Abacate

Abacate Prende ou Solta o Intestino?

Conhecido por fazer parte da famosa receita mexicana de guacamole, o abacate é uma fruta que apresenta em torno de 413 calorias em uma unidade de tamanho médio.

Ainda que seja calórico, ele serve como fonte de diversos nutrientes importantes para o funcionamento do organismo humano como proteínas, fibras, gorduras saudáveis, cálcio, fósforo, manganês, magnésio, ferro, potássio, cobre, zinco, vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B5, vitamina B6, vitamina B9, vitamina C, vitamina E e vitamina K.

Além disso, o alimento está associado a benefícios como níveis saudáveis da pressão arterial, diminuição da inflamação, redução das taxas de colesterol e triglicerídeos, elevação da absorção de antioxidantes presentes em vegetais e fornecimento de antioxidantes que diminuem os riscos de degeneração macular e catarata.

Mas você já parou para pensar a respeito dos efeitos do alimento em relação ao nosso intestino? Será que o abacate prende ou solta o intestino? É o que vamos descobrir a partir de agora.

Abacate prende ou solta o intestino?

– Fibras

Graças ao fato de ser rica em fibras – uma porção de 100 g de abacate apresenta 6,3 g do nutriente enquanto uma porção equivalente a um prato raso picado da fruta contém 22,05 g –, a fruta pode auxiliar o combate ao intestino preso, deixando-o um pouco mais solto.

As fibras são conhecidas por contribuírem com a saúde digestiva. Além disso, elas colaboram com o combate à constipação, a chamada prisão de ventre, também conhecida como intestino preso.

Isso acontece porque o nutriente não é quebrado em forma de energia quando passa pelo trato digestivo do organismo. No lugar disso, ele absorve água e amolece e solta as fezes.

O nutriente também adiciona volume às fezes, o que torna a evacuação no banheiro mais fácil. As fibras encontradas no abacate também contribuem com a regularidade do intestino.

– Potássio

O abacate ainda serve como fonte de potássio – são encontrados 206,3 mg do nutriente a cada porção de 100 g da fruta conforme a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO).

O potássio auxilia a regulação de fluidos corporais. Uma das características da deficiência do mineral é a chamada paralisia intestinal, que causa inchaço, intestino preso e dor abdominal, segundo o Instituto Linus Pauling.

– Gorduras saudáveis

Ter gorduras saudáveis na sua dieta é muito importante para evitar a constipação. E o abacate é excelente nesse sentido. Ele é um alimento muito gorduroso mas são gorduras saudáveis. Se você não tem gordura suficiente na sua alimentação, suas fezes provavelmente ficarão duras e secas. Além disso, as gorduras do abacate também trazer diversos outros benefícios.

Estudos já mostraram um aumento na motilidade intestinal pela ingestão de uma dieta com maior teor de gordura em comparação com os grupos controles.

Cuidado com o excesso de fibras

O questionamento se o abacate prende ou solta o intestino pode ter sua resposta variada de acordo com o tamanho da porção do alimento que é consumido e, por consequência, a quantidade de fibras que é fornecida ao organismo.

Isso porque apesar de beneficiar o sistema digestivo, o nutriente pode trazer outros efeitos quando é ingerido de maneira excessiva. A orientação para os adultos é de consumir entre 25 g até 35 g de fibras diariamente.

Comer muita fibra em um espaço curto de tempo pode piorar o quadro de intestino preso e estimular a prisão de ventre. Ao mesmo tempo, dependendo do alimento e tipo de fibra, comer mais fibras do que o recomendado também pode soltar o intestino, causando a diarreia.

Isso acontece devido ao fato do corpo puxar a água que o organismo necessita para eliminar a fibra. Essa diarreia ainda pode causar desidratação.

O exagero da ingestão de fibras na alimentação também pode resultar em uma absorção de minerais de baixa qualidade e problemas abdominais como gases, inchaço e cólicas.

Outro cuidado importante refere-se a comer as fibras sempre acompanhadas de bastante água, no mínimo dois litros de água diariamente. Como as fibras roubam a água do organismo, se a sua ingestão não vier acompanhada do líquido, o intestino pode ficar ressecado.

Outros benefícios digestivos do abacate 

Agora que já trabalhamos a questão se o abacate prende ou solta ao intestino, vamos conhecer alguns efeitos positivos que o alimento pode trazer para o sistema digestivo do nosso organismo.

A vitamina C encontrada na fruta contribui com a produção de colágeno, cujas fibras envolvem as paredes do intestino, ajudando assim a manter o fortalecimento do tecido da região.

De acordo com o Instituto Linus Pauling, seguir uma alimentação rica em vitamina C também diminui os riscos de desenvolvimento de câncer gástrico.

Além disso, o abacate é fonte de vitaminas do complexo B, como já mencionado acima. Esse grupo de nutrientes também auxilia a ter uma digestão saudável já que ajuda as células a retirar energia dos alimentos ingeridos.

Enquanto a vitamina B6 atua na colaboração com a metabolização de proteínas, a vitamina B5 – que também é conhecida pelo nome de ácido pantotênico – trabalha na conversão de carboidratos, gorduras e proteínas em energia.

Como se não bastasse, as próprias fibras que atuam no combate ao intestino preso, auxiliam a prevenção da recorrência da doença inflamatória intestinal e a desaceleração do progresso da diverticulite, que é a inflamação dos divertículos do intestino.

Vídeos:

E ai, gostou das dicas?

Antes de ler o artigo, você imaginava que o abacate prende ou solta o intestino? Costuma consumi-lo em que situações? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (17 votos, média: 4,71 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. Consumo abacate todos os dias, me disseram que era bom para o intestino. Mas fiquei em dúvida, então esse artigo me ajudou a tirar as dúvidas. Muito bom !

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*