Benefícios da Vitamina B1 – Para que serve e fontes

Especialista da área:
atualizado em 26/03/2021

A vitamina B1, também conhecida como tiamina, foi a primeira vitamina do complexo B a ser descoberta, e suas propriedades trazem diversos benefícios para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Mas, como se trata de uma vitamina que não fica armazenada em nosso corpo, é importante para a saúde obter diariamente as quantidades adequadas do nutriente, preferencialmente através de uma alimentação saudável e balanceada.

Por isso, vamos agora conhecer os benefícios da vitamina B1, entender como ela funciona e descobrir as melhores fontes desse nutriente tão importante.

O que é vitamina B1?

A vitamina B1, ou tiamina, é uma das vitaminas do complexo B, e desempenha uma série de funções no corpo, principalmente no sistema nervoso.

Além disso, ela também participa do metabolismo dos carboidratos e do processo de produção de energia das células, e é por isso que um dos primeiros sintomas da deficiência de tiamina é a sensação de fraqueza e fadiga.

Benefícios da vitamina B1

A vitamina B1, assim como todas as outras vitaminas, são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

A seguir veremos quais os principais benefícios para a saúde, lembrando sempre que o fato de ela ser benéfica não significa que possa ser consumida em excesso.

vitamina B1

1. Mantém a saúde do sistema nervoso

Esse é o principal benefício da vitamina B1, uma vez que ela participa ativamente das funções nervosas, além de ajudar a proteger os neurônios.

E é por isso que a deficiência de tiamina causa principalmente problemas no sistema nervoso, pois as células ficam desprotegidas e passam a funcionar de forma incorreta.

2. Contribui para a saúde do coração

Outro benefício da vitamina B1 é o seu auxílio ao funcionamento do coração. Isso se deve à sua ação no músculo cardíaco, seja na condução dos estímulos nervosos, ou na produção de energia nas suas células, conforme demonstrado em um artigo brasileiro publicado na Revista brasileira de medicina.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Ajuda a manter a saúde dos olhos

A tiamina pode ainda ajudar a prevenir alguns problemas oculares, como a catarata, além de atuar na proteção do nervo óptico.

4. Ação antioxidante

Em virtude de sua ação antioxidante, a vitamina B1 contribui para a proteção do corpo contra os danos causados pelo acúmulo de radicais livres.

Assim, o consumo de alimentos ricos nesta vitamina ajuda a prevenir o envelhecimento da pele e dos órgãos internos, mantendo o seu bom funcionamento por mais tempo.

5. Ajuda a proteger o fígado

A capacidade antioxidante da vitamina B1 pode contribuir para a proteção do fígado contra os danos causados pelo álcool.

Mas esse efeito, demonstrado por pesquisadores brasileiros e publicado no periódico Life sciences, ainda precisa ser mais bem estudado, para definir a melhor forma de usar esta vitamina neste sentido.

Deficiência de vitamina B1

O abuso de álcool é uma das causas de deficiência da vitamina B1
O abuso de álcool é uma das causas de deficiência da vitamina B1

Os efeitos iniciais de uma deficiência de vitamina B1 se mostram através da letargia, da irritabilidade e de perdas de memória, além de tendências à depressão, à insônia e à diminuição do apetite.

Além disso, problemas gástricos podem aparecer, e piorar ainda mais o quadro de má absorção da vitamina.

A forma severa da falta de vitamina B1 é chamada de beribéri, uma doença perigosa, cujos sintomas variam bastante de pessoa para pessoa, mas incluem:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Anormalidades nervosas e musculares;
  • Batimentos cardíacos acelerados;
  • Câimbras;
  • Atrofia muscular.

O beribéri é especialmente perigoso para recém-nascidos, que sofrem com a falta de vitamina B1 caso a mãe esteja com deficiência na vitamina. Por isso, na gravidez e na amamentação, bons níveis de vitamina B1 são essenciais.

Mas, além da deficiência nutricional clássica, existem outros fatores que podem levar a problemas graves relacionados à falta da vitamina B1, como veremos a seguir.

1. Uso excessivo de álcool

Nesses casos, a deficiência de vitamina B1 pode provocar a Síndrome de Wernicke-Korsakoff, um problema neurológico que provoca uma série de sintomas, como:

  • Perda de memória;
  • Problemas cognitivos;
  • Dificuldade em se locomover e realizar as atividades diárias;
  • Paralisia;
  • Movimentos involuntários dos olhos.

Por isso, é recomendado a suplementação da vitamina para quem faz uso abusivo do álcool.

2. Cirurgia bariátrica

Pessoas que realizaram cirurgia bariátrica, que normalmente tem reduzido o volume do estômago, comumente sofrem de deficiências vitamínicas.

