5 tipos de leite sem lactose – Benefícios, diferenças e como usar

Especialista:
atualizado em 15/11/2020

Está cada vez maior a procura por opções de alimentos sem lactose, principalmente por quem tem algum tipo de alergia à proteína leite ou intolerância a lactose, além de pessoas vegetarianas e veganas.

E por isso já é possível encontrar nos supermercados algumas opções de leite sem lactose e leites de origem vegetal.

Alguns tipos de leite zero lactose são muito benéficos para a saúde, principalmente quando feitos de forma natural e com produtos orgânicos. Além disso, a maioria destes leites é bem menos gorduroso do que o leite de vaca, e consumir menos gordura traz diversos benefícios à nossa saúde.

Vamos conhecer os melhores tipos de leite sem lactose, quais são as diferenças entre eles e quais são os seus benefícios, tanto para quem tem intolerância à lactose como para quem quer investir em uma alimentação mais saudável.

O que é a intolerância a lactose?

intolerância à lactose

A intolerância a lactose é um problema causado pela pouca produção de uma enzima chamada lactase, responsável por digerir o açúcar do leite, a lactose.

Se o seu organismo conta com pouco ou quase nada dessa enzima, seu sistema digestivo será incapaz de quebrar as moléculas da lactose e a sua digestão será muito prejudicada.

Quando a lactose não digerida passa pelo intestino grosso, ela pode causar alguns sintomas indesejados, como.

  • Inchaço;
  • Dores abdominais;
  • Cólicas;
  • Gases;
  • Diarreia;
  • Vômitos.

Existem níveis diferentes de intolerância a lactose. Algumas pessoas não podem consumir nenhum tipo de derivado do leite, enquanto outras conseguem lidar melhor com pequenas quantidades desses alimentos.

Benefícios de tomar leite sem lactose

  • Coração mais saudável: Por terem uma quantidade menor de gordura, os leites vegetais tendem a ajudar na redução do colesterol e do triglicérides, o que poderia reduzir os riscos de desenvolvimento de doenças cardíacas.
  • Pele mais saudável: A presença de vitamina A e C, comum em leites vegetais, são muito benéficas também para a saúde da pele, pois ambas auxiliam tanto na sua regeneração, quanto na produção de colágeno. Assim, elas ajudam a manter a pele mais bonita e a evitar os sinais de envelhecimento.

Tipos de leite sem lactose

leite de soja

1. Leite comum sem lactose

Este é o único leite sem lactose não vegano, já que se trata do leite normal de vaca sem a presença da lactose. Ele tem os mesmos nutrientes do leite de vaca convencional. A única diferença na composição é a falta da lactose.

2. Leite de amêndoas

A textura do leite de amêndoas é a mais parecida com a do leite de vaca, apesar de sua coloração ser um pouco diferente.

Além disso, ele é pouco calórico, o que o torna ideal para quem quer perder peso. O único ponto negativo é que este leite contém pouca proteína, apenas 1 grama por porção. Veja se leite de amêndoas emagrece?

3. Leite de arroz

O leite de arroz é feito a partir dos grãos processador do arroz, e pode ser encontrado em sua versão neutra ou saborizada, normalmente de baunilha ou chocolate. Pode-se usar tanto o arroz branco como o integral para preparar este leite. Veja mais sobre o leite de arroz – benefícios, como fazer, receita e dicas.

4. Leite de soja

Este é provavelmente o leite sem lactose mais conhecido, e o mais fácil de encontrar em supermercados. Ele pode ser usado em diferentes receitas, e o fato de ser, entre os leites vegetais, o mais barato, o torna uma boa opção para quem quer substituir o leite de vaca.

5. Leite de coco

O leite de coco para consumo puro, em substituição ao leite de origem animal, é mais difícil de ser encontrado que os outros leites vegetais, normalmente apenas em lojas especializadas.

