Dieta dos 17 dias: Como Funciona, Cardápio e Dicas

Especialista:
atualizado em 24/06/2020

Sabemos que podemos contar com diversas deitas da moda, mas para provar sua eficiência, apenas adotando-as e verificando se elas se adaptam ao funcionamento particular de seu organismo.

Atualmente, o campo de nutrição e educação física vem ganhando bastante espaço de divulgação, e dessa forma podemos contar com mais informações nutricionais e sobre exercícios físicos. O lado negativo é que não podemos confiar em tudo que lemos.

Um livro chamado The 17 day diet (A dieta dos 17 dias, e tradução livre) foi publicado em 2011 e ele abrange uma dieta com metodologia voltada para oferecer diversos benefícios e perda de peso eficiente nesse período.

Agora você conhecerá um pouco mais sobre os conceitos dessa dieta dos 17 dias, como funciona e qual seu cardápio, para que assim possa entrar em forma do jeito que deseja.

O que é?

A dieta dos 17 dias objetiva induzir o corpo a uma “confusão”. Inicialmente, o processo consiste em uma redução brusca de consumo de açúcar e gorduras. A permissão para ingestão desses é gradativa, o que pode ser utilizado como estímulo para se manter no processo. Essa dieta é convincente inicialmente porque permite que você dê aquela “fugidinha” da dieta.

Nós sabemos que dietas restritas podem se tornar desmotivadoras e até cansativas em casos de prática de exercícios de alta intensidade. Essa dieta diferencia-se das outras pois, segundo o autor Mike Moreno, há uma preocupação com a permanência do peso conquistado, característica a qual muitas outras dietas da moda deixam a desejar.

É fundamental que você faça um planejamento coerente para a sua dieta dos 17 dias, principalmente porque o livro indicado para auxilio à dieta recomenda a divisão por meio de ciclos, os quais você conhecerá posteriormente.

Como funciona?

O passo inicial para a dieta dos 17 dias consiste no alto consumo de proteínas magras, vegetais, não-aliláceos, alimentos probióticos, sem adição de amidos, além de limitar o consumo de sal e conservantes.

A dieta é dividida por ciclos, assim, você avança de ciclos de acordo com a conquista dos resultados.

Benefícios

  • Auxilia no funcionamento regular da flora intestinal e reduz a probabilidade de ocorrência de problemas gastrointestinais;
  • Reduz os níveis de açúcar na corrente sanguínea;
  • Intensifica a queima de gorduras;
  • Reduz o estocamento de gorduras localizadas;
  • Ela pode auxiliar na manutenção do seu peso atual;
  • O autor do livro afirma que a dieta pode reduzir a possibilidade de doenças cardiovasculares;
  • Induz a um melhor controle sobre a pressão arterial;
  • Reduz a probabilidade de diabetes tipo 2, proporciona um melhor equilíbrio para os níveis de colesterol;
  • Aumenta a queima de gorduras e contribui para você manter a massa magra.

Ciclos

Os ciclos são organizados de forma que cada ciclo seguinte seja menos restrito ao anterior.

Ciclo 1

Esse período é caracterizado como o período de desintoxicação. A alimentação é restrita e permite a perda rápida de líquidos e das toxinas indesejáveis ao corpo. Esse início de dieta é a fase que proporciona a “confusão”, pois seu corpo estará habituado a receber diversos alimentos, e então impactará com as poucas porções indicadas.

Esse ciclo pode limpar todo o seu organismo, mas é indicado que o consumo de carboidratos seja restrito, os alimentos devem possuir baixo teor de gorduras. Deve ser evitada a ingestão de alimentos processados.

Os alimentos mais adequados para uma dieta são facilmente identificados, então priorize principalmente os vegetais, pois esses podem contribuir significativamente para seu corpo se manter nutrido. Caso você atinja a sua meta de perda de peso, você passará para o ciclo seguinte.

O ciclo 1 é reservado para que você coma para acelerar o seu metabolismo.

  • Peixes (Salmão, enlatados, peixes frescos);
  • Maçãs;
  • Proteínas magras;
  • Peito de frango sem pele, carne de peru moída magra;
  • Ovos (2 ovos equivalem a uma porção recomendada por refeição. Indica-se o consumo de no máximo 3 gemas por dia);
  • Vegetais para limpeza (sem limite): Alcachofra, aspargos, pimentão, brócolis, couxe, repolho, cenoura, couve-flor, aipo, pepino, berinjela, alho, alface, quiabo, cebola, salsa, cebolinha, espinafre, tomate, agrião e muitos outros);
  • Frutas (todos os tipos);
  • Óleo de linhaça.

Ciclo 2

Esse ciclo da dieta dos 17 dias é recomendado para aqueles que desejam ativar e redefinir o seu metabolismo através da estratégia proposta por Mike Moreno. Consiste no ganho de peso, mas também na perda rápida deste. O objetivo é aumentar e reduzir bruscamente a sua ingestão calórica, para que esse “choque” induza seu organismo a queimar mais gorduras.

