Home » Dieta » Alimentos Para Dieta » Leite de Soja – Benefícios e Malefícios
Leite de soja

Leite de Soja – Benefícios e Malefícios

Os motivos para tomar o leite de soja são os mais diversos. Algumas pessoas são intolerantes à lactose, então o bebem como um substituto do leite de vaca, outras preferem porque estão preocupadas com a saúde, e entendem que o leite de soja é uma opção com baixo teor de gordura e pode ser saudável para o coração.

  Continua Depois da Publicidade  

Já os veganos fazem essa opção porque não querem beber um leite de origem animal. Além disso, ele geralmente tem uma vida útil mais longa do que o leite de vaca, e alguns tipos de embalagem de leite de soja permitem o armazenamento à temperatura ambiente por meses, o que ajuda a eliminar o desperdício.

O leite de soja também tem uma série de vantagens nutricionais, porém algumas variedades são carregadas com açúcar e baixas em alguns nutrientes, o que pode representar um risco para a saúde.

Você também prefere beber leite de soja? Sabe quais são seus benefícios e malefícios desse alimento? Vamos entender melhor alguns aspectos do leite de soja e descobrir se ele pode contribuir ou não com a saúde.

Informações gerais sobre o leite de soja

Como o próprio nome sugere, o leite de soja é produzido a partir da soja, que é uma leguminosa e a base para a fabricação de muitos alimentos para consumo regular na dieta. Comumente, os produtos à base de soja substituem a carne e por isso são populares entre os vegetarianos e veganos, devido ao alto teor de proteína. Entre os mais populares, está o leite de soja, que muitos afirmam que o uso começou na China no ano de 82 d.C.

  Continua Depois da Publicidade  

Atualmente, o leite de soja é considerado um produto comum e consumido no mundo todo, sendo facilmente encontrado nas prateleiras dos supermercados, e com o custo-benefício da soja e sua crescente popularidade em dietas, estudos foram retomados para analisar mais profundamente esse alimento, o que nos proporciona mais conhecimento sobre as suas vantagens e desvantagens.

Valor nutricional do leite de soja

O leite de soja não fortificado original é uma boa fonte de energia, proteína, açúcar, fibra dietética e gordura. Entre os minerais, estão presentes o cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, sódio e zinco. Várias vitaminas, como folato, tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B6, vitamina B12, vitamina D, vitamina E e vitamina K também estão presentes, além de ácidos graxos saturados, monoinsaturados e poli-insaturados.

O valor nutricional do leite de soja pode variar, e ainda que o teor de proteína seja semelhante ao do leite de vaca, outros nutrientes podem ser inferiores. Por isso, a “fortificação” de vitaminas e minerais é uma prática comum entre os fabricantes do leite de soja.

Principais benefícios

Os benefícios do leite de soja para a saúde envolvem a redução do risco de colesterol, câncer e obesidade, ajuda na melhoria da saúde cardiovascular e na redução do risco de muitos problemas na menopausa.

A proteína e seu conteúdo vitamínico o tornam um suplemento benéfico para uma dieta vegetariana. Veja mais detalhadamente os benefícios:

1. Melhora a saúde do coração

  Continua Depois da Publicidade  

A soja é conhecida como um produto que ajuda a prevenir doenças cardíacas. O teor de aminoácidos e as isoflavonas da proteína de soja ajudam a diminuir o colesterol LDL, considerado “ruim”. Além disso, os altos níveis de gorduras poli-insaturadas, vitaminas, fibras e minerais e gorduras saturadas baixas também ajudam a manter o coração saudável.

Estudos evidenciaram que o consumo de isoflavonas de soja ajudou a reduz os níveis séricos de colesterol ruim em homens idosos. Já para os diabéticos do tipo 2, a ingestão de leite de soja está associada à pressão arterial normal.

Manter uma dieta com leite de soja é uma maneira eficaz de melhorar a saúde cardiovascular.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Reduz a pressão arterial e cura a hipertensão

O consumo regular de leite de soja pode estimular a excreção urinária de um determinado flavonoide, e isso ajuda a reduzir a hipertensão através do controle da pressão arterial sistólica e diastólica.

Também contém polifenóis que aumentam a biodisponibilidade do óxido nítrico, influenciando os níveis pressóricos. Além disso, o melhor controle da pressão arterial proporcionado pelo leite de soja também ajuda os diabéticos que enfrentam problemas renais.

3. Ajuda a tratar o diabetes tipo 2

Os diabéticos precisam estar atentos à sua alimentação para gerenciar os níveis de açúcar no sangue. O leite de soja é um alimento que pode contribuir com a saúde do diabético porque contém um alto teor de cálcio e baixo teor de gordura, o que ajuda a baixar o colesterol e prevenir problemas cardiovasculares, comuns na diabetes. Porém, é preciso controlar a sua ingestão, pois o excesso de proteínas e carboidratos pode atrapalhar o plano de dieta e sabemos o quanto esse controle é essencial nessa condição.