No caso da vitamina B1, a deficiência se deve à alguns fatores específicos. São eles:

  • Perda rápida de peso;
  • Restrição da ingesta alimentar;
  • Diminuição da quantidade de suco gástrico produzido pelo estômago.

Por isso, essas pessoas precisam ficar sempre atentas à alimentação e à suplementação, quando ela é necessária.

Quanto de vitamina B1 é suficiente?

As quantidades recomendadas de ingestão diária de vitamina B1 aumentam ao longo do crescimento, partindo do nível de 0,2 mg por dia, até os 6 meses de idade.

A partir dessa idade as necessidades diárias aumentam até os 14 anos, quando as necessidade de homens e mulheres passam a se diferenciar.

Os homens passam a precisar de 1,2 mg por dia, quantidade que se mantém pelo resto da vida. Porém, as mulheres precisam de 1,0 mg por dia aos 14 anos, e a partir dos 18 as necessidade diárias sobem para 1,1mg.

Já durante a gravidez e a lactação, recomenda-se que as mulheres consumam diariamente 1,4 mg de vitamina B1.

É importante notar que, assim como as outras vitaminas do complexo B, a vitamina B1 é hidrossolúvel, e, portanto, não pode ser armazenada pelo corpo. Isso faz com que seja necessário consumir diariamente esses nutrientes, para evitar deficiências.

Fontes de vitamina B1

A vitamina B1 pode ser facilmente encontrada em alimentos, tanto em fontes animais, quanto em fontes vegetais.

Alguns deles são:

alimentos fonte de vitamina B1

Suplementação de vitamina B1

A suplementação de vitamina B1 é em geral desnecessária, uma vez que a vitamina pode ser facilmente obtida através da alimentação.

Porém, ela pode ser necessária para alguns grupos de pessoas que estão em especial risco de desenvolver a deficiência de vitamina B1, como:

  • Alcoólatras;
  • Pessoas com doenças digestivas, como a Doença de Crohn;
  • Pessoas com anorexia
  • Pessoas que foram submetidas à cirurgia bariátrica.

Mas é importante lembrar que a suplementação deve ser indicada por um médico, sobretudo para evitar a interação com medicamentos ou o seu uso excessivo. Além disso, o médico poderá determinar a dose adequada para cada caso.

Overdose de vitamina B1

Uma overdose de vitamina B1 é bastante improvável, uma vez que se trata de uma vitamina hidrossolúvel que pode ser eliminada facilmente pelo corpo.

Dessa forma, sua administração por via oral é muito segura. Já em sua forma injetável, o risco de superdosagem é maior, uma vez que a concentração da vitamina na corrente sanguínea aumenta muito rapidamente.

Mas, mesmo sendo um evento raro, a superdosagem pode levar ao aparecimento de sintomas como:

  • Dores de cabeça;
  • Náuseas e vômitos;
  • Irritabilidade;
  • Fraqueza;
  • Sudorese;
  • Taquicardia;
  • Dificuldade em respirar.
Fontes e referências adicionais

Você já tinha noção de todos esses benefícios da vitamina B1 para a saúde? Acredita que precisa melhorar a ingestão das fontes de tiamina para seu organismo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (66 votos, média: 4,30 de 5)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

31 comentários em “Benefícios da Vitamina B1 – Para que serve e fontes”

  1. Muito boa as informações, vou começar a usar vou também passarbpara meu pai com 84 anos, a Pregnololona também ajuda a melhorar AA memória

  2. MUITO OBRIGADO !!! Achei extremamente benéficas as orientações sôbre a VITAMINA B1 pois sou idoso, tenho 80 anos e estava sentindo fraqueza acompanhada de alguma dor nas pernas ao andar ou mesmo parado. Estou tomando BENERVA 300 mg, sendo : 01 comprimido pela manha e outro a noite. Tive boa melhora e sinto mais firmeza nas pernas. Sendo assim, já tomei uma caixa e vou tomar mais até completar 05 caixas. Eu gostaria muito de saber dos senhores se estou no caminho certo! Mandem-me um e-mail, por favor opinando, OK ? O principal e verdadeiro é que melhorei bastante com BENERVA 300mg. MUITO G R A T O !!!

  3. Vou iniciar tratamento com o medicamento beneum por isso fui buscar informçoes. O medico prescreveu para mim pois estava com dor no nervo ciatico e apos radiografia que descartou problemas de coluna o medico me indicou o medicamento. Mesmo apos um mes ja nao sentindo tanta dor e ja andando normalmente me indicou fisioterapia como parte do tratamento e o medicamento por 6 meses. Foi otimo as informaçoes.Obrigada

  4. Gostei da matéria.
    Um medico receito a de 300mg devido fortes dores de cabeça e fraqueza.
    Estou me sentindo melhor e pretendo continuar a tomar pelo menos por mais uns 6 meses.