Vamos exemplificar: Se você consome altas porções calóricas hoje, seu corpo se esforçará para queimar o máximo possível delas; já no dia seguinte, você limita as ingestões. Seu corpo estranhará a redução de calorias, e queimará gorduras acima das consumidas.

É imprescindível que você faça esse processo em dias alterados, não pense em exagerar na comida mais que um dia na semana, pois assim você reduzirá a possibilidade de atingir a sua meta.

O ciclo 2 é a fase alternância. No dia de ativação, você consumirá os alimentos permitidos abaixo, já nos dias de restrição, você comerá os alimentos permitidos no ciclo 1:

  • Porções de peixes, aves e carne, as medidas devem ser compatíveis à dimensão de sua mão;
  • Proteínas magras;
  • Alimentos probióticos;
  • Iogurte grego ou desnatado;
  • Frutas;
  • Amidos naturais (grãos integrais, aveia, trigo, quinoa, etc);
  • Legumes (1 porção equivalente a uma xícara);
  • Vegetais ricos em amido;
  • Adoçantes (pequenas quantidades);
  • Condimentos (pequenas quantidades).

Ciclo 3

O terceiro ciclo da dieta dos 17 dias é voltado para ajudar você a adquirir hábitos saudáveis alimentares. É nesse ciclo que você introduzirá alimentos complementares e que lhe aproximará da sua meta de peso. Nesse processo é permitido o consumo moderado de carboidratos, mas é importante que você priorize o consumo de carboidratos complexos.

A ingestão de proteínas é proibida. Esse ciclo pode ser retomado quantas vezes você quiser. Pode retornar para o ciclo 1 e reiniciar o processo, ou permanecer no ciclo 3 até alcançar o peso desejado.

Esse ciclo é voltado para o consumo de alimentos que todos deveriam comer regularmente. Ele engloba alimentos permitidos nos ciclos 1 e 2.

  • Adiciona-se mais porções de cereais ricos em fibra e soja;
  • Mais proteínas magras;
  • Amidos naturais (duas porções por dia);
  • Pães (1 fatia equivale a uma porção);
  • Massas (Preferencialmente sem glúten. Uma porção equivale a ½ xícara);
  • Legumes (consumo ilimitado);
  • Frutas (2 porções por dia);
  • Alimentos probióticos, laticínios e produtos substitutos de lácteos;
  • Alimentos com baixo teor de gordura;
  • Gorduras amigáveis;
  • Óleo de canola;
  • Maionese (No máximo 2 colheres de sopa por dia);
  • Nozes;
  • Margarinas com gorduras reduzidas (No máximo 2 colheres de sopa por dia);
  • Bebidas alcoólicas são permitidas, mas com moderação.

Ciclo 4

O ciclo 4 da dieta dos 17 dias se preocupa exatamente com fundamentos que muitas dietas deixam a desejar. Nesse ciclo você disponibilizará de um plano alimentar que permite que você desfrute de seus alimentos favoritos nos fins de semana, mas é indispensável que você se mantenha uma alimentação saudável nos demais dias.

De segunda a sexta feira, você comerá com restrições de acordo com os ciclos 1, 2 e 3, já no sábado e no domingo, você pode comer o que quiser, porém, com moderação!

O ciclo 4 permite o consumo de todos os alimentos permitidos nos 3 primeiros ciclos. Esse ciclo é o que lhe permite maior liberdade para que desfrute de seus alimentos favoritos nos fins de semana.

É importante que você atente para a continuidade desse processo e permaneça evitando os alimentos contraindicados nos ciclos anteriores, assim, você se manterá em forma e saudável.

Cardápio

Abaixo você contará com indicações para construir seu plano alimentar da dieta dos 17 dias de acordo com o seu gosto e incorporando os alimentos permitidos.

– Café da manhã

  • 300 ml de suco de sua preferência
  • 1 fruta
  • 2 ovos

– Lanche da manhã

  • Medida usual de suplemento proteico
  • 1 fruta
  • 1 iogurte desnatado com 2 colheres de sopa de quinoa

– Almoço

  • 2 porções de proteína magra
  • Vegetais à vontade
  • Legumes à vontade
  • 1 fruta para sobremesa

– Lanche da tarde

  • 200 ml de suco de sua preferência
  • 1 banana

– Jantar

  • 200 ml de suco de sua preferência
  • 1 porção de peito de frango
  • Vegetais a gosto

– Ceia

  • 1 iogurte desnatado
  • 1 fruta

Dicas

  • Faça sua refeição com calma, mastigue pausadamente e desfrute de sua comida favorita.
  • Consuma alimentos termogênicos, pois eles podem contribuir para termogênese, assim, seu corpo poderá queimar mais calorias.
  • Beba pelo menos 2,5 litros de água por dia, a bebida também é um excelente termogênico, além de manter seu corpo hidratado e contribuir para a eliminação das toxinas indesejadas ao seu corpo.
  • Você pode aplicar um dia de jejum a cada dia de transição entre um ciclo e outro.
  • Você pode consumir sucos e smoothies que intensifiquem a queima de calorias de forma natural.
  • A suplementação proteica também pode ajudar, principalmente se você for praticante de atividades de alta intensidade.
  • Suplementos energéticos podem auxiliar para que a redução das ingestões não prejudique ao seu rendimento nas atividades diárias e na academia.

