B1

8 Benefícios da Vitamina B1 – Para Que Serve e Fontes

A vitamina B1, também chamada de tiamina, foi a primeira vitamina do complexo B a ser descoberta. Em virtude dos benefícios da vitamina B1 para o metabolismo, é importante para a saúde obter diariamente os níveis adequados dessa vitamina, que por ser hidrossolúvel não pode ser armazenada pelo corpo.

Além disso, bons níveis de vitamina B1 zelam pela saúde e pela eficiência do sistema nervoso, contribuindo ainda indiretamente para a perda de peso e para o ganho de massa muscular.

1. Energia

Um dos principais benefícios da vitamina B1 (tiamina) é o seu envolvimento na ativação do sistema de enzimas que auxiliam na oxidação do açúcar, a principal fonte de energia para o corpo humano. Através da ativação dessas enzimas, o corpo obtém maiores quantidades de energia, de modo que bons níveis de vitamina B1 fornecem uma sensação de bem-estar e vitalidade.

Para esse mesmo efeito, trabalha a vitamina B1 através de seu papel na síntese dos glóbulos vermelhos, garantindo o fornecimento adequado de oxigênio para as células, outra função necessária para a obtenção de energia.

2. Saúde Nervosa

As funções da vitamina B1 beneficiam também a saúde nervosa. Isso é feito sobretudo através do auxílio da vitamina B1 à mielinização dos neurônios, que não funcionam corretamente sem o revestimento adequado de mielina. Na verdade, uma falha nesse ponto pode até mesmo causar danos neurais, com a morte de células nervosas.

O efeito, porém, não é apenas de proteção. Bons níveis de vitamina B1 estimulam uma boa memória, além de capacidades ampliadas de concentração e raciocínio. Acredita-se, ainda, que a vitamina B1 seja capaz de prevenir o Mal de Alzheimer, mas esta é uma propriedade que ainda está em estudo.

3. Saúde do Coração

Entre os benefícios da vitamina B1 está o estímulo e produção do neurotransmissor acetilcolina, que é responsável pela transmissão de mensagens dos neurônios aos músculos, incluso o coração. Nesse sentido, a vitamina B1 protege a regularidade das funções do coração, ao proteger a comunicação entre esse músculo e o sistema nervoso.

4. Saúde Ocular

Os benefícios da vitamina B1 para a visão se deixam notar através da relação negativa entre os níveis dessa vitamina e a catarata. De fato, há menor ocorrência dessa doença entre as pessoas que possuem quantidades adequadas de vitamina B1, o que aponta para a capacidade dessa vitamina de ao menos retardar o desenvolvimento da doença.

5. Ação Antioxidante

Em virtude de sua ação antioxidante, a vitamina B1 é capaz de proteger o corpo dos radicais livres, substâncias nocivas produzidas por diversas reações químicas no interior do organismo. No caso da vitamina B1, essa proteção se dá sobretudo contra os efeitos do envelhecimento, de forma a proteger os órgãos da degeneração e a pele dos sinais indesejáveis como as rugas.

6. Melhor Digestão

Para que serve a vitamina B1 (tiamina) na digestão? Através do estímulo à secreção de ácido clorídrico , a digestão se torna claramente mais eficiente. A quantidade adequada de ácido clorídrico promove uma melhor absorção dos nutrientes, bem como menos problemas de indigestão.

7. Perda de Peso

A ajuda da vitamina B1 para a perda de peso não é direta, apesar da extensa propaganda feita através de promessas milagrosas. Na verdade, o efeito se dá indiretamente através do papel dessa vitamina em manter uma nutrição equilibrada através do bom funcionamento do sistema digestório.

Através da ativação de enzimas e do estímulo à secreção de ácido clorídrico, a vitamina B1 ajuda o corpo a conseguir todos os nutrientes de que precisa, bloqueando duas reações típicas do corpo quando há carência de nutrientes essenciais: o acúmulo de gordura e a fome intensificada.