  5. Achei a matéria interessante, inclusive tenho muito esquecimento, formiga mentor as extremidades e cãibras., no entanto sou alérgica a vitamina b1. Ela me causa crise de asma.

  6. meu irmao equeceu tudo diz que e falta de tiamina faz 2 anos sera que e tarde pra dar tiamina ele canta o dia inteiro louvores tipo som

  7. Comecei a tomar por indicação médica,por sentir formigamento nas pernas achando que eram varizes já tem alguns dias que estou usando é já sinto a diferença,so estou com medo de de engordar.

  8. Eu sentia dor de cabeça do tipo quebra gelo na região da têmpora esquerda. É uma dor de poucos segundos e intensidade, às vezes com sensação de choque. Durava segundos. Fui ao neurologista, fiz tomografia e deu tudo normal. Saí do consultório com o diagnóstico e uma receita de uma droga cheia de efeitos colaterais. No consultório eu já avisei que não tomaria, pois só uso remédio em último recurso e esse não era o caso. Por ser enfermeira, lembrei da ação da vitamina B1 na bainha de mielina e aqueles choques poderiam ser decorrentes de algum problema nela, então comecei a tomar 300mg diariamente e já não sinto nada há meses. Eu tinha vários episódios ao dia.

    • Grata por sua informação,eu tomo tiamina a 6 meses e os formigamento nas mãos acabaram ,e de quebra durmo bem melhor ,menos saciedade , graças a Deus.Gratidao a todos

  9. Boa tarde, gostei muito da matéria, ainda vou tomar q minha médica passou porque sinto muita dor nas pernas ,canssassos, mal circulação nas pernas etc.

  10. Eu também, estou fazendo uso desse “bendito” suplemento alimentar ; estou me sentindo muito bem., muito bem mesmo, também faço uso do Lugol 5%, que aliás, comecei antes dessa vitamina. Senti uma melhora no meu estado geral. Tinha muito arritmia, moleza, desmaios, sensação de desmaio, sudorese, formigamento nas mãos e pés, fraqueza nas pernas e tonturas. Graças a Deus, lendo um vídeo do Dr. Lair Ribeiro, ele ensina que a falta desses suplementos, é capaz de causar esses estragos todos no nosso organismo e, até muito mais. Demorei a tomar essa decisão, até que um dia, cansada de tudo isso, confiei em Deus e fui em frente; hoje com apenas 3 a 4 meses fazendo uso destes suplementos, não sinto nada, graças a Deus e que Deus abençoe e ilumine mais e mais esse renomado médico, que nos esclarece tantas incertezas do doa a dia. Estou muito agradecida e feliz. Abraços!

    • Ednalia, estou na mesma situação que a sua. Dr. Lair Ribeiro prega a medicina curativa, preventiva….já os médicos de hoje querem nos entupir de drogas, que só nos adoece. Tambem estou tomando lugol a 5 % e agora vou pro complexo vitaminico, estava muito fraca, memoria fraca, sem animo pra nada. Deus abençoe as nossas vidas. Amem.

  11. Eu tomo tiamina todos os dias, mas sob orientação médica. Tomo uma cápsula ao dia de 300 MG . Achei que minha saúde mental mudou muito, tenho mais energia durante o dia, não fico tão cansada como antes, consigo dar conta das coisas, estou comendo mais, e achei que os resultados na musculação melhoraram mais. Agora estao falando que estou ficando forte, afinal eu estava Muito magrinha. Só um medico sabe o que é necessário para cada indivíduo.

      • Filha, vai no médico.. Meu médico me receitou por causa do intestino.. Tomei adorei, fiquei mais bonita e mais forte…. pra mim foi bom, já que eu era super magra…
        Tiamina não engorda assim não, entra pra academia….. Ele vai te ajudar a ganhar massa muscular.. agora tem gente que diz que usei drogas pra crescer, mas não é, foi Deus e a Tiamina…

        • há,quanto tempo vc toma essa tiamina ,e não faz mal,tomar ela .o ano enteiro ,e se pode comprar sem receita medica,pois estou presizando muito tomar ,me sinto fraca e com o intestino comprometido ,falta de memoria ,essa vitamina pode me ajudar ?

          • Elenice eu tomo Vitamina B1 há 5 meses, não me fez mal não..
            Mas eu tomo sob prescrição médica….. Tanto que esse remédio tem tarja vermelha…. Você sente mais efeito depois da 4a. caixa..

        • juliana de vasconcellos gomes, vc falou que lhe foi prescrita a vitamina devido a problemas do intestino. estou com gastrite cronica e ouvi falar que traz beneficios..foi esse tb o seu caso?

          • Erika, eu tomei Tiamina depois que terminei o tratamento do estômago.. porque fiquei muito fraca.. depois melhorei bastante.