É uma boa opção para quem quer reduzir ou eliminar a lactose da dieta, principalmente por seu sabor agradável. Mas é importante lembrar que o leite de coco para substituição do leite animal não é o leite “de garrafinha”, comumente usado em receitas.

Além disso, contém triglicerídeos de cadeia média, um tipo de gordura que pode ajudar a acelerar o metabolismo, contribuindo com a perda de peso. Entenda se o leite de coco engorda ou emagrece.

Receitas

O leite sem lactose pode ser usado no lugar do leite de vaca comum para o consumo habitual ou em receitas mais elaboradas.

Aprenda como fazer brigadeiro fit com leite de coco, por exemplo, e também algumas receitas com leite de soja e receitas de creme de leite de soja interessantes .

Uma boa notícia é que você pode preparar um leite sem lactose em casa. Aprenda como fazer:

Dicas

Os leites de origem vegetal são ótimos para a saúde, mas algumas dicas são valiosas, para aproveitá-los ao máximo:

  • Sempre que possível, dê preferência a leites feitos de forma artesanal. Além de sair mais barato prepará-los em casa, você evita a adição de conservantes;
  • Por não terem conservantes, os leites caseiros devem ser armazenados em geladeira, e consumidos em no máximo 4 dias;
  • Nem todos os leites ficam bons quando usados em receitas. É importante conhecer as características de cada um, para evitar o desperdício.

Você já experimentou algum destes tipos de leite sem lactose? O que acha de aproveitar os benefícios deles? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (45 votos, média: 4,09 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Marcela Gottschald

Dra. Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva.

Deixe um comentário

12 comentários em “5 tipos de leite sem lactose – Benefícios, diferenças e como usar”

  1. Começei a tomar hoje o zero lactose normal e não estou me sentindo mal até agora. Quando tomava o integral, eu virava uma bomba de gases e o desnatado, tomava mas chegava no meio do copo já tinha que ir ao banheiro. Gosto de um mingau, mas quando fazia com o desnatado, chegava no meio do prato, me dava um desconforto, só comia para não jogar fora. Agora fiz o mesmo mingau com o zero e comi o prato inteiro sem nenhum incômodo. Obrigada a quem inventou o leite sem lactose.

  2. Eu, deixei o leite desnatado e passei para o leite zero lactose. Só o ano passado fui diagnosticada mais de 10 vezes com virose, e fiquei internada por 2 vezes, este ano desde de janeiro mudei minha alimentação, e agora tomo leite zero lactose.
    Não tive mais problemas de dores abdominais, nem vômitos e este ano não precisei ir nenhuma vez para o hospital com diagnostico de virose.
    Estou muito feliz.

  3. Gostaria de saber se leite ou outros produtos enzimados fazem mal a saúde sendo consumidos todos os dias,posso tomar o leite de vaca zero llactose todos os dias ou não é aconselhado porque com o tempo meu organismo pode acostumar e não tolerar mais.

  4. Comecei a fazer uso de leite comum com zero lactose devido a uma crise de diverticulite e achei que funcionou pra mim pois não tive mais problemas de gases….

  5. Me mostra qual comprovante científico que diz que transgênicos fazem mal a saude humana??? Isso não passa de uma falácia da mídia orgânica e de quem nao entende nada de plantas, muito menos de transgênia!! E inclusive não existe nada que comprova o mal aos humanos!!

    • Se não faz mal pelo consumo de alimentos transgênicos, por que então é feito anúncios nos rótulos de tais produtos em geral, que dizem: Este produto contem semente transgênica.

      Caixa preta ninguém avisa, só depois do acidente.

    • Será que não éo tipo de leite? Por exemplo: o leite de aveia pode servir para uma pessoa mas fazer mal para a outra. Tem que encontrar o leite que se ajuste bem a você.
      Obs:. Não me leve tão a sério, isso estou apenas opinando, mas também tenho dúvida disso.
      Qualquer dúvida fale com o nutricionista.