Dessa forma, a vitamina B1 certamente auxilia o emagrecimento, que deve porém ser promovido pelo balanço calórico negativo.

8. Ganho de Massa Muscular

A síntese dos glóbulos vermelhos para que serve a vitamina B1 garante que os músculos tenham o aporte necessário de oxigênio. A influência disso sobre o ganho de massa muscular é indireta, uma vez que provoca uma melhor performance durante o treino de resistência.

Outro benefício indireto se dá sobre a conexão entre o sistema nervoso e os músculos. Uma vez que a vitamina B1 melhora a comunicação do sistema nervoso com os músculos, os movimentos de contração muscular são melhor executados, beneficiando ainda mais o treino e seus efeitos.

Efeitos da Falta de Vitamina B1

Os efeitos iniciais de uma deficiência de vitamina B1 se mostram através da letargia, da irritabilidade e de perdas de memória, além de tendências à depressão, à insônia e à diminuição do apetite. Os problemas gástricos podem conduzir à perda patológica de peso, além de causarem indigestão e constipação.

A forma severa da falta de vitamina B1 é o beribéri. Trata-se de uma doença perigosa, cujos sintomas variam de pessoa para pessoa. Os sintomas incluem sobretudo anormalidades nervosas e musculares, como batimentos cardíacos excessivamente rápidos ou câimbras e atrofia muscular nas pernas. Além disso, é possível que se verifique uma retenção de líquidos nas pernas, além de um formigamento nos dedos dos pés. A pressão arterial pode se abaixar, e há chances de desenvolvimento de edema pulmonar.

O beribéri é especialmente perigoso para recém-nascidos, que sofrem com a falta de vitamina B1 caso a mãe seja deficiente na vitamina. Na gravidez e na amamentação, bons níveis de vitamina B1 são essenciais. Para os alcoólatras, a deficiência de vitamina B1 pode provocar a Síndrome de Wernicke-Korsakoff, que provoca perda de memória, incoerência, dificuldade em se locomover, paralisia e movimentos involuntários dos olhos.

Quanto de Vitamina B1 é Suficiente?

As quantidades recomendadas de ingestão diária de vitamina B1 aumentam ao longo do crescimento, partindo do nível de 0,2mg por dia, válido até os 6 meses de idade. A partir dessa idade as necessidades diárias aumentam até os 14 anos, quando as necessidade de homens e mulheres passam a se diferenciar.

Os homens passam a precisar de 1,2mg por dia, quantidade que se mantém pelo resto da vida. As mulheres, porém, precisam de 1,0mg por dia aos 14 anos, mas a partir dos 18 as necessidade diárias sobem para 1,1mg. Durante a gravidez e a lactação, recomenda-se que as mulheres consumam diariamente 1,4mg de vitamina B1.

É importante notar que, como todas as vitaminas do complexo B, a vitamina B1 é hidrossolúvel, e portanto não pode ser armazenada pelo corpo. Obter os níveis corretos diariamente é, portanto, necessário.

Onde Encontrar Vitamina B1

Não é difícil ter onde encontrar bons níveis de vitamina B1, uma vez que a sua presença se dá em uma grande quantidade de alimentos. Entre as fontes animais, destacam-se a carne de porco, o fígado e o atum. As fontes vegetais são, porém, bem mais numerosas. Cereais integrais, centeio e gérmen de trigo são alimentos com grandes concentrações de vitamina B1, bem como os aspargos.

É possível encontrar vitamina B1 também na leveduras, bem como nas batatas, na soja, na lentilha e no arroz. Outros alimentos com quantidades apreciáveis de vitamina B1 são os cogumelos, o alface, a ervilha, a semente de girassol, o tomate, a couve-de-bruxelas e a berinjela.