4. Ajuda a controlar a obesidade

A fibra presente no leite de soja tem um efeito expressivo no índice de massa e no peso, o que é benéfico no tratamento da obesidade. Quando o leite de soja é associado a uma alimentação equilibrada e pobre em gorduras, as proteínas de soja reduzem o peso, mas retêm a massa muscular em indivíduos obesos.

Nesse contexto, as isoflavonas ajudam a reduzir a circunferência da cintura em pessoas obesas e com excesso de peso e seus efeitos hormonais trabalham para inibir a adipogênese, o que causa uma redução do aumento do tecido adiposo.

5. Alivia sintomas da menopausa

Geralmente, quando a menopausa chega, ela vem acompanhada de uma série de sintomas desconfortáveis. Nessa fase, algumas mulheres fazem tratamento para reposição hormonal com a ajuda de hormônios sintéticos e outras procuram alternativas naturais, como o leite de soja.

Alguns estudos sugerem que as isoflavonas de soja ajudam a manter os níveis de estrogênio equilibrados durante a menopausa e contribuem com a prevenção de doenças provenientes da perda natural do hormônio estrogênio. Além disso, os efeitos antioxidantes das isoflavonas reduzem os ricos de desenvolver algumas doenças crônicas, especialmente a do sistema cardiovascular onde a sua contribuição é mais expressiva.

No entanto, seus benefícios para a menopausa não param por aí, porque o leite de soja pode aliviar a osteoporose, que costuma ser resultado da perda de cálcio e é considerado um risco para mulheres na menopausa. A terapia de reposição hormonal natural com isoflavonas de soja pode melhorar a retenção da massa e densidade óssea, diminuindo o risco de fraturas.

Através de estudos, foi possível perceber que uma dieta a base de proteína animal aumenta a excreção do cálcio através da urina, já uma dieta à base de proteínas vegetais tem o efeito contrário. Então, tomar um leite de soja fortificado com cálcio pode ajudar a reter e fornecer suplementos importantes para o corpo.

6. Ajuda na prevenção do câncer

O câncer de mama infelizmente é uma doença comum entre as mulheres e os níveis de estrogênio estão diretamente ligados ao desenvolvimento dele, e especialmente as mulheres na menopausa têm um risco ainda maior. Uma pesquisa apontou a ingestão de leite de soja como potencial para reduzir os níveis séricos de estrogênio e reduzir o risco de câncer de mama. Além disso, uma pesquisa mostrou que os homens com alto consumo de leite de soja são menos propensos a desenvolver câncer de próstata.

Se você está realizando um tratamento para o câncer ou já teve a doença, antes de incluir esse alimento na sua dieta fale com seu médico. Ele será capaz de recomendar se essa é uma boa alternativa ou não.

7. É uma alternativa ao leite de vaca

Muitas pessoas consomem o leite de soja porque são intolerantes a lactose ou veganas. Nesse contexto, o principal desafio é encontrar outra fonte que possa oferecer os mesmos nutrientes e o leite de soja pode ser uma. Ao contrário da maioria das proteínas vegetais, a soja contém todos os nove aminoácidos essenciais para corpo.

Seu corpo reúne esses aminoácidos em novas proteínas, incluindo anticorpos essenciais para a função do sistema imunológico, proteínas estruturais que mantêm os tecidos unidos e enzimas que ajudam as células a produzir energia. Cada xícara de leite de soja simples e sem açúcar fornece 7 gramas de proteína.

Ele também é fonte de cálcio e de ferro. Apenas uma xícara de leite de soja simples sem açúcar é capaz de oferecer 299 miligramas de cálcio, o que representa 30% para a ingestão diária recomendada, e ferro, que ajuda os vasos sanguíneos vermelhos a funcionar adequadamente, garantindo que todos os tecidos do corpo recebam o oxigênio que precisam.

Cada porção de leite de soja fornece 1,1 miligramas de ferro, que corresponde a 14% para homens e 6% para as mulheres da ingestão diária recomendada.

O leite de soja também ajuda na ingestão de vitaminas do complexo B e serve como uma fonte especialmente rica de riboflavina, vitamina B2 e vitamina B12. Obter quantidade suficiente de vitamina B12 em sua dieta ajuda as células a produzir DNA, ajuda na função dos glóbulos vermelhos e também mantém os nervos saudáveis.

Uma porção de leite de soja fornece 3 microgramas de vitamina B12, mais do que os 2,4 microgramas que você precisa por dia. A riboflavina no leite de soja ajuda as células a produzir energia e também protege o DNA contra danos. Beber uma xícara de leite de soja aumenta sua riboflavina em 0,51 miligramas, ou seja, 39% da ingestão diária recomendada para homens e 46% para mulheres.

Principais malefícios

Embora existam muitas controvérsias em relação ao consumo do leite de soja, a Universidade de Maryland Medical Center observa que os alimentos à base da planta são seguros para a maioria das pessoas. Porém alguns aspectos devem ser considerados:

– É prejudicial para pacientes com câncer de mama recente

Como os produtos de soja, incluindo o leite de soja, contêm produtos químicos similares em estrutura ao hormônio estrogênio, uma dieta rica em soja pode representar um risco à saúde se você recentemente teve câncer de mama, que às vezes é sensível ao estrogênio.

