gostaria de saber, se é o suficiente uma castanha por dia para ganho de massa muscular, desde há eu agradeço e Aguardo a sua resposta obrigado!!

  3. Se para um adulto a recomendação é comer apenas uma ao dia , para crianças seria a metade?

  4. Boa tarde eu amém pós sou diabético ela diminuiu muito como um colesterol milha relação sexual

  5. Sim eu pretendo consumir diariamente está semente par melhorar minha saúde e perder peso creio que vai ajudar muito.

  6. Eu já vinha consumindo mais ainda não sábia desses benefícios agora eu vou continuar consumindo com certeza

  7. Realmente a castanha do Para é excelente, só que a nossa castanha tem muito mais de 10 partes por bilhão de aflatoxin a que é altamente cancerigena, como todo alimento no Brasil infelizmente não temos fiscalização. Obs, comprei e minha filha bioquimica analisou no laboratório onde trabalha.

    • Sr. Decio Campos. Os resultados desta análise foram divulgados pelo senhor em algum site ? Caso contrário, seria de suma importância o senhor prestar um serviço a sociedade divulgando estes resultados para conhecimento de todos nós consumidores.

  8. Muito bom as informações! Agora fiquei preocupado! Porque nesses últimos quinze dias consumi bem umas cem castanhas! Só de ontem para hoje umas trintas! Ela é muito gostosa! Em Umuarama estava custando r$29,90 e aqui na minha cidade somente r$19,90 o kilo. E ontem comprei quase um kilo e meio, descasquei todas e quardei na geladeira. Na medida q fui descascando as quebradas fui comendo… Kkkkk

  9. Diante de tantos e incríveis benefícios, ajudar a emagrecer é apenas um detalhe do que a castanha do pará pode oferecer para melhorar a qualidade de vida de qqer pessoa. Só pelo fato de praticamente evitar o Alzheimer por manter os níveis adequados de selênio, já valeria a pena consumi-la. O preço disparou nos últimos meses pq ao contrário do que é citado na matéria, o produto teve um boom nas exportações e ficou escasso no mercado interno. Compro na zona cerealista em Sampa e mês passado paguei R$65,00/kg a castanha média (consumo 2 dessas por dia). Sempre comprei as mais graúdas que consumia apenas 1 unidade dia, mas o kg estava quase R$92,00 !! Há 3 meses atrás estava R$110,00 ! Isso é um absurdo pq custava na faixa de R$ 55,00/kg a mais graúda em junho do ano passado !

    • Realmente o preço está muito salgado mesmo, mais aconselho realmente a comerem pelo menos 2 por dia, segundo estudos americanos, os benefícios são incalculáveis, e se gasta com ela agora, mais economiza com medicamentos absurdos e sem garantias no futuro. A questão é saúde, não pensem no emagrecimento como meta, mais sim como longevidade saudável. Consumo 4 por dia, não só pela saúde, mais porque é muito gostosa mesmo.
      Abraço a todos e vamos compartilhar boas dicas, para que tenhamos sempre uma saúde melhor.
      Abraço.:

  10. Meus amigos nós sabemos que uma alimentação bem balanceada nos trás grandes e valiosos benefícios, nada em excesso faz bem a saúde, nem mesmo o exercício físico, muitos são os viciados em exercícios e acham que eles resolvem tudo.
    Em primeiro lugar tenham um momento para reflexão diária, para que sua mente se torne sadia, a partir dai começará a ver suas necessidades principais aflorarem e então por etapa vá direcionando sua vida rumo ao saudável.
    Verão que uma mente sadia pode proporcionar todo o resto que desejam. Disciplina é a receita.