É importante, porém, atentar para o modo de preparo e armazenamento desses alimentos. Congelá-los ou submetê-los a altas temperaturas diminui dramaticamente a quantidade de vitamina B1. Além disso, consumir grandes quantidades de café ou de chá, além de ostras e peixes crus, diminui os níveis de vitamina B1 no corpo.

Suplementação de Vitamina B1

A suplementação de vitamina B1 é em geral desnecessária, uma vez que a vitamina pode ser confortavelmente obtida na dieta diária. Há, porém, grupos que estão em especial risco de desenvolver a deficiência de vitamina B1, como os alcoólatras, as pessoas com doenças digestivas (sobretudo a Doença de Crohn), os anoréxicos e as pessoas que usam medicamentos diuréticos.

A suplementação deve ser indicada por um médico, sobretudo para evitar a interação com medicamentos. Além disso, o médico poderá determinar a dose, que varia conforme o objetivo. Para manter níveis adequados, as doses podem ser pequenas, mas doses maiores são necessárias para tratar um quadro de deficiência.

Overdose de Vitamina B1

Uma overdose de vitamina B1 é bastante improvável, uma vez que se trata de uma vitamina hidrossolúvel que pode ser eliminada facilmente pelo corpo. Dessa forma, sua administração por via oral é muito segura. Em sua forma injetável, porém, há relatos de choque anafilático em virtude de doses muito altas.

Os sintomas de uma overdose são uma sensação de calor, acompanhada de fraqueza, sudorese, náuseas, agitação, respiração difícil e aperto na garganta. Além disso, pele pode ficar levemente azulada. Uma overdose severa pode conduzir à morte.

Você já tinha noção de todos esses benefícios da vitamina B1 para a saúde? Acredita que precisa melhorar a ingestão das fontes de tiamina para seu organismo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (42 votos, média: 4,36 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

22 comentários

  1. Ótima matéria. Obrigado.

  2. Gostei muito dessa matéria, aprendi muito

  3. Eu tomo tiamina todos os dias, mas sob orientação médica. Tomo uma cápsula ao dia de 300 MG . Achei que minha saúde mental mudou muito, tenho mais energia durante o dia, não fico tão cansada como antes, consigo dar conta das coisas, estou comendo mais, e achei que os resultados na musculação melhoraram mais. Agora estao falando que estou ficando forte, afinal eu estava Muito magrinha. Só um medico sabe o que é necessário para cada indivíduo.

    • Mais engorda não quero engorda não.

      • JULIANA DE VASCONCELLOS GOMES

        Filha, vai no médico.. Meu médico me receitou por causa do intestino.. Tomei adorei, fiquei mais bonita e mais forte…. pra mim foi bom, já que eu era super magra…
        Tiamina não engorda assim não, entra pra academia….. Ele vai te ajudar a ganhar massa muscular.. agora tem gente que diz que usei drogas pra crescer, mas não é, foi Deus e a Tiamina…

        • há,quanto tempo vc toma essa tiamina ,e não faz mal,tomar ela .o ano enteiro ,e se pode comprar sem receita medica,pois estou presizando muito tomar ,me sinto fraca e com o intestino comprometido ,falta de memoria ,essa vitamina pode me ajudar ?

          • JULIANA DE VASCONCELLOS GOMES

            Elenice eu tomo Vitamina B1 há 5 meses, não me fez mal não..
            Mas eu tomo sob prescrição médica….. Tanto que esse remédio tem tarja vermelha…. Você sente mais efeito depois da 4a. caixa..

        • juliana de vasconcellos gomes, vc falou que lhe foi prescrita a vitamina devido a problemas do intestino. estou com gastrite cronica e ouvi falar que traz beneficios..foi esse tb o seu caso?

          • JULIANA DE VASCONCELLOS GOMES

            Erika, eu tomei Tiamina depois que terminei o tratamento do estômago.. porque fiquei muito fraca.. depois melhorei bastante.

