Remédio para retenção de líquidos – 7 mais usados

Especialista da área:
atualizado em 25/01/2021

A retenção de líquidos é algo muito comum, principalmente para mulheres, e seu tratamento as vezes envolve o uso de medicamentos diuréticos.

  Continua Depois da Publicidade  

Quando uma pessoa sofre com a condição, ela pode sentir-se mais pesada que o habitual, menos ágil e ativa. Além disso, ela pode apresentar inchaço, ou edema, em lugares como a região abdominal, as pernas, os pés, os tornozelos, o rosto e os quadris.

Por isso, vamos entender o que são e como funcionam os medicamentos diuréticos para tratar a retenção de líquidos.

O que é a retenção de líquidos?

A retenção de líquidos é o nome que se dá ao inchaço que as vezes acontece em algumas regiões do corpo.

Ela nada mais é que o acúmulo de líquido, e seu tratamento, na maioria das vezes, é simples.

As causas possíveis são muitas, e envolvem alguns tipos de problemas de saúde, como:

Mas também pode ser causado por problemas sem grande gravidade, como:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Dieta pobre em proteínas;
  • Aumento de sal na dieta;
  • Consumo de álcool;
  • Fases do ciclo menstrual;
  • Uso de medicamentos, como corticoides.

7 opções de remédio para retenção de líquidos 

Os diuréticos, de forma geral, agem aumentando a excreção de água pela urina, fazendo com que a pessoa vá ao banheiro com mais frequência.

Assim, o corpo elimina o líquido que está acumulado no corpo, causando o inchaço, no decorrer do dia.

Mas esses medicamentos só devem ser usados com orientação médica, uma vez que eles podem causar uma série de efeitos colaterais potencialmente perigosos.

A seguir veremos alguns medicamentos usados para tratar a retenção de líquidos. Confira todos eles:

1. Hidroclorotiazida

Utiliza-se esse diurético como remédio para a retenção de líquidos associada à insuficiência cardíaca congestiva, cirrose hepática, terapia com hormônios e problemas renais. Além do mais, ele é usado como tratamento para hipertensão.

Ela também é encontrada com o nome comercial Clorana, e sua dose pode variar bastante, de acordo com o problema de saúde que esteja causando a retenção de líquidos.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Espironolactona

O Aldactone, ou espironolactona, é um diurético muito utilizado no tratamento de edema (inchaço) e acúmulo de líquido no abdômen, relacionados à cirrose hepática, insuficiência cardíaca e problemas renais.

Além disso, pode ser usado, em conjunto com outros medicamentos, para o tratamento da síndrome dos ovários policísticos.

Mas como a espironolactona é um diurético poupador de potássio, ou seja, que evita a eliminação deste mineral pela urina, o seu uso deve ser feito com cuidado, para evitar a hiperpotassemia, ou acúmulo de potássio no sangue.

3. Furosemida

A furosemida, ou Lasix, é um potente diurético, comumente usado no tratamento da insuficiência cardíaca e de outros problemas de saúde que levem ao acúmulo de líquidos, como disfunções renais, problemas hepáticos, entre outros.

4. Clortalidona

Utiliza-se a clortalidona em casos de edema associados à insuficiência venosa periférica crônica, acúmulo de líquidos no abdômen em decorrência da cirrose hepática e edema causado por problemas renais.

Ela comumente é vendida em comprimidos associados a medicamentos para tratar a hipertensão, como o atenolol.

  Continua Depois da Publicidade  

5. Bumetanida

Já a bumetanida, ou Burinax, é um diurético que pode ser utilizado para tratar casos de inchaço que surgem em decorrência de doenças no coração, nos rins e no fígado.

Seu uso não é tão comum quanto os citados anteriormente, e ele é mais potente que a furosemida. Por isso, o risco de efeitos colaterais, como a desidratação e os distúrbios eletrolíticos, são maiores com ele.

6. Amilorida

Assim como a espironolactona, a amilorida é um diurético poupador de potássio, usado como tratamento para o inchaço associado à problemas no figado, rins e da insuficiencia cardíaca.

7. Acetazolamida

Esse diurético é usado como um tratamento auxiliar de inchaços causados por insuficiência cardíaca e para o edema causado pelo uso de alguns medicamentos.

Além disso, utiliza-se ele em alguns casos de glaucoma, pois ajuda a reduzir a pressão ocular.

Dicas e cuidados

  • Nunca use um medicamento diurético sem orientação médica, uma vez que eles podem causar graves efeitos colaterais;
  • A retenção de líquidos pode ser um sintoma de doenças mais graves, então é importante consultar um médico caso ela aconteça com frequência, ou com uma intensidade maior que o de costume;
  • Sempre esteja atento aos sintomas de desidratação, pois os medicamentos acima citados podem levar ao aparecimento deste quadro.

Diuréticos naturais

chás diuréticos
Existem chás e sucos que tem efeito diurético e ajudam a combater a retenção de líquidos

Nem sempre a retenção de líquidos precisa ser tratada com medicamentos, principalmente quando ela não é causada por problemas de saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Existem alimentos diuréticos naturais, que ajudam os rins a eliminar o excesso de líquidos do organismo. Normalmente eles são chás ou sucos.

Os mais famosos são os chás diuréticos, que podem ser feitos a partir da infusão de algumas ervas, como:

Conheça algumas opções naturais para diminuir a retenção de líquidos. Para algumas pessoas estes podem ser ótimos remédios caseiros.

Fontes e referências adicionais

Você já precisou tomar algum remédio para retenção de líquidos? Por que motivo foi receitado? O medicamento teve resultado? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (67 votos, média 3,84)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Remédio para retenção de líquidos – 7 mais usados”

  1. Olá! Eu faço uso do aintcocepcional injetável trimestral e estou sofrendo
    Com retenção de líquido,no entanto e a única maneira até agora que achei de evitar a gravidez sem sentir mau estar como colicas e dor de cabeça.mais não estou me sentindo bem com meu peso tenho uma alimentação balanceada e faço exercícios físicos todos os dias mais meu peso não baixa tomo vários tipos de chás mais não vejo quase nada de efeito.O que eu poderia está tomando para essa retenção de líquido?

    Responder