Evite o consumo de alguns alimentos

  • Alimentos com açúcar de todos os tipos, naturais ou processados;
  • Alimentos que contêm frutose, sacarose, glicose e xarope de milho;
  • Mel e adoçantes naturais também devem ser evitados;
  • Alimentos com gorduras;
  • O sal deve ser eliminado de suas refeições ou seu uso deve ser limitado;
  • O uso de condimentos gordurosos, como katchup, maionese, mostarda, molhos , creme de leite deve ser evitado.

Contraindicações

O autor Mike Moreno afirma que a dieta dos 17 dias é contraindicada para diabéticos, gestantes, mulheres que estão em fase de amamentação e aqueles que possuem deficiências nutricionais.

Acompanhamento médico

É importante que você atente para a escolha de dietas. A adoção de um plano alimentar sem a orientação de um médico pode ser prejudicial à sua saúde. Faça uma avaliação e peça que ele esclareça as suas reais necessidades, principalmente em casos de deficiências nutricionais. A combinação de um acompanhamento médico com uma dieta adequada pode resultar em uma modelagem corporal mais eficiente que a esperada.

Exercícios físicos

Independente da adoção da dieta dos 17 dias, a prática de exercícios físicos é fundamental e a melhor opção natural para aqueles que desejam perder peso. Fazer caminhadas, corridas e exercícios cardiorrespiratórios auxilia no funcionamento do metabolismo basal e no melhor condicionamento físico. Os exercícios físicos não só proporcionam benefícios ao seu corpo, como também à sua saúde.

O que achou da dieta dos 17 dias? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (44 votos, média: 3,77 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

21 comentários em “Dieta dos 17 dias: Como Funciona, Cardápio e Dicas”

  1. ótima dica para quem realmente quer emagrecer,pois uma dieta bem feita traz vários beneficiosos também devemos ter foco e forca de vontade pois somente a dieta sozinha não faz milagres,parabéns pelo artigo gostei muito

  2. Ja fiz essa dieta.. no primeiro ciclo perdi 5 kg… muito boa.. só nao vou fazer ela agora porque estou amamentando…

    • O ciclo mais difícil na minha opinião é o ciclo 1. Onde começa tudo. Já fiz a dieta uma vez e deu certo. Agora preciso voltar com ela para emagrecer 2 Koloa. É muito boa e eficaz. Recomendo.

  3. Adoro essa dieta! Dá super certo! Algum tempo atrás eu já a fiz!!!! Vou tentar outra vez! Obrigada!!!

  4. Eu estava mesmo procurando algumas dietas para emagrecer, muito obrigada irei começar o quanto antes! 🙂

  5. Estou na metade praticamente do ciclo 2, comecei a dieta uma semana antes do Natal, passei Natal e ano novo focada, valeu A pena? Simmm, com menos de 30 dias da dieta de 72kg cai para 65,800 quero chegar aos 60kg, estou seguindo a risca, o mais legal é entender a ciência dos alimentos, fico pensando na perfeição de Deus, cada alimento tem sua função no nosso organismo, bom… Com 7.200 mais magra, focada nos 12kh off termino minha opinião, bjos! ??

  6. excelente essa dieta! já fiz e deu resultado! Há tres dias que comecei outra vez!!!aconselho!!!!! A gente não sente fome hora nenhuma!!!!! nota mil e parabéns!!!!!!!!!!!!

    • Eu conheço a vizinha que está fazendo esse programa e eu já a conhecia antes do início, fiquei pasma quando a vi magra, confesso que nem a reconheci, num primeiro momento. Quero fazer esse programa, ele me convenceu..

  7. Eu iniciei dia 28/09 e com uma semana de dieta já eliminei 3 quilos. Cortei todo tipo de lactose e açúcar. O único mal estar que senti foi dores de cabeça no inicio, mais percebi que era a ausência do café, então comecei toma-lo sem adoçar e as dores sumiram. Recomendo pois o bem estar que essa dieta trás é melhor que qualquer guloseima, a auto-estima é algo muito bom, dieta aprovada.

  8. Eu quero emagrecer, gostei muito desse plano de emagrecimento, e coloquei na cabeça q eu posso e vou conseguir. Obrigado

  9. Já fiz está dieta e realmente funciona, li o livro três vezes antes de inicia-lá para ter certeza que realmente não me causaria danos, emagreci cerca de 15kg em dois meses, amei o resultado. Indico está dieta.