  4. Ednalia Alves de Matos

    Eu também, estou fazendo uso desse “bendito” suplemento alimentar ; estou me sentindo muito bem., muito bem mesmo, também faço uso do Lugol 5%, que aliás, comecei antes dessa vitamina. Senti uma melhora no meu estado geral. Tinha muito arritmia, moleza, desmaios, sensação de desmaio, sudorese, formigamento nas mãos e pés, fraqueza nas pernas e tonturas. Graças a Deus, lendo um vídeo do Dr. Lair Ribeiro, ele ensina que a falta desses suplementos, é capaz de causar esses estragos todos no nosso organismo e, até muito mais. Demorei a tomar essa decisão, até que um dia, cansada de tudo isso, confiei em Deus e fui em frente; hoje com apenas 3 a 4 meses fazendo uso destes suplementos, não sinto nada, graças a Deus e que Deus abençoe e ilumine mais e mais esse renomado médico, que nos esclarece tantas incertezas do doa a dia. Estou muito agradecida e feliz. Abraços!

    • Ednalia, estou na mesma situação que a sua. Dr. Lair Ribeiro prega a medicina curativa, preventiva….já os médicos de hoje querem nos entupir de drogas, que só nos adoece. Tambem estou tomando lugol a 5 % e agora vou pro complexo vitaminico, estava muito fraca, memoria fraca, sem animo pra nada. Deus abençoe as nossas vidas. Amem.

  5. Boa tarde, gostei muito da matéria, ainda vou tomar q minha médica passou porque sinto muita dor nas pernas ,canssassos, mal circulação nas pernas etc.

  6. Gostei muito da matéria. Pessoas hipertensas e com asma podem tomar essa vitaminas?

  7. Eu sentia dor de cabeça do tipo quebra gelo na região da têmpora esquerda. É uma dor de poucos segundos e intensidade, às vezes com sensação de choque. Durava segundos. Fui ao neurologista, fiz tomografia e deu tudo normal. Saí do consultório com o diagnóstico e uma receita de uma droga cheia de efeitos colaterais. No consultório eu já avisei que não tomaria, pois só uso remédio em último recurso e esse não era o caso. Por ser enfermeira, lembrei da ação da vitamina B1 na bainha de mielina e aqueles choques poderiam ser decorrentes de algum problema nela, então comecei a tomar 300mg diariamente e já não sinto nada há meses. Eu tinha vários episódios ao dia.

    • Grata por sua informação,eu tomo tiamina a 6 meses e os formigamento nas mãos acabaram ,e de quebra durmo bem melhor ,menos saciedade , graças a Deus.Gratidao a todos

  8. Comecei a tomar por indicação médica,por sentir formigamento nas pernas achando que eram varizes já tem alguns dias que estou usando é já sinto a diferença,so estou com medo de de engordar.

  9. meu irmao equeceu tudo diz que e falta de tiamina faz 2 anos sera que e tarde pra dar tiamina ele canta o dia inteiro louvores tipo som

  10. Achei a matéria interessante, inclusive tenho muito esquecimento, formiga mentor as extremidades e cãibras., no entanto sou alérgica a vitamina b1. Ela me causa crise de asma.

  11. Silvia Cristina Giordo

    Gostei da matéria.
    Um medico receito a de 300mg devido fortes dores de cabeça e fraqueza.
    Estou me sentindo melhor e pretendo continuar a tomar pelo menos por mais uns 6 meses.

  12. Obrigada pelos esclarecimentos que tive sobre a tiamina!

  13. Vou iniciar tratamento com o medicamento beneum por isso fui buscar informçoes. O medico prescreveu para mim pois estava com dor no nervo ciatico e apos radiografia que descartou problemas de coluna o medico me indicou o medicamento. Mesmo apos um mes ja nao sentindo tanta dor e ja andando normalmente me indicou fisioterapia como parte do tratamento e o medicamento por 6 meses. Foi otimo as informaçoes.Obrigada

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*