Como mais pesquisas são necessárias para evidenciar os efeitos e segurança da ingestão da soja após o câncer de mama, a melhor recomendação é não consumir produtos à base de soja, como o leite.

– Pode desencadear distúrbios da tireoide

Os produtos de soja podem ser a causa raiz de alguns distúrbios da tireoide, problemas no sistema reprodutivo e sintomas relacionados à alergia, especialmente em indivíduos que usam produtos de soja desde a infância.

Isso acontece porque as isoflavonas podem diminuir a absorção hormonal de substituição da tireoide. Portadores de hipotireoidismo são aconselhados a consultar seus médicos antes do consumo de leite de soja. Já as crianças que são intolerantes a lactose e por isso são alimentados com o leite de soja devem ter seus hormônios da tireoide testados regularmente para evitar o desenvolvimento de hipotireoidismo neonatal.

– Algumas versões contêm um alto teor de açúcar

As versões do leite de soja são inúmeras, mas alguns tipos têm uma grande desvantagem nutricional devido ao seu teor de açúcar adicionado. Os açúcares adicionados aumentam suas calorias sem oferecer valor nutricional e aumentam o risco de doenças cardiovasculares e obesidade.

– Algumas versões não fornecem uma ampla fonte de cálcio

O leite está associado ao cálcio, mas algumas marcas de leite de soja não fornecem uma ampla fonte de cálcio para seus usuários. Dessa forma, é preciso selecionar uma marca fortificada com cálcio ou obter através de um suplemento. O leite de soja fortificado com cálcio pode ter até três vezes a quantidade de cálcio em comparação com um leite de soja que não foi enriquecido.

– Pode desenvolver problemas digestivos

Alguns tipos de leite de soja podem ser engrossados com um derivado de algas marinhas. Acredita-se que esse aditivo seja responsável pelo desenvolvimento de problemas digestivos em alguns consumidores e seus efeitos colaterais negativos podem resultar do consumo excessivo de leite de soja. Comumente, as pessoas experimentam problemas estomacais, como dores e gases. Pesquisas adicionais precisam ser feitas para concluir exatamente esses prejuízos para a saúde.

– Pode provocar episódios alérgicos

A alergia à soja ou a um de seus produtos como o leite de soja é considerada uma alergia alimentar comum. Muitas vezes, ela começa na infância e embora a maioria das crianças supere, algumas levam a condição até a idade adulta. Outros nunca tiveram e em algum momento podem desenvolver.

Sinais e sintomas de alergia ao leite de soja incluem formigamento na boca, urticária, coceira, inchaço dos lábios, face, língua e garganta ou outras partes do corpo, chiado, corrimento nasal ou dificuldade para respirar e dor abdominal, diarreia, náusea ou vômito.

Em casos raros, a alergia à soja pode causar uma reação alérgica com risco de vida, conhecida como anafilaxia.

– Pode afetar os hormônios de crianças

Algumas pesquisas indicaram que o leite de soja pode atrapalhar os hormônios de crianças. Embora as pesquisas sejam inclusivas, organizações médicas como o MedlinePlus não consideram o leite de soja como seguro para crianças.

– Pode afetar a saúde do homem

Alguns estudos mostraram que o consumo de leite de soja pode diminuir a concentração de espermatozóides em homens e afetar os hormônios masculinos. Não se sabe ao certo qual quantidade de soja ao dia provocaria tais efeitos adversos. Alguns especialistas afirmam que um consumo pequeno de soja não seria suficiente para causar efeitos colaterais significativos.

Palavras finais

A soja é um alimento muito polêmico, enquanto alguns defendem a sua ingestão, outros recriminam duramente. Assim como muitos outros alimentos, o leite de soja oferece benefícios e malefícios, e o segredo para equilibrar está em buscar um produto de qualidade de uma fonte confiável e evitar o excesso, além daqueles com muito açúcar, baixo cálcio e nutrientes, que definitivamente não vão agregar.

Vale colocar na balança os prós e contras e analisar se ele será importante ou não para você, e se não for, buscar alternativas. Felizmente, temos uma infinidade de tipos de leite diferentes, isentos de lactose e de origem vegetal. Uma sugestão é experimentar outras opções e entender qual delas promoverá a sua saúde e boa forma.

Referências adicionais:

Você tem costume de tomar leite de soja? O que acha dessa bebida? Conhecia a maioria dos benefícios e malefícios associados? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. Glicéria Maria de Sousa

    Estou acima do peso e bastante apavorada, pois sempre consegui equilibrar meu peso.
    Criei coragem e entrei num processo de emagrecimento que tem na dieta o leite de soja.
    Que me lembre nunca tomei, mas confesso que estou gostando.
    Li todo o conteúdo a respeito do leite de soja e fiquei apreensiva, porque uso medicamento para hipotiroidismo há anos, e o que constatei é que o leite de soja não é indicado pra quem tem esse tipo de problema.
    Vou comentar com a nutricionista e ouvir o que ela tem a me dizer.
    Mas o que sei é que com leite de soja ou sem ele eu preciso urgentemente de perder pelo menos uns 7 quilos.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*